As vozes Japonesas de Wild Rift – O League of Legends para Smartphones

por Daniel Silva
Wild Rift - O League of Legends para Smartphones

A dobragem japonesa já está presente no universo de League of Legends desde 2016, ano em que a Riot abriu portas aos jogadores do país do sol nascente. Ainda assim, se alguém fora do Japão quiser jogar com as vozes japonesas terá de se ligar ao servidor japonês através de meios não oficiais e provavelmente terá de lidar com elevados níveis de latência.

O lançamento do Wild Rift veio colmatar esta falha e disponibiliza a opção de mudar as vozes para várias dobragens, onde a japonesa está incluída. Já conheces os famosos e familaires seiyuu que dão voz aos Champions?

 

As vozes Japonesas de Wild Rift

 

Wild Rift – O League of Legends para Smartphones

Se antes do lançamento de Wild Rift a Riot Games já reunia mais de 100 milhões de utilizadores activos por mês, com o lançamento da versão para telemóveis de um dos jogos mais populares na actualidade em todo o mundo, o estúdio pretende crescer ainda mais. Lançado em 2020 na maior parte dos países, a ideia do novo jogo, disponível para iOS e Android, vai além de simplesmente expandir a sua base de utilizadores e atingir novos jogadores.

A ideia é também ampliar a presença dentro da comunidade nos momentos em que os jogadores não estejam com seu computador disponível. Segundo o produtor executivo do jogo, Michael Chow, o objectivo principal dos criadores de League of Legends Wild Rift é levar o jogo para mais partes do dia, disponibilizando a possibilidade a qualquer um de jogar em qualquer momento e em qualquer lugar.

Apesar do título diferente, de se tratar de uma versão mais simples do jogo e de outro sistema de controle, a maioria dos elementos chave que tornaram League of Legends uma febre na comunidade gamer de todo o Mundo, estão presentes também em Wild Rift.

Wild Rift - O League of Legends para Smartphones

Wild Rift – O League of Legends para Smartphones

 

Como fazer o download do League of Legends: Wild Rift

Antes de fazeres download do jogo, é sempre bom verificar se a tua máquina tem os requisitos mínimos de configuração de hardware para conseguires jogar. São eles Android:

  • Sistema Operacional Android 5 ou superior
  • Processador Quadcore de 1,5 GHZ de 32 ou 64 bits
  • Placa de Vídeo Mali -T860
  • Memória RAM de 2 GB

iOS:

  • Sistema operacional iOS10 ou posterior
  • Processador Dual-Core de 1,4 GHZ (Apple A8)
  • Placa de Vídeo PowerBR GX6450
  • Memória RAM de 1 GB

Se o teu dispositivo móvel possui configurações iguais ou superiores a estas, o próximo passo é ires à Google Play Store ou à Apple Store e procurar por League of Legends ou Wild Rift. Ao aparecer a opção de League of Legends: Wild Rift é só prosseguir com o procedimento comum de instalação de aplicações.

 

League of Legends: Wild Rift – Detalhes sobre este incrível jogo

Wild Rift é a versão do League of Legends acessível para todos. Não importa se nunca jogaste ou se és um veterano ainda céptico com esta versão mobile. Tradicionalmente, League of Legends para PC é incrivelmente denso e competitivo, e conhecido por inspirar os jogadores a lutarem para subir na classificação, ou até mesmo a assistir os melhores jogadores competirem em torneios de eSports nos quais é possível até mesmo efectuar eSports bets online em sites como o da líder de mercado Betway.

Como a maioria já sabe, os jogadores que clicam em play escolhem e desempenham diferentes funções. Em seguida, as duas equipes lutam num confronto 5v5, com o objectivo final de destruir a base inimiga. Em uma comparação com o futebol, diferentes funções assumem posições diferentes no campo. Wild Rift é o mesmo jogo, mas redesenhado para dispositivos móveis. Essa é uma definição simplificada, mas adaptar um jogo tão complexo para jogar bem em telemóveis não é fácil. A primeira coisa que Wild Rift faz bem é contornar uma das partes mais intimidantes de League no PC, permitindo que saibas o que teu personagem faz, para onde ele vai e, o mais importante, por que estás indo para lá, por meio de instruções no ecrã e setas indicativas.

Para moveres o teu Champion utilizas o polegar esquerdo, que simula um botão analógico (joystick). O polegar direito é usado para executar habilidades, desde disparar lasers gigantes a uma chuva de balas. O polegar direito também controla os ataques padrão do Champion. As estratégias parecem quase as mesmas, embora existam diferenças entre o League of Legends para PC e o Wild Rift móvel e, por isso, certos hábitos da versão para PC estão ausentes na versão mobile. O Wild Rift tanto é uma boa opção para novos fãs, como para os jogadores que gostam da versão para PC. O principal lado positivo é que Wild Rift é muito mais acessível do que League of Legends. Wild Rift é interessante, divertido e uma óptima alternativa para quem se intimida com a versão PC de League of Legends.

Mais do que isso, é realmente bom e é sempre interessante até para jogadores tradicionais ter uma nova versão móvel de seu jogo favorito disponível para jogar na cama, na casa de banho e noutros lugares além do PC.

 

Se és fã de League of Legends, aconselho-te a seguinte leitura:

League of Legends Spirit Blossom – Entrevista aos Criadores

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.