ATEEZ Portugal – Entrevista com a Administradora do Grupo

por Usagi Wright
Ateez Portugal - entrevista com a administradora do grupo

O ptAnime entrou em contacto com a administradora do grupo de fãs “ATEEZ Portugal”, Andreia Durão. Após o convite feito, que ela prontamente aceitou, foi realizada uma conversa informal para entendermos melhor o panorama do mundo da música pop sul-coreana e da vinda deste grupo de K-pop a Lisboa.

Não esquecendo que o grupo ATEEZ vem a Lisboa no dia 5 de Abril de 2019 e os fãs não podiam estar mais entusiasmados com a notícia!

 


Ver também: Quem são os ATEEZ em KPOP? – Get To Know


 

 

ATEEZ Portugal – Entrevista com a Administradora do Grupo

quem sao os ateez em kpop 1

 

ptAnime: Em nome da equipa do ptAnime, gostava de te agradecer pela disponibilidade e por aceitares o nosso convite.
Para começar, vou fazer aquela pergunta básica que já deves ter ouvido imensas vezes: há quanto tempo ouves K-Pop e quais foram os grupos que te introduziram neste universo?

Andreia Durão: Primeiro de tudo agradeço a oportunidade. Ouço K-pop desde 2012, os primeiros grupos? SHINee e Super Junior.

 

ptAnime: Como achas que o K-pop está a ser recebido em Portugal? Consideras que se trate algo de nicho ou que está a ganhar grandes adeptos?

Andreia Durão: Neste momento acho que o K-pop em Portugal está a ganhar dimensão, cada vez é mais normal ver k-poppers por aí. Por isso acredito que apesar de ainda muita gente olhar de lado quando dizemos “Ouço K-pop”, está a ser recebido muito bem.

 

ptAnime: A teu ver, quais são os grupos com mais impacto cá em Portugal? Existe uma tendência para o público luso gostar dos mesmos grupos ou este tem um reportório mais amplo?

Andreia Durão: Tem-se visto uma tendência para determinados grupos sim, BTS, Blackpink, Twice e EXO também. São os que se vê que tem mais fãs cá em Portugal. Sinto que as pessoas têm receio de apostar em grupos de companhias mais pequenas, ou grupos que não andem tanto pelas bocas do mundo.

 

MV “Say My Name” – ATEEZ

 

ptAnime: É fácil encontrar produtos ligados a K-Pop no nosso país ou a variedade ainda é muito limitada? Algo que consegui constatar é que muitos dos álbuns que os fãs encomendam vêm sempre de fora. Existe algum motivo para tal?

Andreia Durão: Agora já existe muita mais facilidade para comprar produtos e álbuns, a Fnac vende, a preços exorbitantes já agora. Existem também grupos que ajudam e fazem group orders para facilitar. Mas sim, ou por group orders ou de fora continua a ser a forma mais barata, visto que lojas físicas abusam um bocado.

 

ptAnime: Por algum motivo grupos muito famosos dão pouca importância à Europa. Porém existem grupos como os ATEEZ que fazem questão de cá vir. Porque achas que isto ocorre?

Andreia Durão: Talvez tenham receio de não haver muita adesão. Se bem que nos últimos tempos a quantidade de concertos de K-pop cá na Europa esteja até a começar um bocado demais. Cada vez se vê mais e mais empresas a apostarem na Europa, nós agradecemos, era bom é que fossem com alguns meses entre cada tour e não tudo na mesma altura ahah.

 

ptAnime: Falando agora do que verdadeiramente interessa: Como conheceste os ATEEZ? Por indicação de alguém ou descobriste por acaso?

Andreia Durão: Bem, conheci por acaso mesmo, a passear pelo Youtube, sou uma pessoa interessada por dança e por isso foi-me sugerido um vídeo de uns tais KQ Fellaz (agora Ateez) e a curiosidade foi mais forte e decidi ver… Daí para a frente é história.

 

ATEEZ The Expedition Tour em Lisboa - Abril 2019

 

ptAnime: O que te faz gostar tanto dos ATEEZ em particular? Têm algum diferencial dos outros grupos?

Andreia Durão: Ui, agora aquela questão da qual poderia escrever uns quantos parágrafos. Tentando resumir muito? O que me encantou primeiro foi a dança mesmo, mais talvez o carisma, a forma como se apresentam e também a qualidade vocal. Todas as músicas deles são maravilhosas, existe música para cada mood.

 

ptAnime: Qual a tua opinião sobre a empresa (My Music taste) que vai organizar o concerto, tendo em atenção o que já ocorreu noutros concertos?

Andreia Durão: Em relação à MMT, é uma empresa que traz bastantes grupos à Europa (e não só), infelizmente sinto que existe talvez uma organização apressada pela parte deles. Não tenho muito a dizer mesmo ahah

 

ptAnime: Para concluir, o que dirias aos nossos leitores que têm algum tipo de preconceito em relação ao K-Pop ou que não conhecem o género de todo? O que achas que é tão fascinante neste mundo?

Andreia Durão: K-pop é um escape. Temos muita dança, música e sim, diferente. Não entendo o porque de haver preconceito. Música é universal, música é uma das melhores criações do ser humano, por isso para quê julgar os outros só porque ouvem música numa “língua estranha”? Música não tem língua. Quem não conhece, talvez devessem experimentar.

 

MV “HALA HALA” – ATEEZ

 

ptAnime: Últimas palavras sobre os ATEEZ virem a Portugal?

Andreia Durão: Ainda não estou bem a acreditar que realmente vai acontecer. Espero que eles amem Portugal e os portugueses e que o concerto seja top. Os portugueses são conhecidos lá fora por conseguirmos proporcionar momentos inesquecíveis e também por sermos muito barulhentos (pela positiva). Um sonho tornado realidade!

Obrigada mais uma vez 😊

 


 

Para quem não conhecia, ficaram curiosos com este grupo? Para quem já é fã, aproveitamos para informar que no grupo ATEEZ Portugal foi criado um projeto para juntar mensagens para os membros, as quais serão entregues no concerto em abril. Para participarem do mesmo, cliquem AQUI.

 

Convidamos ainda todos os ATINYs portugueses a juntarem-se ao grupo de fãs no facebook para que possam saber todas as novidades, demonstrarem amor pelos membros e ainda participarem nos vários projetos! É só clicarem aqui para acederem ao mesmo.

 

Agradecemos à administradora Andreia Durão pela entrevista e também por todo o apoio e ajuda!

 


Artigos relacionados

Quem são os ATEEZ em KPOP? – Get To Know

ATEEZ The Expedition Tour em Lisboa – Abril 2019


 

 

0 comentário

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.