Sushi Factory Lisboa – Visita Gastronómica

Estando eu de férias para a zona mais a sul do país, decidi ir com duas amigas minhas ao tão conhecido Sushi Factory, que fica em Alcântara no Lx Factory, após a recomendação de um familiar. Como já íamos naquele dia a Lisboa (foi um sábado) optamos por conhecer o restaurante.

 

Sushi Factory Lisboa – Informações Gerais

Morada: LX Factory, Rua Rodrigues Faria, 103, Edifício I, Piso 0, Espaço 0.1F, Alcântara, Lisboa
Horário: 12:00 a 15:00, 20:00 a 23:00 (Encerra aos domingos)
Cozinha: Japonesa, Sushi
Custo: Média de 40 euros para 2 pessoas
Rating: 3.5/5 – Trip Advisor e 4/5 – Zomato

 

Sushi Factory Lisboa – Visita Gastronómica

 

 

Primeiro de tudo fizemos reserva no dia anterior, já que o meu familiar havia dito que o local estava sempre cheio e com fila à porta – e no dia foi exatamente o que aconteceu. Marcamos para as 20h30 e tínhamos 15 minutos de tolerância.

Uma vez que o restaurante é sempre tão concorrido, achei que seriam bastante exigentes com estes 15 minutos (visto que chegamos atrasadas porque nos perdemos), mas mesmo chegando quase às 21h tivemos logo uma mesa pronta e passamos à frente das pessoas que estavam na fila. Por isso gente, façam uma reserva. Compensa!

 

 

Após estarmos já bem sentadas, recebemos as ementas para fazer os pedidos. Logo assim de relance vemos que os preços são um pouco mais puxados do que normalmente costumo ver pelo Norte. Não sei se o restaurante era mais caro por ser naquele local ou se é pelos preços na capital serem mais altos. Bom, como não queria pedir cerca de 8 peças de um sushi/sashimi à escolha e pagar mais de 10 euros por isso e ficar esfomeada decidimos ir para o “All You Can Eat” que custava 17,90 euros ao jantar.

 

Isto são 2 “All You Can Eat” e a entrada do menu

 

Tendo em atenção que uma das minhas amigas não tinha provado sushi, a nossa ideia era pedir 1 “All You Can Eat“* e depois dois pratos diferentes para, caso ela não gostasse, pudesse na mesma jantar. Estou eu a falar disto à empregada e a mesma diz-me que “não se pode partilhar comida no restaurante”. E eu fiquei “Não se pode porquê? Quais os motivos para isso?”, ao que a senhora não me soube responder e disse que era assim. Pronto, pedimos assim 2 “All You Can Eat” e um yakisoba de frango para a que não gostava de sushi.

* De salientar que o menu “All You Can Eat” é meio… limitado. Vocês realmente não podem comer tudo aquilo que querem nem sequer escolher o que querem comer. O menu é composto por x peças escolhidas pelo chef, seja com fruta, com molhos, só sashimi… etc, mas vocês não podem escolher (ao menos foi essa a informação que me deram), têm de comer o que vos dão, caso gostem ou não.

 

A única parte boa deste menu (para quem gosta de tudo e come muito) é que vocês podem repetir aquilo 7x. Não sei se são 7x dos mesmos sabores ou de coisas diferentes, fica à escolha do sushiman, logo deve depender para onde ele está virado. Aqui entendi o porquê de “não se poder partilhar”: como se pode repetir tantas vezes, nós as 3 em vez de pedirmos 2 menus deste apenas íamos pedir 1 porque não conseguimos comer tanto assim e o lucro deles seria menor.

 

Yakisoba de Frango

 

Depois de toda a correria e comida pedida conseguimos finalmente apreciar o design do local. Não tinha um “look” muito japonês mas mais de uma fábrica (provavelmente pelo sítio onde está inserido, o Lx Factory). Tínhamos vários kanji nas paredes de um lado e do outro lado víamos os chefs a trabalhar, enquanto que no tecto podia-se ver várias tubagens e um aspeto mais… fabril. Convém relatar que as casas de banho para além de serem mistas não estão em condições que se esperava de um restaurante destes. Mas é só um pormenor.

 

© Lifecooler

 

© Lifecooler

 

Passando agora à comida propriamente dita, só vou poder falar do sushi já que não podia comer o Yakisoba ou corria o risco de me colocarem na rua (estou a brincar). A minha outra amiga, meia nas escondidas, comeu um pouco e disse que estava aprovado. A que não tinha ainda experimentado sushi também gostou.

