Onde me vim meter | Bakuten!! Episódio 1 – Opinião

Ora bem, cá estou eu de volta. Depois da desastrosa segunda temporada de The Promised Neverland (o qual ando agora a ler o manga e tem valido bastante a pena. Vamos a ver onde me leva) a pedido de muitas famílias (na verdade, apenas duas) irei analisar semanalmente um novo anime. Qual, perguntam vocês? Um que eu não esperava e me calhou na rifa: Bakuten!!.

Já estou a sentir que irei ofender gravemente algumas pessoas mas perdoem-me, não irei conseguir evitar algumas piadas – quem lê as minhas análises já sabe como é. Confesso que Bakuten!! foi a segunda escolha num triângulo amoroso entre eu, Odd Taxi e este. Vi Odd Taxi na passada terça-feira e apesar de ter achado bastante interessante não me arrisquei a analisá-lo (é mais não me senti capaz de fazê-lo mas pronto, ninguém precisa de saber), acabando por ver o primeiro episódio de Bakuten!! e achar a minha nova vítima.

Costumo ver anime de desporto? Não. Costumo ver anime meio BL? Decididamente também não. Mas uma pessoa tem de começar de algum lado e arriscar e já que ninguém do ptAnime quis analisar esta obra fiquei eu “com os restos”.

Vamos à análise?

 

Onde me vim meter | Bakuten!! Episódio 1 – Opinião

 

Um pouco de background – é interessante, a sério, leiam


 

Então, para percebemos um pouco melhor do que Bakuten!! é trouxe-vos informação que apenas estará presente nesta análise ao episódio um. Para quem possa ainda não ter visto, fica a sinopse:

O anime passa-se na cidade de Iwanuma, da prefeitura de Miyagi, e centra-se numa equipa de ginástica rítmica do secundário. A narrativa segue Shoutaro Futaba, o qual é fascinado por ginástica após ter assistido no terceiro ano do ensino básico, e se junta à equipa de ginástica rítmica do seu novo liceu Soushuukan High School, apelidado de “Ao High”. Ele trava amizade com o colega Ryouya Misato, o qual ganhou fama enquanto ginasta durante o ensino básico.

 

Portanto, daqui retiramos duas coisas importantes: que o anime se passa na prefeitura Miyagi e versa sobre ginástica rítmica masculina.

É importante o facto de ocorrer em Miyagi uma vez que Bakuten!! é um dos três projectos anime (os outros são Misaki no Mayoiga e Hula Fulla Dance) que fazem parte da iniciativa “Zutto Ōen Project 2011 + 10…” criada para promover Miyagi, Iwate e Fukushima, uma lembrança do terremoto e tsunami de Tohoku que ocorreu em 2011.

Por outro lado, a parte da ginástica rítmica com homens é interessante porque nunca vi, ou tenho conhecimento de, nenhum anime sobre este desporto, acrescentando que a modalidade masculina teve origem, nada mais nada menos, do que no Japão nos anos 70. Então ninguém melhor que os japoneses para contar esta história.

 

Bakuten!! Episódio 1 – Opinião

 

Para além disto ainda temos um membro da equipa totalmente talhado para este anime: Yuki Hayashi que está a tratar da OST. O homem já fez ginástica rítmica! Vejam lá que pontaria. Mas não só: ainda foi o responsável pelos seus acompanhamentos (a música que acompanha a performance) e de cerca de 80% de todos os acompanhamentos de ginástica do Japão! Pronto, já podes parar de me esfregar na cara o quão inútil eu sou.

Não fosse isto o suficiente ele também foi o compositor de vários filmes japoneses e dramas, além de anime que tenho a certeza que conhecem: Blood Lad, Death Parade, Diabolik Lovers, Haikyuu!!, Junji Ito “Collection”, My Hero Academia, One Piece Film Gold e outros 500. Vou parar de ler a biografia dele que até passo mal.

Como director temos Toshimasa Kuroyanagi conhecido por The Great Passage, ou Fune wo Amu, um anime que a minha colega Raquel gosta bastante e está sempre a falar nele. Tenho interesse em ver, só não calhou.

 

Fune wo Amu

Com isto tudo quero dizer o quê? Bakuten!! tem uma premissa interessante, uma equipa que tem conhecimento sobre o que faz, nem que seja a nível de música, e uma animação adequada.

Se vale a pena ver… O que vocês acham?

 

Uma história de desporto banal?


