Análise The Girl Who Leapt Through Time

por Renato Sousa
The Girl Who Leapt Through Time

Muitas vezes desejamos voltar atrás no tempo por erros que cometemos ou passos que demos em falso. Mas o que aconteceria se tivéssemos essa possibilidade? Esse poder? Iríamos mesmo voltar atrás ou seria isso mais um peso nas nossas costas? A Makoto Konno foi lhe dada concedida essa oportunidade e o resultado está a vista. Conhece The Girl Who Leapt Through Time ao detalhe.

 

The Girl Who Leapt Through Time – História

Makoto Konno é uma rapariga de 17 anos que leva a típica vida de estudante. Ir às aulas e passar os tempos livres a jogar basebol com Chiaki Mamiya e Kousuke Tsuda. Contudo, certo dia a rapariga entra em contato com um misterioso objeto, presente num dos laboratórios da escola. Apesar de não ter consequências imediatas, este estranho artefato irá mudar a vida da jovem nas horas seguintes.

Makoto só irá mesmo aperceber-se do que lhe aconteceu no regresso a casa depois das aulas. Um percurso que envolve a passagem por uma linha de comboio. Ao ganhar balanço na descida que antecede a passagem de nível, e ao aperceber-se tarde demais que os travões da sua bicicleta não estão a funcionar, Makoto perde a vida ao entrar em choque com o comboio que ali passava naquele momento a grande velocidade.

No entanto, para surpresa de todos, a rapariga sobrevive, reaparecendo horas antes do acidente acontecer. O que aconteceu foi que a jovem ganhou a habilidade de retroceder no tempo, graças ao objeto que estava no laboratório da escola.

Apercebendo-se do poder que detém e do que pode fazer com ele, a rapariga começa a usa-lo para sua própria conveniência. Primeiro para voltar a evitar acidentes como o que teve. Depois para ter boas notas nos testes, e até mesmo para evitar receber declarações de amor por parte do seu amigo Chiaki.

O problema de toda esta situação é que os saltos no tempo são limitados. Logo, todas as correções que a jovem faz na sua vida influenciam os acontecimentos de todas as outras vidas. Umas de maneira positiva, outras de forma negativa. Neste último caso, as coisas podem ficar feias e será isto que irá trazer a rapariga de volta à “realidade”.

Assim, Makoto irá tentar recompor tudo aquilo que alterou. Porém, são poucos os saltos no tempo que lhe restam. Perante esta situação, que decisões irá a jovem tomar? Como irá reagir? Será que ainda vai a tempo?

 

The Girl Who Leapt Through Time

 

Ambiente e Enredo

The Girl Who Leapt Through Time, de Mamoru Hosoda, passa-se num ambiente juvenil, com a escola que as personagens frequentam sempre presente, juntamente com os campos de basebol onde Makoto, Chiaki e Kousuke passam as horas pós-escola. As restantes cenas decorrem em lugares como : a casa de Makoto, onde ficamos a conhecer alguns dos seus familiares, mas aos quais é dada pouca importância; no atelier da sua tia, Kazuko Yoshiyama, onde é explicado à rapariga o poder que esta tem e como esta o deve encarar; e, por fim, nas ruas da cidade, onde temos as várias situações com a passagem do comboio e não só.

Durante a visualização de The Girl Who Leapt Through Time presenciamos cenas de todos os géneros e feitios, típicas da classe etária na qual o filme é focado. Refiro-me às aulas na escola, aos passatempos e aventuras perigosas que às vezes se vivem nos recreios destas instituições, às declarações de amor nestas idades e aos convívios extra-escola.

Enfim, peripécias que ninguém vai querer perder.

 

The Girl Who Leapt Through Time

 

The Girl Who Leapt Through Time – Personagens

A este nível vou falar um bocadinho de outras personagens para lá da principal. Começo então por Miyuki Konno, a irmã mais nova de Makoto. Sem um papel preponderante na história, esta aparece em várias peripécias por partilhar o quarto com Makoto.

Temos também Kousuke e Chiaki. Este segundo vem do futuro e tem um forte sentimento pela nossa “heroína”. Só mais para o final do filme é que iremos perceber os mistérios que este jovem transporta. Ambos completam o triângulo principal do filme. São aquilo a que chamamos “os melhores amigos”.

Por fim, uma breve referência a Kaho Fujitani, rapariga que ficou apaixonada por Kousuke depois de ouvir a sua avó, e Yuri Hayakawa, outra grande amiga de Makoto com quem esta vai ter algumas conversas interessantes.

 

Juízo Final

Ao concluir esta análise, não posso deixar de elogiar esta longa metragem animada. The Girl Who Leapt Through Time é, sem dúvida, um bom filme, destinado ao público em geral. Lá por se passar num ambiente mais adolescente não caiam no erro de pensar que é apenas destinado a eles. Para quem não sabe, em 2007 este filme ganhou vários prémios, incluindo “Filme do Ano” em vários eventos de renome.

Após a sua visualização, certamente que vão olhar para o tempo de maneira diferente e encontrar resposta para as perguntas com que iniciei este artigo. Uma coisa é certa, o tempo não espera por ninguém.

Já alguma vez viram The Girl Who Leapt Through Time? Vão considerar ver depois desta análise?

 

 

 

0 comentário

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.