Bang Shi Hyuk fala sobre Grupos e Motivação para Mudança

por Baltas

O CEO da Big Hit Entertainment Bang Shi Hyuk fez um discurso na sua alma mater, a Universidade Nacional de Seul.

A 26 de fevereiro, o Bang Shi Hyuk esteve presente na 73º graduação da Universidade Nacional de Seul e falou sobre a fonte do seu sucesso. O CEO, que se graduou em estética na prestigiada universidade, foi pessoalmente convidado pelo presidente da universidade para ser o orador de início do evento.

 

Bang Shi Hyuk fala sobre Grupos e Motivação para Mudança

TXT 22nd fev imagem soompi

 

Durante o discurso, Bang Shi Hyul disse: “Pensei muito antes de estar aqui hoje. Já me tornei parte da geração mais velha e as coisas que eu possa dizer podem parecer palavras aborrecidas de um velho e num sentido negativo, pode ser visto como eu a gabar-me que os BTS tiveram sucesso. No entanto, não é verdade que a Big Hit Entertainment e os BTS são grandes hoje? Então quero gabar-me um pouco e falar da minha jornada numa altura em que coincide com um ponto na vossa vida.

Ele, mais à frente, disse: “Os BTS ganharam Top Social Artist por dois anos consecutivos nos Billboard Music Awards e esgotaram um concerto no New York City Field que tem 40.000 lugares. Apenas há 2 semanas atrás, eles estabeleceram um recorde de “primeiros” após serem convidados para os Grammy Awards como apresentadores e estão a ser chamados os Beatles da geração do YouTube. Muita gente também tomou interesse no grupo novato Tomorrow by Together (TXT) mesmo ainda antes da estreia oficial. A nossa agência está a crescer como um ícone de inovação na indústria e como uma empresa unicórnio.”“Uma “empresa unicórnio” é uma empresa startup gerida privadamente, avaliada em 1 mil milhão de dólares.

Bang Shi Huyk depois apontou para a raiva como uma fonte da sua energia. Ele descreveu as muitas dificuldades que os seus colegas ainda enfrentam na indústria da música, assim como práticas de troca injustas, distribuição injusta de conteúdo e ser subvalorizado na sociedade e ainda deu voz à sua frustração perante a forma como os fãs de ídolos são infundadamente criticados e menosprezados por gostar de conteúdo K-Pop.

 

 

Ele explicou: “Eu não sou um revolucionário. No entanto, eu não posso ficar indiferente à irracionalidade e insensatez na indústria da música. Ignorar e deixar-se ficar não são as minhas formas de vida. Não é porque tenho um grande sonho ou uma grande ideia para o futuro. É porque está à minha frente e sinto que isso é injusto. Agora, sinto que a raiva tornou-se no meu chamamento. Fico chateado para que os trabalhadores na indústria da música possam receber uma avaliação justa e tratamento justo, ficar chateado sobre criticismo infundado e menosprezo dos artistas e fãs e lutar para que o que acho que seja senso comum, seja realizado, são as minhas maneiras de mostrar cortesia à música que amei e com quem estive toda a minha vida. O meu respeito e gratidão para com os fãs e artistas e a final e única forma de ser feliz.

Explicou ainda: “Eu sou uma pessoa que se chateia muito. Ao olhar para trás para a minha vida até ao ponto onde a Big Hit de hoje possa existir, a imagem clara que eu tenho é que eu era o “Bang Shi Hyuk zangado”. Eu ficava chateado com a atitude de facilitismo e de trabalhar só o suficiente e vivia todos os dias como se fossem os últimos, sem o compromisso devido ao meu chamamento de fazer o melhor conteúdo possível. Fui assim sempre desde que nasci mas também porque não poderia trair a promessa que fiz aos fãs que se sentia curados e movidos pela música.

 

 

Ele acrescentou: “Irracionalidade e insensatez incontável vai existir na vossa jornada futura, não interessa qual o caminho que escolham para entrar na sociedade. O que farão quando essa irracionalidade e insensatez tiverem um efeito nocivo nos vossos esforços enquanto procuram a felicidade? Eu peço-vos para ficarem zangados e encará-los como a “materialização da raiva” Bang Shi Hyuk. Apenas aí o problema estará resolvido. Apenas aí a sociedade irá mudar. Espero que se lembrem que tudo depende de vocês. Não acho que seja uma má ideia ser lutador de coisas pequenas, do dia a dia.

O CEO concluiu: “Quero congratular-vos mais uma vez por concluírem com sucesso a universidade, o que é uma coisa muito importante na vida de uma pessoa. Espero também que todos vivam bem e felizes através dos próximos passos que irão começar agora, para que possam tornar-se alguém que depois consigam dizer “Vivi uma vida boa”, 10 ou 20 anos depois. Eu espero que a minha lápide dig:, “Materialização da raiva Bang Shi Hyuk viveu feliz antes de morrer”. Vou viver com emoção enquanto vivencio momentos pequenos de felicidade todos os dias até ao dia em que o senso comum e o conteúdo musical recebam uma avaliação justa.

 

>> Para mais notícias sobre K-pop, clica AQUI!

 


Artigos relacionados

K-Pop – O Melhor do Mês de Fevereiro 2019

Grupos Vencedores nos Japan Gold Disc Awards 2019

WJSN agradecem aos Fãs e falam do 3º Aniversário de Debut


 

 

Fonte: Soompi

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.