Cowboy Bebop Live-Action – Ator John Cho Teme Comparações com Anime

“(…) Todos os anseios, planeamento, esforço e tempo investidos a pensar em Spike são agora equiparáveis ao receio que tenho quanto às reações.”

 

A série live-action da Netflix baseada em Cowboy Bebop tem estreia prevista para 19 de novembro e John Cho sabe que há muitas expetativas quanto a quem vai calçar as botas de cowboy espacial. O ator de 49 anos, conhecido por filmes como o reboot da saga Caminho das Estrelas (Stark Trek) e Pesquisa Obsessiva (Searching), falou com E. Alex Jung do site Vulture sobre a sua interpretação do Spike Spiegel e revelou que uma das suas maiores preocupações relativas à produção são as comparações inevitáveis com o anime original de Shinichiro Watanabe.

 

Cowboy Bebop Live-Action – Ator John Cho Teme Comparações com Anime

Cho caraterizado como Spike Spiegel.

 

“Toda esta entrevista é sobre o meu contacto com a loucura. Porém, todos os anseios e o planeamento e o esforço e a quantidade de dias investidos a pensar em Spike são agora equiparáveis ao receio que tenho quanto às reações”, afirmou Cho.

 

Cho sofreu uma lesão durante a filmagem da série na Nova Zelândia e revelou durante a entrevista que se tratou da rotura de um ligamento no joelho. O tempo dedicado à fisioterapia e à recuperação permitiu-lhe imaginar as reações potenciais do público ao seu papel, incluindo a diferença de idades entre ele e a personagem original.

 

“O meu maior medo era o de ser demasiado velho. Eu sabia que haveria questões quanto à minha idade. E tive de vencer isso… Não ia ter o mesmo aspeto que um sujeito de 25 anos. A certa altura, a oportunidade cingiu-se ao “Sim ou não – queres fazê-lo?” E eu queria este papel. Como tal, não ia deixar escapar a oportunidade.”

 

Por outro lado, o ator também se quis certificar que a nova série não era um remake cena-a-cena.

 

“Também considerei que essa seria uma receita para encorajar comparações depreciativas. Como farias uma série melhor? Não podes. Tens de fazer algo um pouco diferente,” disse Cho à Vulture.

 

Ainda que Cho não estivesse familiarizado com a série dos estúdios Sunrise antes de receber uma oferta para o papel, o ator contou que o realizador Aneesh Changany, com quem trabalhou em Pesquisa Obsessiva, o encorajou a aceitá-la. Após ler o guião do primeiro episódio da série da Netflix, Cho interessou-se pelo anime, que descreveu como “magnífico”.

Acrescentou ainda que, antes de aceitar o papel, fez questão de verificar que Yoko Kanno tinha sido incluída no projeto.

“Não achava que a série pudesse avançar sem o seu envolvimento. Ela é essencial neste projeto. A nossa itineração sem ela iria sofrer demasiado.”

 

Capa de Cowboy Bebop: The Comic Series

 

Cho não participa apenas no live-action; os seus rasgos faciais vão ser integrados na personagem de Spike numa futura série de banda-desenhada. Cowboy Bebop: The Comic Series terá início em dezembro deste ano, com direito a múltiplas capas diferentes, estando previsto para maio de 2022 o lançamento da coleção num único volume. O escritor Dan Watters (Lucifer, Deep Roots) e o artista Lamar Mathurin (Gumbo) estão a desenvolver esta adaptação para a Titan Comics.

 

Sean Cummings, um dos guionistas do live-action, está a escrever uma prequela em formato livro com o título Cowboy Bebop: A Syndicate Story: Red Planet Requiem, a lançar em 23 de novembro. A história irá acompanhar as aventuras conjuntas dos jovens Spike e Vicious, embora não se saiba ainda se esta versão irá coincidir com o passado das personagens originais.

 

Fonte: Anime News Network

 

Artigos Relacionados

SEVENTEEN regressam com MV para “Rock With You”

Cotton 100% – Reservas abrem em breve!

Danganronpa Decadence recebe Novo Trailer com Gameplay