Shinigami Bocchan to Kuro Maid – Primeiras impressões

Mal vi o poster de Shinigami Bocchan to Kuro Maid (The Duke of Death and His Maid) soube que era para mim. Achei que a imagem transmitia uma vibe estilo comédia romântica gótica, e só melhora quando me apercebo que o ambiente é vitoriano.

 

 

Shinigami Bocchan to Kuro Maid – Primeiras impressões

A história acompanha um jovem nobre que aos 5 anos foi amaldiçoado por uma bruxa. Segundo as palavras da mesma ele “não poderia amar nem ser amado”, na prática tudo o que ele toca morre.

Hostilizado por todos os amigos e exilado pela família numa quinta longínqua, Bocchan vive a sua solitude com… a sua maid Alice. Amiga de infância do pequeno duque, adora provocá-lo – aka assediá-lo sexualmente – das mais diversas maneiras. Imaginem a tortura de amar e não poder tocar sob constante provocação?

 

 

Tive que me conter imenso para não procurar a manga original e atacá-la desenfreadamente a fim de ler a história. Adorei a premissa e nem a animação em 3D me afastou da série. Após o primeiro episódio continuo a não gostar da animação – preferências pessoais – mas não senti que interferisse em nada na experiência que foi começar esta obra.

 

 

O primeiro episódio é bastante competente em mostrar o que The Duke of Death and His Maid se trata. A história é uma clara comédia romântica entre o Duque e a sua Maid Alice, onde há uma doce afinidade entre eles. Desde início que ele não esconde que é apaixonado por ela e ela, no mínimo, gosta dele. Ainda não está claro o tipo de “gostar”, uma vez que tudo o que ela diz é com o intuito de o provocar, acredito que a série também se irá focar no desvendar da Alice.

Sim porque vamos pensar no seguinte: TUDO o que ele toca morre, e vem uma bela jovem arriscar-se a cuidar de alguém assim? Mais, tentar aproximações bem…próximas sob o risco dele, sem querer, a tocar? Tudo muito estranho e intrigante. Genuinamente não sabemos o que vai na cabeça dela e isso é super interessante!

 

O outro lado da série

Não sei se tiveram curiosidade de pesquisar mais sobre os géneros onde a obra está incluída mas trata-se também de um drama. E não é mentira nenhuma.

Se a primeira parte do episódio me fez rir e aquecer o coraçãozinho, a segunda é um balde de água fria. Uma vontade enorme de abraçar o pequeno duque emerge das entranhas só para apaziguar aquele coraçãozinho bom e ferido. Em suma, não é uma sátira, vamos ver membros da nobreza – e possivelmente a própria família – a desprezá-lo, a afastá-lo, a chamá-lo de monstro. Porque afinal tudo o que ele toca morre e, como é óbvio, isso assusta todos à sua volta.

O maravilhoso será perceber e explorar as personagens que não se afastam dele…

 

 

A animação não é tudo

Sei que parece contraditório vindo de alguém que não gosta de 3D e não assiste a muita coisa por não gostar do ambiente, design, animação. Mas com o tempo – e com exemplos como este – estou a tentar aceitar que há animação boa em 3D e que é uma forma de arte como qualquer outra. Pode não ser a minha preferida mas não precisa de me causar espécie sempre que a vejo.

Está bem animado e não é um CGI mal feito, em boa verdade até acaba por acentar bem tendo em conta o cenário. A coloração está perfeitamente adequada ao ambiente gótico, e a fotografia está claramente acima da média. Como está, na sua maioria, consistente não será mesmo esse o motivo que vos fará não assistir. Além de que, pelo primeiro episódio, banda sonora e o voice acting são pontos muito a favor.

 

 

Shinigami Bocchan to Kuro Maid – Primeiras impressões

Potencial

Em suma, acho que poderá ser uma série que se destacará das demais. A história é original e super intrigante, na realidade não sabemos o que se vai passar. Pouca informação além do “plot” nos é transmitida no primeiro episódio e parece-me que será sempre assim.

Suspeito que a cada episódio teremos muita comédia e um momento de espetar faca no coração, o véu em torno da maldição e da família do Duque parece-me que será levantado muitoooo lentamente. Não acho que seja mau, gosto de séries episódicas e estilo slice of life mas se estiverem à espera de uma série com um pacing mais acelerado e com ação, dúvido muito que o seja.

Eu estou rendida e vocês, pensam em assistir a The Duke of Death and His Maid?

Artigos Relacionados

Kaguya-sama – 3ª Temporada revela Estreia e Teaser

Blue Period Episódios 2 e 3 – Opinião

Mob Psycho 100 – Anime recebe 3ª Temporada