Komi-san wa, Comyushou desu. – Primeiras Impressões

Eu sempre dou uma chance às recomendações dos meus amigos, e neste quesito a Raquel raramente me recomenda algo que eu não venha a gostar. Mas com Komi-san foi diferente, ela simplesmente não me recomendou algo que gostei, ela me recomendou algo que amei! O manga de Komi-san tornou-se num dos meus favoritos! Nesta primeiras impressões explicarei o porquê e quais minhas expectativas para o anime.

 

 

Komi-san wa Comyushou desu – Primeiras Impressões.

Comecemos por falar da história! Temos dois personagens principais, e neste primeiro episódio eles são-nos apresentados. Tadano-kun e Komi-san. A história começa logo no primeiro dia de aulas do 1º ano do ensino secundário. O objetivo de Tadano é simples, viver uma vida escolar normal e despercebida. Mas para seu azar, ou sorte, ele conhece Komi-san. No seu primeiro dia de escola Komi ganha logo o posto de beldade da escola: ela é alta, bela, tem postura e olha para todos com um olhar frio e misterioso, para completar o pacote ela é uma rapariga de poucas palavras.

 

 

Tadano tenta falar com ela bem cedinho, ao chegar na escola, mas é ignorado! Depois disso os dois acabam por se sentar um ao lado do outro. Neste ponto toda a turma já venera Komi e inveja Tadano, por estar sentado tão perto dela. O ponto crucial é que Tadano descobre que Komi não é essa pessoa misteriosa por gostar, mas sim por sofrer de um Transtorno de Comunicação Social. Apesar de Komi querer falar, querer interagir com o outro e querer ter muitos amigos, ela não consegue. No momento em que tenta falar algo, por medo, congela, trava ou foge. Diante desta situação, e por ser uma pessoa muito boa, Tadano decide ajudar Komi a conseguir 100 amigos, e aqui começa nossa história.

 

 

Não somente um romcom

Agora que apresentei a base da história quero falar um pouco sobre minha experiência enquanto leitor de Komi-san. O manga é facilmente uma das coisas mais engraçadas que eu já li. As risadas são garantidas, os personagens são únicos e excêntricos o que gera situações únicas. Alguns capítulos, talvez a maior parte deles, centram-se na comédia e até se utiliza da dificuldade de Komi em comunicar-se para gerar as piadas. Porém há outra camada dentro desta história.

 

 

Como o objetivo de Komi é superar a sua dificuldade e fazer 100 amigos, os momentos mais importantes, e cruciais, são voltados nesta superação. Tanto Komi quanto os outros estudantes, cada um tem algo para arrumar ou superar. Tomohito-sensei consegue navegar perfeitamente entre os momentos de drama e comédia, criando uma obra leve, que por diversas vezes salvou o meu final de semana, tanto como uma obra profunda, onde nos identificamos com os personagens e torcemos por eles.

 

 

Komi-san wa, Comyushou desu. – Primeiras Impressões

Minhas expectativas estratosféricas

Komi-san tem que ser 10/10. É inaceitável eles produzirem algo menor que isso! E este primeiro episódio fazme acreditar que estão no caminho certo, por que convenhamos: que episódio lindo! Tudo estava ótimo, banda sonora, animação, efeitos visuais, voice acting! Tudo encaixou-se para trazer a perfeita animação para Komi-san! Meu medo, claro, é que animações assim são caras. São raras as vezes que um estúdio consegue manter o mesmo nível ao longo de todo o anime. Espero sim que eles consigam.

 

 

Houveram algumas pequenas alterações na história, mas todas elas fazem muito sentido para se ter um melhor fluxo de acontecimentos nos episódios. Agora só quero ver o Najima a troçar com todos! E vocês? O que acharam de Komi-san? Já estão a venerar a nossa deusa?

Não deixem de seguir o ptAnime nas redes sociais! E caso queiram ver mais de minhas opiniões é só me seguir no @oladobeto.

 

Artigos Relacionados

Sabikui Bisco Episódio 2 – Opinião

Kimetsu no Yaiba – Anime chegará às Televisões Portuguesas [Rumor]

1 comentário

Carlos Eduardo Veiga 13 Outubro, 2021 - 13:48

Ainda não foi demonstrado no anime, mas um dos pontos principais da história também é o Tadano. Nunca vi um personagem tão gente boa.

Comentar