3 Razões que Fizeram o Primeiro Episódio de Boogiepop wa Warawanai Confuso

por Arthifis
3 Razões que Fizeram o Primeiro Episódio de Boogiepop wa Warawanai Confuso

Olá a todos! Eu sei, eu sei… Já estamos no quarto episódio de Boogiepop wa Waranai e aqui estou eu ainda a escrever sobre o primeiro episódio… Desculpem pelo atraso, mas esta temporada tem sido… No mínimo, difícil.

De qualquer das formas, assim que o Anime saiu, vi logo o episódio. Adoro Anime psicológico e com um twist mais obscuro. Portanto, posso dizer que estava bastante curioso para começar a ver este Anime.

Eu sei que Boogiepop é uma re-adaptação de um Anime mais antigo, Boogiepop Phantom. Isto quer dizer que pessoas que tenham visto o original conseguirão entender melhor o que está a acontecer. No entanto, para quem tropeçou nesta obra e decidiu ver do que se tratava, o primeiro episódio acabou por ser um pouco all over the place.

 

3 Razões que Fizeram o Primeiro Episódio de Boogiepop wa Warawanai Confuso

 

Não me interpretem mal! Consigo entender qual o objetivo e qual a direção que os criadores seguiram. O principal objetivo deste primeiro episódio foi a introdução de Boogiepop, como também iniciar alguns rumores/imagens intrigantes para nos fazer voltar no próximo episódio. Agora, se a audiência realmente se sentiu intrigada em vez de confusa, isso aí já outra história. Para os que não sabem de todo o que estou a falar, podem ver aqui a sinopse no MAL. Podem também ler a análise do Novel onde se baseiam as duas adaptações.

O Anime atual parece-me estar na fasquia do mediano. A animação não é nada de tirar a respiração e, embora entenda o porquê de terem ido para uma animação mais adulta, não parece assim tão espantosa. Quando falamos do áudio, então diria que é abaixo do mediano. Não é que a música de fundo seja má, mas houve alturas em que a música parou de uma forma abrupta que causou alguma estranheza.

Mas, vamos às 3 razões pelas quais Boogiepop me confundiu.

 

3 Razões que Fizeram o Primeiro Episódio de Boogiepop wa Warawanai Confuso

 

1. O Pace

 

3 Razões que Fizeram o Primeiro Episódio de Boogiepop wa Warawanai Confuso

 

Primeiro de tudo, provavelmente este é o primeiro Anime onde vejo 2 personagens a conhecerem-se, não terem qualquer tipo de interações profundas e chamarem-se de amigos pelo final do episódio. Se formos a ver, ao longo do episódio parece que passaram alguns dias e não é como se as nossas personagens principais estivessem 24 horas uma com a outra. Eles encontram-se de tempos em tempos e maioria só tem algumas interações rápidas sem um sentido profundo. Desta forma, parece estranho que se chamem amigos no fim do episódio.

Mas, não é aí que acaba. Boogiepop diz que apareceu por causa de um problema que estava a decorrer na escola. No entanto, ela acaba por ir embora sem fazer algo que de facto se traduz em resolver esse problema. Na minha opinião, isso tem algo a ver com as pistas que nos foram dando que explico mais abaixo. Mas, se estiverem a ver o Anime só por vê-lo, sem estarem a pensar escrever um post após o assistir, isto acaba por ser confuso.

Depois, temos a mudança de plot onde algumas cenas são sobre outra rapariga da escola, com uma história que está a decorrer paralelamente naquele momento (embora acaba por se interceptar). Irei falar sobre isto com maior detalhe em baixo. No entanto, deixarem cair o nome de uma personagem a meio do episódio que ainda não apareceu em cena de uma forma tão suave irá fazer com que a audiência disperse e pense de quem raio estão a falar e se perderam alguma informação no início do episódio.

 

2. A História “Paralela”

 

3 Razões que Fizeram o Primeiro Episódio de Boogiepop wa Warawanai Confuso

 

Penso que nem todos chegarão lá ao ver só o primeiro episódio. Mas, enquanto a nossa personagem masculina, Takeda, procura entender quem (ou o quê) é Boogiepop, existe uma história “paralela” a acontecer ao mesmo temo. A história de Kirima Nagi.

Kirima Nagi é a personagem que aparece no fim do episódio. No entanto, a meio do episódio, podemos ver umas raparigas a perguntar a Kazuku Suema, a especialista de perfis de assassinos da turma se ela pensa que Nagi é uma assassina.

Começar 2 histórias no primeiro episódio, especialmente como foi executado, é bastante confuso. Mesmo que estas histórias sejam para se interligar mais tarde. A ideia é apresentar alguns rumores e pistas, algo normal em obras de mistério. No entanto, ainda é demasiado cedo para a audiência pensar no que virá no futuro… Isto é, ainda estamos a tentar entender o que raio está a acontecer no presente!

