ERASED | Análise

27 Março, 2016  Por Daniela Amorim
9


Ficha Técnica: Disponível Estúdio: A-1 Pictures (Sword Art Online, Ao no Exorcist) Artigos Relacionados: Boku Dake ga Inai Machi   ERASED | Opening "Re:Re:" - ASIAN KUNG-FU GENERATION https://www.youtube.com/watch?v=q7tzqTfvQCk   ERASED | Enredo e Personagens A história da obra segue Satoru, um artista de manga que luta contra a capacidade de voltar atrás no tempo e evitar…

ERASED

Enredo - 7.5
Personagens - 8.5
Produção Visual - 7.9
Banda Sonora - 9.4

8.3

Muito Bom

Pontos Fortes: Enredo e banda sonora.

Pontos Fracos: Lacunas na narrativa, personagens pouco desenvolvidas.

Avaliação dos Leitores do ptAnime: 3.8 ( 6 votos)
8

Ficha Técnica: Disponível
Estúdio: A-1 Pictures (Sword Art Online, Ao no Exorcist)
Artigos Relacionados: Boku Dake ga Inai Machi

 

ERASED | Opening

“Re:Re:” – ASIAN KUNG-FU GENERATION

 

ERASED | Enredo e Personagens

A história da obra segue Satoru, um artista de manga que luta contra a capacidade de voltar atrás no tempo e evitar mortes. Quando a sua própria mãe é morta, ele opta por viajar para o passado para resolver o mistério, porém acaba por regressar à sua escola primária, pouco tempo antes do desaparecimento da sua colega de turma, Kayo.

Mesmo antes da sua estreia, ERASED – como ficou conhecido no ocidente-, já estava rotulado como melhor anime da temporada. Talvez porque já fosse de prever o número de fracassos que o frio do Inverno trazia com ele. Perante este cenário, a obra só iria por água abaixo se o trabalho levado a cabo pela produtora fosse terrivelmente mau.

ERASED chamou à atenção de grande parte da comunidade por se tratar de um seinen com uma aparente carga dramática enorme. Algo que é raro. Mesmo sendo fã de comédia, confesso que muitas vezes sinto falta de algo mais “pesado” que me encha as medidas. Na busca frenética por algo mais adulto, os fãs de anime encontraram ERASED e colocaram-no num pedestal, afirmando com convicção que este seria dos melhores animes de sempre.

 

ERASED 7

 

Hype ou Qualidade?

ERASED tem uma premissa simples e cativante ao mesmo tempo. Viagens no tempo é sempre um tema que chama à atenção. Não por ser novidade, mas por ser interessante. Se a isso juntarmos a vertente adulta do anime e um pouco de mistério, temos praticamente a fórmula para o sucesso.

ERASED realmente é um anime mais sério. Sendo assim, seria de esperar um enredo mais lento e um desenvolvimento de história realizado de maneira contida. Contudo, apesar de um avanço compassado a obra não estagna. Não se torna secante e consegue sempre prender a atenção do espectador. Este é um dos pontos fortes do anime, sem dúvida. Mesmo sem lutas ou cenas atribuladas, a obra mantém as nossas emoções à flor da pele de episódio para episódio.

Parecendo que não, isto é um fator primordial. Ficarmos presos à história e ansiarmos por mais é uma característica de louvar. Mesmo com o ritmo vagaroso é possível assistir ao anime de uma vez só, sem nos sentirmos maçados.

 

ERASED GIF2

 

Ao contrário de alguns animes seinen, ERASED não se afirma “adulto” só porque não possui um bando de adolescentes idiotas a correr de um lado para o outro. Como o Simões afirmou na análise de Gangsta, não adianta colocar no meio do enredo prostitutas e corrupção e afirmar que o anime é maduro. É preciso mostrar, emocionar, chocar. É isso que os seinens procuram fazer. Mostrar a “realidade” da maneira que ela é.

A narrativa de ERASED foi construída com base nas memórias e lembranças de Satoru. E como ele era um adulto que viajou para o passado, voltando a ser criança, é bastante curioso ver como o seu cérebro maduro se irá encaixar num corpo pouco desenvolvido. Por um lado, ele raciocina de maneira lógica e coerente, por outro continua a ter comportamentos infantis. Pessoalmente, acho que deve ser difícil construir uma obra séria em cima de crianças.

 

ERASED 4

 

Quando se usam crianças num enredo dramático o anime torna-se algo realmente denso de assistir. Até podemos ficar indiferentes a mortes de adultos cínicos e frios, mas quando vemos uma criança inocente sofrer as coisas mudam de figura. Nos episódios onde esses fenómenos são evidenciados, foi doloroso para mim continuar a ver o anime. Todos temos sentimentos, torna-se difícil encolher os ombros e não derramar uma lágrima.

A nível psicológico, ERASED faz um bom trabalho. Consegue fazer o espectador pensar e questionar-se sobre a natureza humana. E no fundo, é isso que se pretende: questionar o nível de humanidade do ser humano. Enquanto anime de drama, as coisas realmente fluem.

