Bungou Stray Dogs | Primeiras Impressões

por Raquel Cupertino

Título: Bungou Stray Dogs
Adaptação: Manga
Produtora: Bones
Géneros: Mistério, Seinen, Sobrenatural
Ficha Técnica: Indisponível

 

Bungou Stray Dogs | Opening

“Trash Candy” – GRANRODEO

 

Nakajima Atsushi foi expulso do orfanato onde residia, sem que lhe fosse explicado o motivo. Sem sítio para viver, nem qualquer forma de se subsistir sozinho, Atsushi vagueia moribundo e esfomeado até salvar Dazai de morrer afogado. O fatídico encontro muda radicalmente a vida do jovem sem-abrigo, compenetrando-o num mundo fantástico e sobrenatural.

 

Bungou Stray Dogs - Atsushi episode 1

 

O primeiro episódio trata-se de um enquadramento do protagonista no seio de uma organização secreta de investigadores com poderes sobrenaturais. O protagonista é inserido através de uma situação cómica não muito bem conseguida. Para piorar, a comédia é transformada de seguida, numa tentativa de dramatização por intermédio do passado por explicar do jovem.

Complexo? Confuso?

Nem por isso. Apesar dos vários conceitos expostos ao longo deste episódio, o enquadramento foi tão pobre quanto as personagens. A apresentação das mesmas mais inserção de um caso a resolver foi tão pouco natural, que no final quase que somos surpreendidos pelos acontecimentos. Não porque o mistério foi bom, mas porque todo o enredo foi tão insólito e aleatório que a ligação com tudo o resto é efémera.

 

Bungou Stray Dogs - comedia episode 1

 

Existe potencial latente?

A minha veia amante de fantasia e sobrenatural grita que sim, contudo, as expetativas devem ser bastante comedidas, sobretudo no ponto de vista narrativo. O enredo aparenta ser episódico, segundo uma fórmula altamente genérica: um grupo desvenda um mistério tendo sempre por base um vilão principal como cabecilha de tudo.

 

Bungou Stray Dogs - Batalha

 

 

Alguma certeza que nos agarre?

O ambiente!

É do estúdio Bones que falamos, ou seja, em termos de animação conseguimos algumas certezas quanto à qualidade. Não foi o melhor que o estúdio alguma vez produziu, nota-se claramente que não é a sua prioridade (contrariamente a Boku no Hero Academia), ainda assim, manteve-se consistente como um todo. As cores garridas e as variações nos planos de imagem concedem um dinamismo agradável, concomitantemente com uma fluidez dentro da média.

Em tom de curiosidade, visualmente assemelha-se muito a Noragami, sobretudo aquando a inserção da componente sobrenatural.

 

Bungou Stray Dogs - Daizai episode 1

 

Bungou Stray Dogs | Juízo Final

Não há garantias nesta obra. Não posso dizer que será bom, ou que será intragável. À partida aparenta ser mais uma série cliché que não adicionará nada ao mundo, mas que trará grandes momentos de entretenimento. Apesar do pouco ou nada desenvolvido em torno das personagens, estas demonstraram-se cliché e sem grande margem de evolução, pelo que com certeza afastarão os mais exigentes.

 

Bungou Stray Dogs - Atsushi e Daizai episode 1

 

Ainda assim, acredito que possa ser uma obra com algum mérito, com substância suficiente para agarrar os amantes de entretenimento menos exigentes. No entanto, se a vossa lista de animes a assistir for demasiado grande e não queiram perder tempo em apostas com grande probabilidade de se verem defraudadas – esperem pelo término de Bungou Stray Dogs para decidirem se o rumo que tomou compensa a sua visualização.

 

 

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.