 

3 Razões que Fizeram o Primeiro Episódio de Boogiepop wa Warawanai Confuso

 

De qualquer das formas, depois de Nagi aparecer no fim do episódio consegui compreender a explicação por trás. Como disse anteriormente, a Boogiepop vai-se embora a dizer que acabou por não ter de fazer nada para o problema se resolver. Pouco tempo depois, Touka Miyashi, a rapariga que Boogiepop possui (ou algo do género) conhece, por acaso, Nagi. Este encontro tem de significar algo.

Portanto, a minha ideia é, tendo em conta os rumores e o encontro, penso que Nagi foi a pessoa que matou o rapaz que andava a matar as raparigas da escola. Não sei se Nagi também está possuída por algo parecido com Boogiepop ou se ela é simplesmente um anjo da justiça que irá defender a escola/cidade/humanidade do mal.

 

3. O Comportamento de Takeda, a Personagem Principal Masculina

 

3 Razões que Fizeram o Primeiro Episódio de Boogiepop wa Warawanai Confuso

 

Se calhar sou só eu, mas se um dia o meu namorado deixasse de responder às minhas mensagens e depois o fosse encontrar no meio da rua vestido com roupas estranhas a ajudar um moribundo, iria ficar assustado. Mas o Takeda não! O Takeda leva toda a cena de uma forma bastante calma, o que me confunde um pouco.

Basicamente, quando fica a saber que a namorada dele é agora Boogiepop, ele calmamente vai até à biblioteca ler livros sobre transtorno dissociativo de entidade. Depois, quando descobre que afinal Boogiepop é algo que a está a possuir, de novo, aguenta-se bem. Quero dizer, este homem é feito de ferro! A parte mais engraçada foi vê-lo a sentir-se triste quando Boogiepop anuncia que se vai embora (o que significa que a namorada vai voltar a ter consciência do seu próprio corpo).

Como personagem, ele simplesmente não faz sentido para mim. Não deveria ter ficado um pouco mais assustado com o que se estava a passar com a namorada? Mesmo que ele não demonstrasse isso, pelo menos não deveria ter ficado feliz por saber que a namorada vai voltar a ser ela mesmo? Quero dizer, perseguir criminosos não deve ser a coisa mais segura de sempre, certo?

Portanto… Sim, tenho que dizer que Takeda é uma confusão de personagem.

 

Conclusão

 

3 Razões que Fizeram o Primeiro Episódio de Boogiepop wa Warawanai Confuso

 

Mesmo com isto tudo, a premissa de Boogiepop wa Warawanai parece promissora. Além disso, também gostei dos frames rápidos onde podíamos ver as raparigas a morrer. Deu-me aquela vibe de Persona 4.

No entanto, o primeiro episódio foi muito confuso. Mas, irei continuar a seguir o Anime (nem que seja até ao terceiro episódio para fazer primeiras impressões). Portanto, vamos ter a esperança que tudo irá fazer sentido no próximo episódio.

E vocês? O que acharam do primeiro episódio? Digam tudo nos comentários 🙂

 

Boogiepop wa Warawanai takeda acenar

Até à próxima!

(Post escrito originalmente no meu site pessoal)

 

4 comentários


Também deverás gostar de

4 comentários

Thamara 10 Abril, 2020 - 20:06

Eu estou gostando muito desse novo boogiepop, na minha humilde opinião, ele está mais claro tanto no visual do anime quanto na história, está mais fácil de entender do que o antigo. O antigo era muito pior no sentido de confundir quem está assistindo e os EPS pois eram nesse estilo quebra-cabeças que pra entender um determinado eps teria que assistir outro lá na frente, mas ainda sim gostava muito do anime. Eu achei q essa nova versão está mil vezes mais fácil de compreender, no meu caso me sinto assim por ter assistido ao antigo como foi dito ali na matéria, pra quem nunca assistiu o anterior realmente deve causar essa estranheza mesmo com o anime.

Responder
Arthifis 28 Maio, 2020 - 16:41

Se o original era ainda mais confuso nem quero imaginar hahahaha 😀 Obrigado pelo teu comentário, é bom ler outras perspetivas de um Anima que me deixou bastante confuso eheh

Responder
Igor Livramento 16 Maio, 2020 - 4:14

Você errou feio. Boogiepop Wa Warawanai é uma adaptação de alguns romances (light novels, lit. romances leves) da franquia Boogiepop. O antigo anime Boogiepop Phantom era uma criação original utilizando o universo ficcional da franquia Boogiepop. Se você leu os livros e/ou viu o filme live action antigo, reconheceria imediatamente a narrativa. Partindo das premissas de raciocínio erradas só é possível chegar em conclusões erradas. Além disso, há muito afobamento na análise, o andamento (eng. pacing) da narrativa é excelente. Além disso, não é uma narrativa psicológica, mas especulativa, uma tradição forte na literatura latino-americana (Borges, Cortázar, Zambra, Aira, etc.) e anglófona (Le Guin, Gaiman, Dick, etc.).

Responder
Arthifis 28 Maio, 2020 - 16:40

Obrigado pelo comentário! 🙂 De facto não li nenhum dos livros nem vi o live action 🙂 As minhas primeiras impressões foram inteiramente baseadas no Anime e como espetador deste. Obrigado pela clarificação 😀

Responder

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.