5 Mangas para Ler no Halloween – Recomendações do André

Mais um ano, mais um Halloween para celebrar! Com a pandemia por aí mais uma razão têm para ficar em casa e desfrutar de um bom manga para vos deixar na mood certa nesta época.

Tal como no ano passado, estou de volta para trazer algumas recomendações de mangas que li (ou reli) este ano e que gostaria de vos apresentar. E, exatamente como o artigo anterior, apresentarei uma pequena sinopse e opinião para vos incentivar a ler x obra e mantive o cuidado de seleccionar mangas que já estejam concluídos!

 

(Se não viram o meu artigo no ano passado, deixo-o aqui no caso de quererem ainda mais sugestões!)

10 Mangas para Ler no Halloween – Recomendação

 

Mas, sem mais demoras, vamos ao que interessa e à principal razão pela qual clicaram neste artigo!

 

5 Mangas para Ler no Halloween – Recomendações do André

 

 – The Voynich Hotel –

Arte e História: Sayman Dowman
Capítulos: 68 (3 volumes)

MyAnimeList | AniList

Sinopse: Bem vindo a Voynich Hotel! Um hotel localizado numa ilha deserta a Sul do Pacífico gerido por um ex-lutador de wrestling mexicano, com ajuda das suas peculiares empregadas, Beluna e Elena, e a sua bizarra cozinheira, Amelia, para tratarem do resto.

Segue o dia a dia de Taizou Kuzuki, um turista japonês com um sombrio passado, que acaba por ficar cada vez mais envolvido nos problemas e atividades das pessoas da ilha e nos restantes hóspedes do hotel.

Entretanto um misterioso criminoso anda à solta, demónios aparecem e muito mais de bizarro e sobrenatural acontece!

 

Começando a lista com um dos mangas que mais me surpreendeu! Quando iniciei a leitura, pensava que se trataria apenas de uma obra de mistério com assassinatos à mistura, mas, apesar de conter ainda esses aspetos, não sabia que estava perante uma obra tão hilariante.

Especialmente, para fãs da cultura pop que irão encontrar diversas referências e piadas a jogos, séries, banda desenhada, etc e para aqueles que não se importarem com alguma morbidez e piadas mais adultas.

Para além do humor, outros aspetos que gostei imenso foram a arte e a história, especificamente por ambas serem tão peculiares. A arte fez-me lembrar bastante de diversas bandas desenhadas ocidentais, pelo o seu aspeto simples e com personagens bastante mais cartoonish. Já a história é contada de forma desfragmentada e cabe-nos a nós, os leitores, ir montando como se fosse um puzzle. No início é algo que se estranha, mas no fim acaba por ser um dos charmes da obra e o que torna a experiência ainda melhor.

Portanto, para aqueles que procuram algo simples, curto e para corações fracos, é a escolha ideal!

 

 

 

– Deadman Wonderland –

Arte e História: Jinsei Kataoka e
                            Kazuma Kondou
Capítulos: 58 (13 volumes)

MyAnimeList | AniList

Sinopse: Ganta Igarashi, um comum estudante do ensino médio, vive uma vida normal até o dia em que uma estranha figura surge na sua escola e massacra todos os seus colegas de turma.

Sendo o único sobrevivente é acusado pelos homicídios dos seus amigos e é enviado para a única estrutura existente em Tóquio, a prisão/parque temático conhecida como Deadman Wonderland!

Aqui, Ganta terá que sobreviver com os restantes prisioneiros em jogos mortais para entretenimento do público e, entretanto, um estranho poder desperta nele!

 

 

Certamente, uma das obras que mais gosto! Foi o primeiro manga que alguma vez li na vida e portanto tenho um grande carinho por ele. Mas não é por isso que recomendo imenso Deadman Wonderland!

A obra é completamente brutal, seja no sentido de ser espetacular como pela sua brutalidade. Quanto mais formos lendo, mais insano são os acontecimentos e, especialmente, os personagens que encontramos, mas isso é o que eu tanto adoro na obra. Cada personagem é único, em personalidade e visual, e possuí uma história chocante e triste que nos marca em maior parte dos casos.

