My Neighbor Totoro | Análise

por Renato Sousa
Studio Ghibli - My Neighbor Totoro

My Neighbor Totoro é apenas uma de muitas produções de grande qualidade desenvolvidas por Hayao Miyazaki. Este filme, capaz de proporcionar a qualquer família um excelente serão, destaca-se pela sua simplicidade e criatividade nos mais variados aspetos que, automaticamente, o tornaram um dos maiores sucessos de sempre no Japão.

 

My Neighbor Totoro – A História

Satsuki e Mei Kusakabe acompanham o seu pai naquela que é a mudança da família para uma casa no campo. Ausente desta viagem encontra-se Yasuko, mãe das duas raparigas e mulher de Tatsuo, por estar internada num hospital.

Voltando ao trio Kusakabe, rapidamente percebe que tem muito trabalho pela frente. A nova casa estava abandonada e vai levar tempo até esta readquirir um ar acolhedor e agradável.

Já durante o processo de transformação da habitação, vai chegar aos ouvidos dos Kusakabe que a casa se encontra assombrada. Destemidas e curiosas, as duas raparigas vão investigar a situação. Mei será a primeira a deparar-se com algo paranormal. Em concreto, não com o assombramento falado, mas com a magia e a proteção que paira sobre aquele lugar.

Mas quem são os responsáveis pela aura protetora que envolve a região? Chamam-se Totoros! Também conhecidos como “Espíritos da Floresta”, estes seres cómicos, fofos e peludos apenas podem ser vistos por crianças. São eles que vão acompanhar Satsuki e Mei nas suas aventuras, ao mesmo tempo que lhes vão dar a conhecer algumas maravilhas daquele local.

 

My Neighbor Totoro

 

My Neighbor Totoro – Ambiente e Enredo

Embora este seja o primeiro filme de Hayao Miyazaki que analiso no ptAnime, o dito cujo não foi o primeiro que vi deste realizador. Como tal, posso já adiantar que, à semelhança do que acontece nas suas outras obras, My Neighbor Totoro apresenta um ambiente verdadeiramente magnífico em torno do enredo e das personagens criadas.

Na verdade, são os sons suaves e acolhedores que tornam este filme uma verdadeira melodia. Já as paisagens rurais e as casas típicas destes lugares despertam nos mais velhos a saudade dos tempos antigos, enquanto nos mais novos semeiam o desejo de viver ou passar umas férias numa habitação do género. Por último, de realçar o dote artístico que Miyazaki confere a todas as coisas, a par daquela que é fantástica concepção dos Totoros e da magia que os acompanha.

Como dei a entender na introdução a esta longa-metragem, o segredo para o sucesso de My Neighbor Totoro (mais do que confirmado!) deve-se em grande parte à simplicidade apresentada nos vários parâmetros que constituem a avaliação de um filme. O exemplo mais claro disso é o comportamento das duas protagonistas, Mei e Satsuki. Não as vemos a fazerem coisas extraordinárias, capazes de nos deixarem embasbacados. No entanto, a maneira peculiar com que estas personagens reagem aos estímulos provocados pelos perigos e pelas aventuras de cada dia fazem-nos respirar alegria e boa-disposição. Algo que poucas obras cinematográficas conseguem fazer.

 

My Neighbor Totoro

 

My Neighbor Totoro – Personagens

O número de personagens de My Neighbor Totoro consegue ser mais reduzido que o esperado. A meu ver, apenas duas são dignas de mencionar. Ou melhor, três, pois também quero falar dos Totoros (personagem coletiva). Embora não falem, os Espíritos da Floresta percebem muito bem o que as crianças lhes dizem. É desta forma que fica possível a comunicação entre as duas partes que dá uma outra vida a esta produção.

Olhando agora para Satsuki e Mei, ambas são determinadas, corajosas e aventureiras. Todavia, em termos de coragem, Mei parece levar vantagem sobre a irmã mais velha. Um atributo que advém do facto da sua inocência e inconsciência dos perigos também ser maior.

Destaque ainda para o amor e carinho que une as duas irmãs, assim como a restante família Kusakabe. Um aspeto que se torna mais evidente à medida que o filme avança e uma das razões porque se deve ver My Neighbor Totoro em família.

 

My Neighbor Totoro

 

My Neighbor Totoro – Juízo Final

Prestes a concluir mais uma análise, não me posso ir embora sem antes explicar de forma clara e sucinta o porquê deste filme ser mais apropriado para um serão em família. É muito simples! Enquanto os mais velhos vão divertir-se com os comportamentos e atitudes de Mei e Satsuki, os mais novos vão adorar o ambiente de fantasia criado pelos Totoros na companhia das irmãs Kusakabe. Melhor razão do que esta para verem My Neighbor Totoro não podem encontrar.

Contudo, caso a ideia anterior não vos agrade muito, não descartem este brilharete de Hayao Miyazaki. De nome original “Tonari no Totoro”, podem sempre ver a longa-metragem a sós. Foi assim que eu fiz, uma vez que desconhecia o conteúdo desta produção. No final, fiquei com a sensação de que aquela hora e meia mereceu claramente a minha atenção. Por outras palavras, esta é uma obra que recomendo vivamente a qualquer pessoa.

Sem mais nada a declarar, deixo-vos então com o trailer do filme. Lembro ainda que podem partilhar as vossas opiniões sobre o mesmo na secção de comentários.

 

My Neighbor Totoro – Trailer

 

 

 

0 comentário

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.