Bleach Capítulo 682 | Manga

por João Simões
Bleach Capítulo 682
Bleach Capítulo 682 - "The Two Sided World End"   Antes de começar tenho que retificar algo que disse na análise ao capítulo 681. Afirmei que o facto de Yhwach não roubar os poderes ao Ishida foi mera conveniência e despersonalização pelo bem da narrativa, porém isto não é verdade. Quando…

Bleach Capítulo 682 | Manga

Progressão Narrativa - 8.5
Personagens - 7.8
Arte ou Visual - 8
Consistência Geral - 7.8

8

Muito Bom

Pontos Fracos: -- --

Pontos Fortes: -- --

Avaliação dos Leitores do ptAnime: 4.85 ( 1 votos)
8

Bleach Capítulo 682 – “The Two Sided World End”

 

Antes de começar tenho que retificar algo que disse na análise ao capítulo 681. Afirmei que o facto de Yhwach não roubar os poderes ao Ishida foi mera conveniência e despersonalização pelo bem da narrativa, porém isto não é verdade.

Quando foi abordado o genocídio de Yhwach relativamente a todos os Quincys que não eram de sangue puro, foi explicado que Ishida foi o único a escapar ao Auswahlen, sendo que nesta conversa Yhwach considerou Ishida um Quincy superior a ele mesmo, daí este último também ter recebido a letra ‘A’.

 

Bleach 681 Ishida

 

Este foi sem dúvida um capítulo bem mais progressivo e preenchido que os últimos. Mas lá está, a qualidade de Bleach é diretamente proporcional à ausência de Ichigo. “The Two Sided World End” dá-nos três partes de progressão narrativa, uns melhores que outros, é certo, mas todos relevantes e até agradáveis de ver.

 

Bleach 682

 

Em primeiro lugar e menos importante: Ichigo e Renji. Estes dois, para já, foram os únicos a atravessar o portal para a Soul Society. Pelo caminho têm uma conversa sobre os eventos passados, a forma como Ichigo ajudou a fortalecer a ligação de Renji com Rukia e muito mais. O mais cativante daqui foi poder ver Renji a admitir todo o respeito que nutre por Ichigo e o quão disposto está a dar a vida por ele.

 

Bleach 682 Renji

 

Em segundo lugar e talvez o ponto mais importante de um ponto de vista narrativo: Ishida. Finalmente Ryuuken e Isshin chegam ao local de batalha. Por enquanto a sua função neste enredo foi passar um item a Ishida. Mas este objeto é muito mais que um simples objeto, tanto seja pelo seu poder físico, como pelo seu simbolismo emocional.

Esta cabeça de flecha foi forjada com o mesmo material que é utilizado para matar os Quincys quando o Auswahlen é efectuado, tornando-o na peça essencial para derrotar Yhwach. Isto dá origem a um dos melhores momentos de Bleach no que diz respeito a estas duas personagens, e que sinto que vai passar despercebido. A mãe de Ishida não era uma Quincy de sangue puro, logo a vida dela foi levada no genocídio. Quando Ryuuken diz que ele mesmo colectou a prata de um Quincy, está a dizer que dissecou a própria mulher para criar uma arma capaz de derrotar o homem que a matou.

Isto liga-nos ao passado de Ishida concluindo um aspeto muito importante: este tinha a triste memória de encontrar o próprio pai a abrir o cadáver da mãe. Tal levou-o a odiar as ações do pai, fazendo com que deixa-se de seguir com o seu sonho: tornar-se cirurgião.

 

Bleach 682 Familia Ishida

 

Por fim, é interessante ver como a magia de Aizen funciona dentro e fora dos painéis da manga de Kubo. É incrível ver que sempre que a personagem nos dá as graças da sua presença, Bleach torna-se instantaneamente bom de novo. E não só, por momentos faz-nos esquecer os erros cometidos até este ponto. Faz-nos até considerar que esses mesmos erros até não foram maus se nos levam até aos momentos deste calibre.

 

Bleach 682 Aizen

 

Por muitos problemas que a personagem de Yhwach tenha na sua caracterização, o seu poder foi sempre uma construção gradual. Ele lutou contra os melhores, superou-os e, na sua maioria, de forma bem justificada. Foi subindo a escada do poder até níveis nunca antes vistos em Bleach, apresentando habilidades complexas de serem derrotadas. Toda esta progressão deu a Yhwach um lugar que quando colocado frente a frente com Aizen nos faz esquecer como pestanejar os olhos. Os dois maiores vilões de Bleach frente a frente, finalmente. A construção visual por si só chegou para encher as medidas e, ainda assim, o diálogo não ficou nada atrás. Na presença do senhor Aizen toda gente tem palavras interessantes na boca.

 

Bleach 682 Aizen Yhwach

 

Aizen agora está livre da cadeira-san e pronto para defender o seu estatuto, que por consequência coincide com a defesa da Soul Society. Espero que daqui surja uma batalha entre estes dois monstros e que Aizen não sirva apenas de muleta narrativa para auxiliar Ichigo. Não ficou claro se Ichigo e Renji foram apenas uma manipulação da perspectiva de Yhwach por parte de Aizen. Não que não seja interessante ver Aizen a conseguir manipular a percepção de alguém que consegue ver tudo, só não me parece que Kubo esteja com muito tempo para se desviar por esses caminhos. Resta-nos esperar que tudo isto não tenha sido fogo de vista.

 

Bleach 682 Yhwach

 

Resumindo e concluindo, um capítulo muito interessante por várias razões. Prova mais uma vez que Kubo era capaz de muito mais. Por favor Lorde Aizen, salva Bleach do seu infortúnio!

 

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.