Chungha – EP “Flourishing” Análise K-Pop

por Baltas
Chungha - EP "Flourishing" Análise K-Pop

Chegamos à altura de mais uma análise de álbuns de K-pop! Como já foi explicado no artigo anterior, esta análise é feita aos olhos de um ouvinte e apreciador de K-Pop. Não sou músico, nem tenho qualquer formação em música.

Nesta análise darei a minha opinião quanto às várias músicas presentes neste EP e, caso exista, do MV da música. Após análise individual a cada uma, será feita uma geral ao EP.

Neste artigo, o EP selecionado é o “Flourishing” da Chungha.

 

Chungha – EP “Flourishing” Análise K-Pop

Chungha - EP "Flourishing" Análise K-Pop

 

01. Chica

 

Um hino ao amor próprio e ao girl power.

A Chungha diz-nos para sermos mais confiantes em nós próprios, que somos belos da forma como somos, que devemos mostrar-nos sem medo de represálias. Ela enfatiza o girl power também.

Adoro o bass no refrão e a instrumental geral da música, acho que a influência que a guitarra tem nesta música fica mesmo muito bem! E como é óbvio, a Chungha arrasa nos vocals, especialmente ao atingir aquela nota alta na parte final dos refrões.

Penso que esta era uma boa faixa para ter um MV.

Um ótimo início para o EP.

 

02. Young In Love

 

Um som bastante groovy. Gostei do instrumental desta música. Não é complexo, com uma abrangência de sons muito longa, mas penso que isso é feito para que a voz da Chungha possa brilhar mais. No entanto, adorei aquela  pausa nos vocals para que o instrumental possa brilhar. É algo que acrescenta mais animação à música.

Pelo que percebi da letra desta canção, a Chungha fala de um amor jovem, ingénuo, sem grande conhecimento do que a vida é, que ainda tem de amadurecer.

 

03. Call It Love

 

Uma melodia suave de piano, acompanhado por uma voz, também suave, da Chungha.

O instrumental está realmente muito bom, começa apenas com o piano, em que depois são acrescentados, o bass e mais instrumentos, levando a que a melodia fique mais cheia e completa, não sendo necessário nenhum acréscimo. Melodias como esta podem muito bem ser formadas apenas com recurso ao piano e à voz do artista.

Esta faixa têm a aparência de uma balada mas não me transmite aquele feeling triste que, normalmente é agregado à mesma, o que torna a torna numa música interessante e diferente.

 

04. Flourishing

 

Ora aqui está uma música que eu não estava à espera, com um som que dá uns vibes mais badass à Chungha. Esta música faz-me lembrar um bocado a “7 Rings” da Ariana Grande.

Acho que este tipo de som lhe fica muito bem e ajuda à mudança que a Chungha passou, a nível de estilo de música.

Esta faixa peca apenas por não ter um MV. Adorava ver qual seria o estilo que a empresa e a própria Chungha optariam.

 

05. Snapping

 

Logo no início, a Chungha já me convenceu com aquele olhar.

Esta é uma daquelas músicas em que, pelo menos para mim, quanto mais vezes reproduzida, maior é o amor por ela.

A música, a nível de visuals, é um upgrade e considero mesmo o melhor MV da Chungha até agora (data em que escrevi este artigo de análise). Por falar em visuais, tenho de admitir que não fiquei convencido ao vê-la loira ao início, mas agora adoro. Gostei do pormenor da esgrima ser incluída muito discretamente neste MV.

Quanto à coreografia, a Chungha faz uma grande combinação de movimentos mais súbitos e rápidos com outros mais suaves e elegantes. São coisas como estas que fazem dela uma grande artista!

Já a música em si, tem um instrumental poderoso e viciante, de certa forma parece ser reduzido durante a música em comparação ao refrão em que atinge o pico, mas que têm o mesmo efeito.

Acho bastante interessante, o facto de um simples gesto como estalar os dedos pode ter um efeito tão contagiante.

 

O EP a Nível Geral – Conclusão

O que mais é que pode ser dito sobre a Chungha? Este ano, o de 2019, tem sido o ano de afirmação da Chungha como uma grande artista a solo e uma artista de topo. A transformação pela qual ela passou tem sido estonteante.

A par do êxito que foi a Gotta Go, no início do ano passado, a faixa-principal deste EP, a “Snapping“, são obras de arte a nível de visuals e os vocals dela não precisam de mais elogios do que já têm (quem é que eu quero enganar, claro que precisam).

O EP a nível geral está ao nível do que a Chungha tem feito este ano, música de qualidade, a superar expetativas. Todas as músicas são muito boas.

 

As minhas músicas favoritas?

  • Snapping

 

E vocês, o que acharam deste EP? Quais foram as vossas músicas preferidas? Comentem abaixo!

 

>> Para mais notícias e artigos sobre K-pop, clica AQUI

 


Artigos relacionados

Chungha e Paul Kim anunciam Planos para Colaboração

Chungha explica porque decidiu juntar-se à Reunião das I.O.I

DAY6 – EP “The Book of Us: Gravity” Análise K-Pop


 

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.