BEASTARS – Manga aproxima-se do Clímax

por Afonso Castro
BEASTARS - Manga aproxima-se do Clímax

Esta quinta-feira (6 de agosto, 2020), foi revelado na 36.ª e 37.ª publicação combinada da revista Weekly Shounen Champion, da Akita Shoten, que o manga de Paru Itagaki, BEASTARS, está “quase quase no seu clímax”.

 

BEASTARS – Manga aproxima-se do Clímax

 

Itagaki lançou o manga na Weekly Shounen Champion, em setembro 2016. A Akita Shoten lançou o 20º volume (imagem acima) a 6 de agosto. A autora já havia revelado que o fim estava à vista no passado mês de janeiro.

 


A Viz Media está a lançar o manga em inglês e “descreve a história” da seguinte forma:

Num liceu onde os estudantes são literalmente divididos entre predadores e presas, são as relações pessoais que mantém a frágil paz. Quem entre eles será uma BEASTAR – um papel académico e social destinado a tornar-se um líder numa sociedade naturalmente repleta de desconfiança?

Na noite passada na Cherryton Academy, um estudante herbívoro foi morto e comido. Entre os membros do clube de teatro, os herbívoros viram naturalmente a sua suspeição para os seus colegas carnívoros… O principal suspeito? Legosi, um grande lobo. Mas ele não faria mal a uma mosca – ou faria? E fará a coelha anã Haru com que a besta interior saia de dentro dele? Ou serão os sentimentos dele por ela… outra coisa?

 

 

O manga inspirou uma série anime de 12 episódios que estreou em outubro 2019. Assim que terminou, uma segunda temporada foi confirmada, a qual tem estreia prevista para janeiro 2021.

Para além disso, a NETFLIX está a disponibilizar o anime na sua plataforma, tendo adicionado a primeira temporada a 13 de março.

 


Se estiverem interessados em adquirir os volumes do manga (em Inglês)…

Contactem-nos através do Facebook da Loja ptAnime ou geral@loja-ptanime.com!

Keisuke e Paru Itagaki são Pai e Filha

BEASTARS – Capa Volume #1


 

Artigos Relacionados:

 

Fonte: Anime News Network 

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.