Anime está a perder a Essência Original? | Yutaka Yamamoto

por João Simões
Anime está a perder a Essência Original

Yutaka “Yamakan” Yamamoto (realizador de Fractale, SenyūWake Up, Girls!) criou um “burburinho”, em julho de 2016 num evento em Osaka, quando afirmou que o “anime está morto”. Yamakan foi influenciado por Toshio “Otaking” Okada (ex-trabalhador da Gainax e atual comentador cultural) que tinha afirmado, não muito antes, que a cultura otaku estava a morrer. De modo a esclarecer as duas afirmações bastante controversas, Yamakan e Otaking juntaram-se para conversar e explicar o assunto.

Otaking com a afirmação quis dizer que o contraste entre as gerações de Otakus (fãs ávidos da cultura popular) está a criar quebras na mentalidade que tornava esta subcultura algo diferente, enquanto que Yamakan, com a sua afirmação, quis afirmar algo bem mais pessoal do que algo objetivo. Ou seja, para ele, a essência do anime está a mover-se na direção oposta daquilo que ele pretende fazer.

Considera que, por exemplo, as linhas que definem o moe parecem estar escritas de uma forma padronizada, mas ele prefere fazê-lo à maneira dele, mostrar qual é a visão dele de moe. Porém, sempre que o faz, é criticado por o fazer, e por isso afirma que não se consegue encaixar nos tempos modernos.

 

yamakan-e-otaking-conversa

 

Otaking perguntou de seguida se Yamakan considera que o tipo de anime que o fez querer trabalhar na indústria desapareceu. Yamakan concordou inteiramente e considera que o fim dessa era foi marcada pela reforma de Hayao Miyazaki. Ainda assim, afirma que quando viu o filme Kimi no Na wa sentiu esperança, que o levou a sentir-se menos sozinho na indústria, como se alguém ainda partilhasse da mesma visão que ele. Contudo lamenta a ausência da essência de títulos como Nausicaa e Neon Genesis Evangelion.

Por outro lado, não abandonou a conversa sem mostrar o quanto valoriza o crescimento da vontade de criar anime especificamente para agradar um público que não seja fã de anime. Existem muitos tipos de pessoas que se afastam do estereótipo de Otaku, e filmes como: Godzilla Resurgence, Kimi no Na wa, Kono Sekai no Katasumi ni (In This Corner of the World)Zootopia conseguem servir de “porta entrada” para o mundo da animação e da cultura otaku.

 

Vê aqui a opinião de Hideaki Anno sobre o assunto:

 


Hideaki Anno prevê morte do Anime


 

 

Fonte: Anime News Network

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.