A história gosto de a descrever como estranhamente bela, apesar de se passar num local de loucos onde a violência e o desumano reina, não deixa de ser uma história de sobrevivência de um pobre adolescente que viu a sua vida virar do avesso e de uma amizade esquecida após uma enorme catástrofe.

Tudo isto acompanhado de lutas espetaculares e sangrentas, com poderes bastante interessantes, e um estilo de arte incrível e bem detalhado.

E, apesar de ser graficamente pesado em certos pontos o manga trata-se de um Shonen, estilo Tokyo Ghoul, e portanto acredito que seja facilmente digerível por quase toda a gente.

 

 

– Sweet Home –

Arte: Youngchan Hwang
História: Carnby Kim
Capítulos: 141 (??? volumes)

MyAnimeList | AniList

Sinopse: Hyun Cha, um jovem recluso com um ódio extremo por todos à sua volta, acaba por ficar completamente sozinho no mundo após perder toda a sua família num trágico acidente.

Agora sozinho e completamente farto da vida, Hyun passa a morar numa nova residência onde estranhas coisas começam a acontecer com os residentes locais e, rapidamente, a humanidade encontra-se em perigo.

A partir daí Hyun e os restantes residentes têm que tentar sobreviver onde cada dia é uma verdadeira batalha entre a vida e a morte.

 

 

 

 

Novamente, tal como na lista do ano passado, não resisti em não trazer mais um manga coreano (manhwa) e, curiosamente, é dos mesmos autores da outra vez!

Sweet Home surpreende bastante com o seu enredo e como este se desenrola. De todos aqui na lista, esta foi uma das obras que mais me deixou com o coração nas mãos em diversos momentos. Genuinamente ficava nervoso com o que poderia acontecer, devido ao seu fator realista e difíceis situações onde os personagens são colocados em que uma pequena falha pode significar a morte de alguém. Para além disso, o psicológico do ser humano é bastante explorado e mostra bastante o que realmente uma pessoa é capaz de fazer e dizer perante certas situações que, pessoalmente, é um aspeto que adoro.

Apesar de tudo, a obra que começa da melhor forma possível, vai começando a perder o seu brilho graças a certas escolhas dos autores das quais eu não achei que fossem as melhores. Mas de qualquer forma, não quero deixar de recomendar Sweet Home, que me deixou agarrado quase duas noites sem dormir, e que certamente irá prender muitos outros que lhe derem uma oportunidade!

 

 

– Goth –

Arte: Kenji Ooiwa
História: Otsuichi
Capítulos: 5 (1 volumes)

MyAnimeList | AniList

Sinopse: Segue a mórbida e sombria história de dois adolescentes, Kamiyama Itsuki e Morino Yoru, com um peculiar interesse na morte. Mais especificamente em casos de assassinato que se realizam em volta das suas localidades!

Devido a este bizarro fascínio e grande capacidade de dedução, estes jovens resolvem os casos que nem a polícia foi capaz e acabam por dar de caras com os criminosos. Apesar disso tudo, Kamiyama apresenta um outro interesse…de que modo deve a sua companheira Morino morrer?

 

 

Goth captou-me facilmente com a sua simples capa e título, não sei explicar, apenas parecia que a obra gritava para mim com a sua simples apresentação. E sem sombra de dúvidas foi uma leitura que valeu bastante a pena, apesar de a obra ser tão curta a afetar com a falta de certos aspetos e desenvolvimento de personagens.

Ainda assim, não deixa de ser interessante todo o seu enredo e as diferentes 3 perspetivas que são apresentadas durante os casos. Sendo estas: o que estuda o caso e desvenda o método de cada culpado, o próprio criminoso e a vítima.

Dou ainda atenção ao facto de que muitas justificações não são facilmente “dadas”, mas estão muitas vezes expostas com elementos visuais e diálogos muito específicos, que foi algo que achei bastante recompensador para quem estiver atento.