 

Bem, agora vamos à parte central de qualquer anime: a narrativa. Como já havia dito acima, não sou muito versada em anime de desporto, o que tenho no meu repertório como bom anime deste género é: Baby Steps, Chihayafuru e Yowamushi Pedal. Devo ter visto mais alguns mas não me recordo, sinceramente. Ainda iniciei há uns meses aquele anime sobre escalada, só que acabei por me esquecer dele (do tão marcante que foi) e não vi mais episódio nenhum. ¯\_(ツ)_/¯

Sei, no entanto, por conversas com amigos ou vídeos de análises da temporada que sempre vejo, que as premissas geralmente abordadas giram à volta de: o protagonista que nada sabe sobre o desporto nem nunca o praticou, descobre-o num momento da sua vida em que nada parece fazer sentido, vê naquela actividade um despertar do desejo de ser bom em algo ou que dê “luz à sua vida” e depois tudo se desenvolve em acompanharmos a jornada e evolução do protagonista até ser mestre nela. Normalmente este possui algum talento nato para a coisa, sem saber claro, ou então torna-se bom nela através do constante treino (como Baby Steps). O ter um talento especial para o desporto em questão costuma ser mais utilizado, é uma forma do personagem ser um herói num mundo normal escolar.

 


Ver também: Como Baby Steps nos Ensina a sermos Melhores?


 

 

Acho que Bakuten!! irá seguir esse caminho. O protagonista já fazia parte de um clube, o de basebol, mas acabava sempre no banco por não ser bom o suficiente. Assim, sem querer, vê uns marmanjos no meio das silvas a fazer o pino, isso chama-lhe a atenção (por algum razão…) e acaba por ir ver a performance deles num torneio. Ficou fascinado pela quantidade de CGI que a produção usou, que acendeu no seu peito uma chama que nunca havia tido. Aquilo ficou a matutar-lhe na cabeça, chegou até a falar com a sua família do que havia achado da actividade (que aceitaram muito bem, fiquei espantada até) e no início do secundário acabou por se juntar ao clube.

 

Bakuten!! Episódio 1 – Opinião

 

Ele nunca praticou ginástica rítmica na vida, nem sabia que existia uma modalidade masculina (estranho, uma vez que essa modalidade teve origem no Japão meu menino), mas devido a ter praticado já outros desportos possui uma condição física apropriada. E faz todo o sentido, dito de uma pessoa que praticou dança moderna e ginástica de solo há muitos anos (agora sou só uma batata) e percebe o quão importante é o nosso corpo estar preparado. Contudo, ter um bom porte físico não é a única coisa que importa, caso contrário ele não estava no banco e sim no campo a jogar basebol. Na ginástica rítmica vai dar no mesmo. Para além da capacidade atlética é necessário conseguir ter também movimentos fluídos e “saber dançar”.

Percebemos que ele com um bocadito de treino já conseguiu fazer sozinho, mais ou menos, um backflip (o nome do anime, olhem que giro). Portanto, vamos na jornada do protagonista com um talento para a coisa sem saber.

Já viram o quão bons poderiam ser em determinado desporto ou actividade, e vocês não sabem e, provavelmente, nunca irão saber? Acabei de vos deixar deprimidos não foi? Bem, não desesperem. Experimentem tudo o que vos seja possível e caso gostem de algo só insistam o tempo que for necessário. Serão bons nisso nem que seja pela força do ódio.

Quanto à história de Bakuten!! parece ser realmente algo banal, no entanto o episódio foi interessante, bastante leve e adequado para ver ao final do dia para relaxar um bocado. Vamos lá ver o que os próximos episódios nos oferecem.

 

Personagens-tipo a que já estamos habituados…


 

Acho que me alonguei demasiado no tópico da história, mas foram vocês que me pediram para analisar mais animes, então levem comigo ahah

Sobre os personagens nem tenho grande coisa a dizer: são os personagens a que já estamos habituados a ver em todo o lado. Não têm personalidade definida e dá para os colocar em caixas já conhecidas. O MC, Shoutarou Futaba, é um bolinho de caramelo que tem de ser protegido de tudo e todos. Depois temos o protagonista cool, Ryouya Misato, que tem cara de tacho de quem está sempre enfadado com a vida e é um ginasta meio famosinho.

 

Bakuten!! Episódio 1 – Opinião

 

Todos os outros ocupam papéis totalmente secundários e só estão aqui porque a ginástica rítmica masculina em grupo tem de ter seis elementos (pelo que disseram pode ter no mínimo quatro, no entanto levam penalização por cada número em falta). As cores de cabelo diferentes são apenas para os podermos distinguir, já que as personalidades são tão rasas que podiam mesclar-se todos numa só pessoa que iria dar no mesmo.