De episódio para episódio, o enredo vai-se completando. É quase como se estivéssemos a montar um puzzle: as peças acabam por aparecer, mesmo que não surjam na ordem mais favorável, no final, tudo encaixa no devido lugar. No caso de ERASED, eu diria, que no fim, quase tudo faz sentido.

 

ERASED GIF 4

 

Da História coerente aos Lapsos prejudiciais

Se enquanto drama psicológico a série é merecedora de elogios, quando olhamos para ela como um anime de mistério, a coisa muda de figura. Apesar de notoriamente, a nível de enredo, ERASED ter vários pontos bons, este também tem alguns problemas que afetaram bastante o seu desenvolvimento. Esta obra em questão é muito previsível. Cada passo que é dado no anime é facilmente antecipado por alguém que esteja minimamente atento aos detalhes da história. E no fundo, este foi um dos pormenores que mais condenou o anime. As “reviravoltas” que aconteceram foram completamente espectáveis.

E engane-se quem pense que os problemas da “obra do século” acabam aqui. Eu realmente não sei afirmar se vinte e quatro episódios teriam feito da série o melhor anime de sempre, mas é notório o número de cortes que a narrativa levou. Até quase ao final do anime isso é imperceptível, o enredo é linear e não se sente incoerência. Porém chega a um momento em que explicações são omitidas, em que os supostos “clímax” do anime são resumidos a fundamentos que em vez de elucidar confundem quem assiste.

 

ERASED 5

 

Sei que muitos vão discordar de mim, mas a partir do momento em que não dão um backstory ao vilão da história, algo muito errado aconteceu. Quer dizer, ninguém é tão mau só porque sim. Aí os fanboys vêm com o argumento “no manga é explicado o porquê…”. Vou parecer muito dura, mas eu não quero saber do manga neste momento. Eu estou a avaliar o anime e a coerência do mesmo, sendo que é óbvio que a adaptação não foi limada como deveria.

Os cortes e as explicações suprimidas condenaram significativamente o final, que poderá agradar aos mais benevolentes. No entanto, quem tem um espírito crítico não vai contentar-se com o desfecho da história.

Uma das coisas que volta a elevar a qualidade de ERASED são as personagens. Não considero nenhuma delas impactante, contudo o desenvolvimento do personagem principal não deixa de ser digna de aplausos.

A relação entre as personagens é o ponto forte deste parâmetro. Essa relação é construída com base em confiança. A confiança e a amizade são trabalhadas e melhoradas de episódio para episódio, gradualmente. Nada é forçado ou apressado. Essa construção progressiva faz com que vejamos o amadurecimento de muitas delas, o que é interessante. Apesar de serem crianças, Satoru e os seus amigos são astutos. Ajudam-se mutuamente a desvendar os mistérios. É uma relação bem firme e real.

 

ERASED GIF 5

 

ERASED | Ambiente

A nível visual, ERASED é bem trabalhado. Num primeiro contacto, a arte não parece nada de especial. Contudo, os cenários criados ao longo da obra são bem apelativos. Temos ângulos de câmara bem diferentes do normal, como se estivéssemos a jogar um FPS, que foram concebidos de maneira inteligente.

Os lábios carnudos das mulheres adultas foi uma forma interessante de caracterizar a “maturidade” das mais velhas. No início estranhei, mas é uma questão de hábito. Outro ponto relevante são os olhos dos vilões nos momentos cruciais. A maneira como espelham a essência maligna no olhar é marcante. É como se conseguíssemos ver o psicológico alterado através dele.

A banda sonora do anime é provavelmente o melhor quesito da série. ERASED torna-se dez vezes mais pesado e bruto por causa das faixas que orquestram a obra. Os momentos dramáticos ficam mais emocionantes, o nosso coração aperta e a nossa curiosidade afinca. A produtora está de parabéns neste quesito. É sem dúvida das melhores bandas sonoras com que já me cruzei.

 

ERASED 2

 

ERASED | Juízo Final

É frustrante quando a obra tem conteúdo inovador com capacidade para ser algo fenomenal, uma produção técnica acima da média, um hype tremendo como rampa de lançamento e mesmo assim não aproveita isso da maneira mais inteligente.

ERASED é um anime muito bom sem dúvida. É uma obra que recomendaria a grande parte da comunidade, uma vez que esta vai agradar a muitos tipos de públicos. Contudo é uma série com lacunas graves que prejudicam o seu rendimento. E isso deixa-me triste. Porque realmente a história tem potencial, não estamos a falar de um anime que não tem conteúdo e que só daria certo com um milagre.

Concluindo, se não forem espectadores tão exigentes como eu, provavelmente vão adorar o anime. Se por outro lado, são fãs com uma visão mais critica, fiquem a saber que não vão amar ERASED.

 

ERASED

 

Comentários do Facebook




Daniela Amorim
Chibi Tsundere que adora escrever. Viciada em animes e fã de Slice of Life. Gosta de chocolate e de livros. Acha que Clannad é o melhor anime do mundo. Blood is love, blood is life.







