O potencial perdido de Gleipnir – Análise

Vou confessar: esta não foi uma boa temporada para mim. De todos os animes que eu pretendia assistir acabei podendo focar somente em dois, Listeners, o qual já dei minha opinião final, e Gleipnir. Como um leitor do manga eu tinha certas expectativas, algumas se cumpriram, outras não. Prontos? Então vamos nesta!

 

Key art – Clair, Shuuichi e Erena

 

O potencial perdido de Gleipnir

Nas minhas primeiras impressões deixei claro o facto de que há algum tempo não saia algum anime igual Gleipnir, que entrega de forma gratuita violência, sangue e ecchi, coisas que eram bem normais nos animes mais antigos. De qualquer forma, não é somente disto que Gleipnir é feito, há uma louca e bizarra história por trás dos seus acontecimentos. Este anime realmente tinha chances de ser bom, mas tomou o rumo errado.

Fico impossibilitado de dar minha opinião sincera sem dar alguns spoilers, então prepara-te para receber alguns!

A minha principal crítica ao anime e o porquê dele ter sido desperdiçado foi: terem alteraram o final. Poderiam simplesmente ignorar o último episódio e tudo seria perfeito e fiel ao manga. Não sei por qual motivo, mas decidiram alterar a história, acrescentaram uma luta e mudaram alguns relacionamentos, de forma que não vejo possibilidade de uma segunda temporada fiel ao manga.

 

Erena no passado.

 

Um mundo dado ao caos

Tudo começa quando uma nave alienígena cai na terra. Esta avançada espécie transformou o seu corpo em “dados” e colocou estes dados em moedas. Com a queda da sua nave toda a sua tripulação (as “moedas”) espalhou-se por uma pequena cidade no interior do Japão. Somente um alien sobreviveu, este tomou forma humana e oferece a qualquer um que traga uma das suas moedas a possibilidade de realizar um desejo.

Estas são as regras do jogo. O jogo?  Arrecadar o maior número de moedas possível. Os jogadores? Pessoas que já encontraram pelo menos uma moeda e tiveram os seus corpos mudados. Alguns são monstros, outros têm algum tipo de habilidade especial, mas no final das contas, todos, todos querem as moedas, mesmo que isto signifique alguns sacrifícios. Em Gleipnir é matar ou morrer.

 

Segunda transformação de Shuuichi

 

O potencial perdido

De inicio Gleipnir parece somente isto, mais uma história qualquer para justificar que os seus personagens a se matarem de forma grotesca. Mas não é nada disso, ou não é somente isso. O mistério de como começou toda a caça as moedas é muito mais doida e profunda do que isto. E esta história esta conectada ao passado do personagem principal Shuuichi Kakaya. Este grande mistério ainda está a ser revelado no manga, e na parte em que o anime encerra, não deveria ter sido sequer citado.

Com uma boa animação e um enredo interessante Gleipnir tinha a chance de ganhar mais algumas temporadas e adaptar o manga na sua completude. Não sei se o retorno do anime foi pouco, ou se desde o começo ele foi planejado assim, contudo vejo poucas hipóteses de haver uma segunda temporada fiel ao manga. A morte prematura de um dos personagens e a dissolução da aliança principal diverge totalmente do plot desenvolvido por Takeda-sensei.

 

O que sobrou de Shuuichi

 

O julgamento final

Gleipnir foi sim um bom anime, claro que esta é minha opinião. A luta final, que não existe no manga, foi muito boa, com momentos dignos de Naruto e Bleach. A profundidade que a história tentar trazer acabou por se perder, parte disso é culpa do uso excessivo de ecchi. Mesmo o manga contendo os mesmos momentos, os tipos de médias comportam-se diferente uma da outra, gerando resultados diferentes.

Recomendo Gleipnir se já estás acostumado com outros animes, agora, se nunca assististe a nenhum anime, ou viste poucos, há coisas melhores para ti! E para quem já o viu, quero saber a vossas opiniões! O que acharam? Aguardo ansioso para saber se somente eu fiquei decepcionado.

 

 

Artigos Relacionados

Tsuki ga Michibiku Isekai Douchuu – Novel recebe Anime

Date A Bullet – 2.º Filme Anime revela Trailer

Dr. Ramune Mysterious Disease Specialist – Anime revela Vídeo Promo