Atelier Sophie: The Alchemist of the Mysterious Book DX – Análise

Atelier Sophie é o 17º jogo da franquia Atelier e o primeiro da trilogia Mysterious e segue as aventuras de Sophie ao encontrar por chance Plachta, um misterioso livro falante que perdeu todas as suas memórias.

A trilogia Mysterious começou a ser lançada em 2015 e é constituída pelos jogos Sophie, Firis e Lydia & Suelle. Recentemente os três jogos da Trilogia receberam um remaster em versão Deluxe, com gráficos melhores e conteúdo extra para as consolas de última geração.

 

Atelier Sophie: The Alchemist of the Mysterious Book DX
Plataformas Steam, Playstation 4, Switch
Publicadora KOEI TECMO GAMES
Desenvolvedora KOEI TECMO GAMES
Género JRPG
Data de Lançamento Abril de 2021

 

Graças à KOEI TECMO vamos assim poder analisar e dar-vos a conhecer o mais recente remaster da série Atelier, Atelier Sophie: The Alchemist of the Mysterious Book DX.

 

Atelier Sophie: The Alchemist of the Mysterious Book DX – Análise

Depois do enorme sucesso internacional do jogo Atelier Ryza, muitos dos novos jogadores que o experimentaram ficaram com vontade de explorar e jogar as iterações anteriores da franquia Atelier. Porém com uma quantidade de jogos principais enorme qualquer jogador ficaria perdido por onde começar a jogar.

Pelo que a Koei Tecmo respondeu a estes novos fãs ao lançar uma edição melhorada Deluxe da trilogia Mysterious que conta com os 17º, 18º e 19º jogos principais da franquia. Tornando-se assim uma oportunidade enorme para estes fãs experimentarem esta trilogia.

 

 

Para quem já conhece bem a franquia Atelier sabe o que pode esperar do jogo Atelier Sophie e o quão diferente estes RPGs são em mecânicas quando comparados com jogos como Final Fantasy ou Dragon Quest.

Ao entrarmos no universo de Sophie partimos assim numa aventura lenta e slice of life que segue a personagem principal enquanto a mesma cresce e descobre um pouco mais sobre o mundo dos adultos ao seu redor. Fazendo Sophie parte da trilogia Mysterious o jogo segue também uma misteriosa personagem, Plachta, que irá mudar aos poucos a vida de Sophie.

A implementação do sistema de Calendário e a interação com as personagens que convivem diariamente com Sophie ajudam bastante na perceção de tempo e no aspeto slice of life do jogo.

Assim sendo esta não é a história cliché RPG de um herói que parte numa aventura para salvar o mundo da destruição mas sim a história de uma simples rapariga que dá o seu melhor no dia a dia para aprender alquimia e ajudar as pessoas ao seu redor.

 

Platcha

Um dos aspetos mais importantes ao enredo do jogo é a misteriosa personagem Platcha que é introduzida como um livro falante, que perdeu todas as suas memórias, criado através da alquimia.

Num dia que começou igual a todos os outros, Sophie encontrou este livro enquanto praticava alquimia no antigo atelier da sua falecida avó. Este misterioso acontecimento rapidamente construiu uma amizade entre a jovem e inocente Sophie e a misteriosa Platcha.

 

 

Ao longo do jogo vamos assim conhecendo melhor esta personagem e desvendando aos poucos e poucos os mistérios que rodeiam a Platcha. Para ajudar a Platcha a reviver as suas memórias o jogador tem que descobrir novas receitas, derrotar monstros e fazer missões especiais a pedido da mesma.

Enquanto o livro falante vai revivendo as suas memórias, vamos assim descobrindo mais sobre um misterioso caldeirão da alquimia, e que a mesma era uma alquimista que transportou a sua alma para um livro por motivos desconhecidos.

Ao descobrir mais sobre a Platcha, Sophie e os seus amigos partem assim numa aventura para restaurar o corpo de Platcha e encontrar o lendário Caldeirão.

 

Alquimia

A alquimia é outra das mecânicas que distingue bastante esta franquia dos RPG mais tradicionais sendo que Atelier Sophie foca-se mais na qualidade dos objetos criados do que do nível dos personagens. Sendo assim mais importante procurar materiais de melhor qualidade que “farmar” XP para derrotar os Boss.

Quem jogou Atelier Ryza como primeiro jogo da franquia vai notar algumas diferenças perante o sistema de alquimia apresentado neste jogo. Sophie tem um sistema de alquimia mais complicado e detalhado que pode afastar alguns jogadores novatos, que sentem dificuldade em perceber esta mecânica. Por outro lado, este sistema mais complicado oferece mais possibilidades de tentativa e erro sem oferecer a resposta de mão beijada ao jogador.

 

 

Embora o sistema de alquimia seja complicado, a obtenção dos ingredientes é mais simples sem ser necessário utilizar ferramentas especificas para coletar os mesmos. Os ingredientes disponíveis em cada área também variam consoante o dia e a hora, aspeto o qual demonstra a importância de uma boa gestão do calendário interno do jogo.

A  utilização da alquimia e a obtenção de ingredientes é o aspeto mais importante do jogo sendo que este influencia diretamente a progressão do enredo.

 

Batalha

Enquanto exploramos as diferentes zonas a procurar os melhores ingredientes para utilizar na alquimia seremos atacados por vários monstros. Embora o sistema de batalha varie de jogo para jogo, Atelier Sophie escolheu oferecer um sistema mais tradicional e pouco inovador.

Porém, e como anteriormente referido em Sophie Atelier, é mais importante a qualidade dos equipamentos utilizados que o nível dos nossos personagens. Pelo que é importante criar bons materiais e equipamentos através da alquimia que possam ser úteis durante as batalhas.

 

 

Atelier Sophie: The Alchemist of the Mysterious Book DX – Juízo Final

Atelier Sophie DX é uma excelente oportunidade para os novos fãs da franquia Atelier experimentarem um antecessor do popular Atelier Ryza. Porém, esta versão Deluxe é difícil de recomendar a quem já jogou o jogo anteriormente, sendo que a mesma pouco oferece de novo a quem jogou a versão base com os DLC.

De uma forma geral Atelier Sophie DX é um jogo robusto com um enredo interessante e suficientemente desafiante para agarrar os jogadores do início ao fim.

Como aspeto mais negativo, e sendo esta uma versão melhorada de Atelier Sophie, poderiam ter sido adicionadas ao jogo algumas “Quality of Life Changes” que foram introduzidas em jogos posteriores da franquia.

 

 

 

Artigos Relacionados

O Ataque das RomCom parte 01 – Cantinho do Beto

Boku no Hero Academia Temporada 5 Episódio 10 e 11 – Opinião

Jujutsu Kaisen – Franquia recebe Mobile RPG