Tudo isto é ainda acompanhado por uma sombria arte que encaixa perfeitamente com o clima da obra e o tema que aborda. Sendo que não recomendo muito a gente sensível, pois o grafismo de certas cenas não foi poupado e é capaz de chocar algumas pessoas. Por isso, cuidado!

 

 

– Gantz –

Arte e História: Hiroya Oku
Capítulos: 383 (37 volumes)

MyAnimeList | AniList

Sinopse: Era apenas mais um dia normal para Kei Kurono até ao momento em que se vê forçado, por um colega de turma, a salvar um homem embriagado de ser atropelado por um comboio.

Rapidamente conseguem acudir o sujeito, mas infelizmente um comboio já se estava a aproximar e os dois estudantes acabam por morrer instantaneamente….

Como por “magia”, ambos aparecem num apartamento com outros desconhecidos e uma estranha esfera preta. Sem saber onde estão, o que fazer e sem a certeza se estão vivos ou mortos a sua luta pela sobrevivência começa. Todas as semanas serão puxados para o apartamento e a estranha esfera, denominada de “Gantz”, começará a atribuir-lhes perigosas missões que terão que concluir para continuar a sobreviver.

 

E cá chegamos à última recomendação e, pessoalmente, a minha favorita! Sei que é um manga que divide muita gente e, por isso, não posso negar realmente as suas falhas em certos aspetos e até mesmo a inclusão de cenas que admito não terem envelhecido nada bem.

Apesar disso tudo, não acho que a obra deva ser ignorada ou apagada da existência, muito pelo contrário!!

O manga é uma verdadeira montanha russa de sentimentos, terão todo o tipo de sensação ao ler, desde felicidade por algum personagem, tristeza, raiva, ansiedade, repugnância, etc etc e tudo isto quase só com o protagonista, que para mim é um dos personagem com o melhor desenvolvimento ao longo de uma série. Óbvio que o resto dos personagens não ficam nada atrás, com alguns a superar as expectativas e a deixar a sua marca em nós.

Já o enredo é uma constante injeção de adrenalina que vai aumentando a dose com cada arc. Se por algum momento pensam que não haverá algo que vos irá surpreender mais do que acabaram de ver, esqueçam! Logo a seguir será apresentado uma situação ainda pior ao que as personagens estavam e somos deixados naquela “Como que raio se irão safar desta vez?“. E às vezes nem sempre corre bem…

 

 

Para complementar, não posso também não falar da exorbitante arte de Oku-sensei! Não sei como, mas este homem é um deus a desenhar, basta ver alguns painéis e não há como discutir. Como disse no começo o manga divide muita gente, mas ainda assim este é um aspeto que não é debatível! É basicamente unânime adorar a arte deste manga. Especialmente nas cenas de ação! Incontáveis foram as cenas em que fiquei com o queixo caído com o detalhe e brutalidade presentes num único painel, e também no incrível design dos aliens, onde podemos ter uma mistura de horripilante, belo e bizarro…bem bizarro…confiem em mim, consegue ser muito estranho mesmo

Mas, tudo isto para dizer, Gantz é espetacular, é a jornada de redenção de um jovem repugnante e egoísta, é uma obra que nos mostra o quão inúteis e fracos somos perante algo maior e fora da nossa compreensão, mas ainda assim não nos deixamos vencer.

E, apesar de ser uma obra repleta de brutalidade e conteúdo explícito, recomendo qualquer pessoa a ler!

 

 

Bem…e ficamos por aqui! Espero que seja do vosso agrado estas recomendações e que desfrutem da vossa leitura! Vemo-nos numa próxima! ^^

Stay safe e Feliz Halloween!!!

 

Artigos Relacionados

Yoshiyuki Tomino (Gundam) anuncia 3 Projectos Novos

In/Spectre – Anime anuncia Segunda Temporada

Gekidol – Anime Original revela Data de Estreia e Poster