Mas bem, pode ser que exista desenvolvimento nos próximos episódios e eles deixem de ser apenas existências com pernas – tipo eu na vida. Os protagonistas sempre possuem mais profundidade, só que caem infelizmente no cliché do bonzinho ingénuo e do emo-Sasuke.

 

Animação ao estilo “tudo ao molhe e fé em Deus”


 

A secção da animação tem muito que se lhe diga. Vi mais técnicas de animação num episódio de Bakuten!! do que na segunda temporada de Yakusoku no Neverland.

A animação no geral é muito, muito bonita, bastante fluída e colorida e assenta bem no tipo de anime que estamos a ver. Fiquei curiosa para ver como iriam animar a parte das performances, já que é algo que demanda bastante tempo para ficar em condições. Eles decidiram trazer o melhor dos dois mundos: fazer algo relativamente bom para o espectador mas que também conseguissem manter durante todos os episódios. Juntaram assim animação em 2D, 3D e, penso eu, um pouco de rotoscopia na performance do grupo.

 

 

Houve algumas alturas no qual o 3D não estava muito bem feito, no entanto como decidiram afastar bastante a câmara nessas partes e ir revesando com closes dos personagens em 2D, até que passou meio despercebido.

 

De ressaltar que a parte da actuação completa, sem diálogo nenhum, caiu muito bem. Deixou-nos simplesmente apreciar a beleza deste desporto e até esquecer um pouco do anime. Apenas teria gostado de ver mais um pouco de sons de esforço, da respiração e também do barulho do impacto dos movimentos no chão, pois iriam elevar a cena.

A atenção aos detalhes também foi um must, como por exemplo o reflexo de um dos protagonistas no chá.

 

 

Vou continuar a ver?


Bakuten!! Episódio 1 – Opinião

 

Bem, que remédio, nem que fosse pelo compromisso que criei ao fazer a análise aqui ao primeiro episódio – logo eu que sou a rainha dos drops.

Não estou habituada a ver, e muito menos a opinar aqui no site sobre anime deste género. Será um desafio para mim e também para quem já vai lendo as minhas análises. Tentarei, ainda assim e como sempre, fazer sempre um artigo que vos dê vontade de ler nem que seja pelas minhas piadas secas.

Não fosse só pela obrigação de analisar semanalmente este anime, acho que iria na mesma continuar a ver. Talvez por estar com as expetactivas demasiado em baixo, achei este episódio bastante bom e tenho a certeza que surpreendeu muita gente. Versa sobre uma modalidade que não é comum, muito menos aqui no ocidente, tem uma proposta bem definida e que os amantes de anime de desporto irão gostar. Ainda por cima achei que fosse ser meio BL e não puxou praticamente nada para isso – embora a existência feminina em Bakuten!! seja quase inextistente.

O que acharam deste primeiro episódio?

 


 

Pensamentos Finais:

(Para quem não conhece as minhas análises, esta secção é onde eu digo bosta.)

 

  • Moçoilos gostosos com roupa justinha… Afinal gosto de anime de desporto, só não sabia ( ͡° ͜ʖ ͡°)

 

  • Mais material de grande qualidade

 

  • Eu a chamar a atenção do meu crush de forma discreta

 

  • Eu a ver isto e a lembrar-me de quando a minha prof de ginástica se colocava em pé em cima das minhas pernas para eu conseguir fazer bem a espargata/espacate. Alerta gatilho!

 

  • É um pecado mostrar estas coisas, tenho tantas saudades de comer no AKAI T_T

Bakuten!! Episódio 1 – Opinião

 

  • Esta moça dá-me uma vibe de Ghibli, acho que é por causa do cabelo

 

  • Achei piada que os protagonistas são fisicamente mais boring e normais como todos os outros estudantes e os secundários é que parecem um verdadeiro arco-íris. Neste caso o “spot the MC” não iria funcionar. Ponto para o anime

 

  • Isto sou eu a ver a vida lá fora, da janela do meu quarto

Bakuten!! Episódio 1 – Opinião

 

  • E alguém claramente a pedir o jantar

 

  • Nem vou dizer o que isto parece…

 

E já chega! A análise já está com mais de 2 mil palavras, quem diria! A quem me pediu para eu fazer mais análises a animes, está por aqui a acompanhar-me nesta nova aventura? Acusem-se 🙂

Quem é novo, bem-vindo e o que acharam do episódio? Alguma coisa que queiram comentar?

Até para a semana!

 

Artigos Relacionados

Muv-Luv Alternative – Anime revela Vídeo Promocional

Capa Manga Shingeki no Kyojin Volume 34 revelada! – Final

Made In Abyss recebe Jogo RPG de Ação 3D