 

Quanto ao sushi, é isto que tenho a dizer:

Primeiro de tudo, o sushi é bastante bom no seu geral. A primeira vez que o comemos ficamos com a expressão “Uau” na boca. O peixe vê-se que é fresco e a conjugação de molhos combina perfeitamente – aliás, aquela entrada da foto acima era espetacular.

 

 

Em segundo lugar, quem pede este menu escolhido pelo chef tem de ter em atenção que a maioria das peças são de fusão, ou seja, não temos muita escolha de peças mais tradicionais sem a conjugação de diferentes molhos – pelo menos no nosso caso foi assim!

Em terceiro lugar, quem alguma vez decidiu achar bom sushi de fruta? A sério, é horrível a combinação… e os de kiwi e morango que nós as 3 provamos eram igualmente hediondos. Para quem aprecia esta aglutinação provavelmente irá gostar, mas para nós as 3 foi um dos sabores a riscar do menu.

Não vou nem devo falar individualmente do sushi que comi porque tirando os nigiri de salmão e peixe manteiga e o sashimi de salmão, eu não tinha maneira de saber (com total precisão) o que estava realmente a comer, mais molhos e outros acompanhamentos. Mas posso dizer que aprovei todos e eu costumo ser esquisita – o facto de nenhum deles ter pepino também ajudou bastante.

 

 

Por último, eu gosto muito de sashimi e, não sei porquê, não gostei tanto do (único) sashimi de salmão que tínhamos ali. Não me pareceu tão fresco como noutros sítios que já comi. Pode ter sido impressão minha ou da mistura de sabores mas realmente foi essa a impressão que me deixou (Como me esqueci de tirar fotos ao sashimi deixo em baixo uma de um sushi de salmão que gostei bastante).

 

 

Para terminar a refeição decidi escolher o gelado de sésamo (cerca de 3 e tal euros), uma vez que já havia experimentado todas as outras sobremesas noutros locais e estava afim de algo novo. Sobremesa bem escolhida, com um sabor bem leve, não ficou nada atrás da refeição principal. Voltava a repetir e o mesmo disseram as minhas amigas (já que a sobremesa a gente partilhou, eles querendo ou não).

 

 

Tudo isto logrou num preço de 58 euros e alguns cêntimos. Contamos com 2 menus “All You Can Eat“, 1 Yakisoba de Frango, 5 garrafas de água (das pequenas) e 1 sobremesa. A refeição deu cerca de 19 euros a cada uma, sendo que não pedimos entradas e apenas tivemos 1 sobremesa.

É um bom preço-qualidade, não podemos descurar, mas tendo em atenção aos vários restaurantes onde já comi, optaria por ir comer, por exemplo, ao “Subenshi” em Aveiro, que apesar de não ter a modalidade buffet apresenta uma relação qualidade-preço-conforto muito superior.

No entanto, voltaria a repetir, só que não iria comer nada o dia todo para poder aproveitar comer o menu as 7x permitidas!

 

Artigos Relacionados:


Sakura Póvoa De Varzim | Visita Gastronómica

Ramen Break | Visita Gastronómica

Hanami Sushi | Visita Gastronómica

Restaurante Yadoya | Visita Gastronómica


 

Estando eu de férias para a zona mais a sul do país, decidi ir com duas amigas minhas ao tão conhecido Sushi Factory, que fica em Alcântara no Lx Factory, após a recomendação de um familiar. Como já íamos naquele dia a Lisboa (foi um sábado) optamos por conhecer o…
Sushi Factory Lisboa – Visita Gastronómica
Sushi Factory Lisboa – Visita Gastronómica
2017-09-06

Sushi Factory Lisboa

Alimentação - 8
Atendimento - 7.5
Conforto - 7
Relação Qualidade/Preço - 8
76

7.6

Recomenda-se

Pontos Fortes: Relação qualidade-preço; Funcionários muito simpáticos;

Pontos Fracos: Menu "All You Can Eat" apresenta maioritariamente sushi de fusão.
Avaliação dos Leitores do ptAnime: 3.63 ( 2 votos)
8

Artigos Relacionados

Koi to Yobu ni wa Kimochi Warui recebe Vídeo Promocional

BTS conseguem 26ª Vitória para “Dynamite”

NCT combinam 4 músicas no MV para “RESONANCE”