BTS – Map of the Soul: Persona Análise

por Baltas
BTS - Map of the Soul: Persona Análise

Nesta série de artigos será feita uma análise (aos olhos de um ouvinte, não sou músico nem tenho qualquer formação em música) a um dado álbum de um certo grupo ou artista!

Nesta análise irei dar a minha opinião quanto às várias músicas presentes no álbum em análise e, caso haja, do MV da música. Após a análise individual a cada música, será feita uma análise geral do álbum.

Neste artigo, o álbum selecionado é “Map of the Soul: Persona” dos BTS.

 


Vê aqui todas as novidades sobre os BTS


 

 

BTS – Map of the Soul: Persona Análise

 

 

01. Intro: Persona

 

Lançada como um trailer para o álbum, um tempo antes do álbum ser lançado, “Intro: Persona” é a primeira música do álbum e é um rap do RM. Quanto ao MV, tem um pouco de inspiração na época de estreia dos BTS devido à parte do MV gravada numa espécie de sala de aula. O uso de cores suaves torna o vídeo bastante agradável à vista, mas a inclusão de um RM feito em computador e os robôs, são um pouco esquisitos, não tirando valor ao vídeo.

Quanto à música e à letra, parece-me um som típico de um estilo de rap mais agressivo, o que verificou. Já na letra, o RM faz referência ao passado, às expetativas que ele criou e que as pessoas criaram para ele e para o grupo. É basicamente uma análise, dele, ao passado.

 

02. Boy With Luv (feat. Halsey)

 

A faixa principal deste álbum, que conta com a participação da Halsey! Surpreendentemente, uma ótima combinação! A voz da Halsey mistura-se muito bem com a voz dos rapazes e ela foi capaz de acompanhar a coreografia também! Quanto ao MV, podemos ver que isto baseia-se em cinemas ao estilo americano, nos dinners tipicamente do Norte da América. O vestuário combina muito bem com cada cenário. Há uma mistura de fundos artificiais e cenas filmadas ao ar livre. A coreografia parece-me um pouco mais simples do que o habitual para os BTS mas pelo que li, o objetivo é mesmo esse! O objetivo é ter uma coreografia que todos os ARMYs possam dançar e deliciarem-se com esta música espetacular.

Na parte final do MV, quando chega à parte do RM, podemos ver que ele está num palco e todos os sinais a apontar para lá têm os nomes de todos os álbuns. Face à letra, a meu ver, esta é dedicada à fandom dos BTS, a ARMY. Eles cantam sobre o amor que a ARMY lhes deu, como o seu crescimento foi possível por causa do seu apoio e como os rapazes adoram a sua fandom.

 

03. Mikrokosmos

 

Esta é aquele tipo de música que uma pessoa apaixonada pode dedicar à sua cara metade. É uma música de amor, há rasgados elogios feitos, os momentos passados a dois, a magia que pode acontecer quando duas pessoas se apaixonam.

 

04. Make It Right

 

Esta música tem um dos usos de sons mais esquisitos e mais chamativos que já ouvi. A música parece-me a ideal para ser colocada como banda sonora de fundo em cafés, bares ou até mesmo festas, para dar aquele ambiente relaxado mas, mesmo assim, animado!

 

05. HOME

 

Não sei ao certo porquê, mas acho esta uma música ótima para se ouvir num sunset! Nesta música os rapazes expressam tudo o que querem atingir e como sentem que isso é possível a partir do momento em que “abrem a porta” e que, acompanhados por aquela pessoa especial, podem atingir mundos e fundos. Acho que o uso do baixo acrescenta um som mais profundo que é bastante agradável.

 

06. Jamais Vu

 

Esta música é interpretada apenas por 3 membros dos BTS, o Jin, o J-Hope e o Jungkook. Como esperado, é a balada do álbum. O som é absolutamente lindo acompanhado pelas vozes do Jin e do Jungkook e também o J-Hope que acrescenta aquele rap e a voz profunda à música que a torna tão melhor. A letra, como é de esperar de uma balada, é muito triste, pedindo a alguém que lhes dê o “remédio” que eles tão desesperadamente precisam.

 

07. Dionysus

 

Sem dúvida a música mais pesada do álbum e igualmente, a que mais me surpreendeu. O som agressivo e que raramente abranda (aliás, na parte final da música parece que aumenta o ritmo) acompanha a letra brilhantemente. A letra basicamente está a dizer-nos para nos divertirmos e bebermos como se não houvesse amanhã (tenham juízo, por favor!). Uma música pesada para quem goste de festejar e abanar o capacete a noite toda!

 


 

O Álbum a Nível Geral – Conclusão

Penso que este álbum tem uma boa mistura de sons, capaz de agradar a todos os gostos. Tem um rap logo no início, possui a faixa principal que bate recorde atrás de recorde e é capaz de ficar na cabeça durante imenso tempo, contém uma balada que nos faz derramar uma lágrima e no final, inesperadamente, uma música para quem goste de coisas mais pesadas, a autêntica para abanar o capacete a noite toda. A variedade de música neste álbum só traz regalias a quem o ouve.

 

As minhas músicas favoritas?

  • Boy With Luv
  • Jamais Vu
  • Dionysus

 

Aqui termina a minha análise ao álbum “Map of the Soul: Persona” dos BTS. O que vocês acharam deste álbum, qual foi a vossa música preferida?

 

>> Para mais notícias e artigos sobre K-pop, clica AQUI

 

Para conheceres todos os comebacks e debuts de Maio, clica AQUI <<

 


 

Interessado em adquirir produtos relacionados com K-pop, como os da imagem abaixo, ou outros?

É só enviar uma mensagem privada para o Facebook da Loja ptAnime (clica aqui!) ou um e-mail para geral@loja-ptanime.com, com o teu pedido! 🙂

produtos kpop comprar portugal funko pops bts blackpink peripera

 


Artigos relacionados

DreamCatcher – The End of Nightmare Análise

BTS batem um Novo Recorde na Billboard 200

BTS partilham Pensamentos sobre 2019 Billboard Music Awards


 

0 comentário

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.