Billboard anuncia Novas Regras das Tabelas Musicais

por Baltas
Billboard anuncia Novas Regras das Tabelas Musicais

A Billboard anuncia novas regras das suas tabelas musicais que poderão, supostamente, influenciar os resultados de grupos e/ou artistas K-Pop daqui em diante.

 

Billboard anuncia Novas Regras das Tabelas Musicais

logótipo Billboard

 

A Billboard anunciou novas regras para as suas tabelas Billboard 200 e ainda a Hot 100, como parte de um esforço decorrente de assegurar rankings justos que “reflitam com precisão o interesse dos consumidores“.

Estas mudanças são as mais recentes numa série de regras que foram implementadas para retificar vendas para a Billboard Charts, especificamente quando a bundles (conjuntos). A Billboard define “bundles” como vendas digitais que são agregadas às vendas de álbuns físicos e álbuns que estão agrupados com bilhetes de concertos e/ou merchandising.

O primeiro conjunto de regras, implemento em janeiro de 2020, permitiu que os bundles contassem para as tabelas de músicas e álbuns da Billboard, desde que cumprissem as restrições da Billboard.

Podem ver um exemplo de um bundle abaixo:

 

As novas regras são as seguintes:

  • Merchandising e bilhetes terão de ser promovidos como extras para os álbuns em que estão agrupados. Caso contrário, a venda do álbum nesse bundle não contará para as tabelas;
  • Se os bundles têm um preço único, significando que os custos individuais do álbum, merchandising e bilhetes são desvendados, as vendas não contarão. Se os álbuns têm preços separados dentro do bundle, as vendas contarão;
  • Vendas de álbuns físicos e singles que estejam em bundles com downloads digitais não contarão como vendas digitais para as tabelas de músicas/álbuns digitais.

 

Podem questionar como é que isto afetará o K-Pop.

Uma vez que a Billboard ainda não anunciou a data de início para as suas novas regras, as restrições poderão afetar qualquer grupo que faça lançamentos dos anteriormente mencionados bundles (como são definidos pela Billboard) após as novas regras sejam implementadas.

 

 

Devido a muitos álbuns de K-Pop terem photocards, photobooks e outros bónus, alguns fãs expressaram algumas preocupações por causa das mudanças. No entanto, estes itens são incluídos num álbum como extras. Bundles de merchandising e bilhetes são essencialmente o contrário. Eles incluem um álbum como bónus para o tal merchandising/bilhetes.

 

BTS - EP "Map of the Soul: 7" Análise K-Pop

 

O que isto quer dizer é que basicamente os álbuns de K-Pop não serão afetados.

Alguns álbuns de K-Pop contêm downloads digitais. Anteriormente, álbuns físicos que tinham downloads digitais como bónus contavam para vendas digitais na primeira semana mesmo se os álbuns físicos ainda não tivessem sido enviados até posteriormente.

No que toca a vendas de álbuns físicas, os artistas K-Pop têm uma vantagem relativamente a muitos artistas ocidentais. No ocidente, bundles digitais têm compensado cada vez mais o decréscimo de vendas de álbuns físicos.

No entanto, as vendas de álbuns físicos de música K-Pop estão em ascensão, querendo isto dizer que as classificações de grupos K-Pop serão (provavelmente) menos afetadas pelas mudanças da Billboard.

 

>> Para mais notícias sobre K-pop, clica AQUI!

 

Para saberes todos os Comebacks de Julho de 2020, clica AQUI! <<

 


Artigos relacionados:

BLACKPINK estreiam-se no Top 40 da Hot 100 da Billboard

TWICE estreiam na Billboard 200 com “MORE & MORE”

Suga dos BTS estreia-se na Billboard com “Daechwita”


 

Fonte: Koreaboo

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.