Também deverás gostar de




9 Comentários

o hype estava/está realmente lá e tenho curiosidade, mas ao ler o teu texto pensava que ias dar uma nota mais baixa, afinal é 8.5 é uma excelente nota, atenção que escreves muitos elogios e que dariam para uma boa nota mas as tuas criticas levaram-me a pensar em algo menor e já agora e só pelo texto eu também daria menos.
ainda assim a atenção está despertada


    O enredo a meu ver é muito bom, não foste o primeiro a levantar essa questão e eu entendo. Apenas achei que tinha de reforçar os problemas do enredo. A meu ver o enredo merece oito, é complicado explicar. A história é brutal até ao episódio nove, então foi por isso que dei oito.
    Mas entendo o que disseste e vou ter isso em conta na próxima.
    Obrigada*


O enrendo não bom, o Enrendo TINHA POTENCIAL PRA ISSO.
8,5?? Nota exagerada…. 7,5 ta de bom tamanho, os 3 primeiros episodios de ERASED foram os melhores de toda a serie, o resto ficou entre bom/mediano, o desfecho foi cliche, se pra voce sobraram lacunas pra min foram crateras… , e esse tal de revival?? algum momento se deram ao trabalho de explicar de onde veio? POR QUE VEIO? , tambem achei que deram atenção exagerada a hinazuki, passaram 9 capitulos focando nela, o desfecho de seu assassinato, (e a causa dele) foi piegas. , sem contar o vilão da trama era claro como a luz do sol… (falta de opção que o autor deu ao leitor)

desculpe, não e querendo ofender mas, mesmo que voce não custume a ser muito exigente nas suas criticas eu acho que o bom senso tambem serve.


    desculpe os erros ortograficos escrevi na pressa


      Gostava primeiramente de lembrar que 8.5 é a média de todos os parâmetros. Depois de analisar de novo o anime entendi que seria justo baixar um pouco a nota do enredo. Contudo continuo a considerar ERASED um anime acima da média e recomendo-o a muita gente.
      Até me considero bastante exigente, contudo não vou falar mal de algo que está bom só para mostrar que sou muito crítica.
      Em relação ao Revival… Acho que isso é o mínimo dos problemas do anime. Não que não devessem dar uma justificativa, mas pouco ou nada interessaria. Quer exemplos? Em Elfen lied p.e. nunca explicaram de onde vinham os cornos das meninas e mesmo assim muita gente adora o anime. Angel Beats não explica direito a realidade alternativa. São coisas normais.
      Obrigada pelo comentário.


vistos 3 episódios e percebo em parte o entusiasmo que se criou.

o primeiro cria logo um impacto e o final então.. depois o personagem principal cativa, não sei bem explicar o porquê, mas cativa, ele e a mãe claro.
a série apesar de ter um ar leve consegue explorar temas mais pesados e faz isso muito bem porque consegue balancear o humor e o drama, o humor esse é que estava à espera de mais, existem situações de sorriso mas rir rir nem por isso.
ainda não senti necessidade que me explicassem de onde surge o revival nem o facto de estar naquele personagem, se explicarem porreiro senão não o dou como aspecto negativo, afinal o porquê não é essencial, o que é essencial é como e porque é que é usado


    Eu senti o mesmo que tu em relação ao Revival. Que bom que começas-te a ver! Quando terminares, vem cá partilhar a tua opinião!


      muito tempo depois cá venho eu comentar.

      adorei. ponto.
      a história apesar de por vezes lenta cativa, este hino à amizade foi quase sempre muito bem feito, com bons personagens, bem trabalhados a resultarem num drama de qualidade que se reflecte quando temos “pena” do que acontece aos personagens e em particular ao Satoru.
      no final este hino deixa-nos com um sorriso e isso diz tudo sobre a qualidade do anime
      a musica essa também esteve bem, com melodias a condizer e a conferir ainda mais drama

      claro que nem tudo esteve bem. como dizes o vilão devia ter sido mais trabalhado, mas gostei que o Satoru preenchesse o seu vazio, mas era necessário mais, se tivessem sido um pouco menos vagarosos a meio do anime podiam ter usado esse tempo no vilão
      depois, perto do final via-se quem era o vilão, acho que foi demasiado obvio.
      do grupo de amigos também faltou desenvolvimento já que só o fizeram com uns 2.
      ahh e queria mais Airi, mas aquele final foi muito bom.


      Acho que esta é basicamente a opinião de 90% das pessoas. Foi bom, mas podia ser melhor. Foi um anime que deixou alguma saudade, mas daquela temporada continuo a preferir KonoSuba.



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Outras Histórias
Taboo Tattoo revela Primeiro Vídeo Promocional | J.C. Staff Começou a ser transmitido o primeiro vídeo promocional para Taboo Tattoo!   Taboo Tattoo revela Primeiro Vídeo...
Partilhas