Dartacão e os Três Moscãoteiros – Filme 3DCG a caminho!

por Pedro Costa
Dartacão e os Três Moscãoteiros - Filme 3DCG a caminho

Eram uma vez os três, os famosos Moscãoteiros, do pequeno Dartacão…

Agora dêem o vosso melhor para tirar isto da cabeça. Nós damos uma ajuda:

 

Talvez muitos de vós não tenham presenciado in loco a popularidade que esta adaptação em jeito de fábula canina do aclamado romance de Alexandre Dumas gerou. Ainda assim, bem além da sua emissão original em Portugal em 1983, a série animada, que é uma co-produção entre a espanhola BRB Internacional S.A. e o estúdio anime Nippon Animation, estendeu-se para lá da sua década e deu-se a conhecer a gerações posteriores através de retransmissões na RTP, TVI e Canal Panda.

Pois bem, parece que o “nosso fiel amigo” Dartacão e os seus companheiros estão a preparar um regresso, desta feita ao grande ecrã, em animação 3DCG.

 

Dartacão e os Três Moscãoteiros – Filme 3DCG a caminho!

Dartacão e os Três Moscãoteiros - Filme 3DCG a caminho

 

O projecto está a braços da empresa sediada na Índia e Singapura, Cosmos-Maya, em parceria com a Apolo Films (Espanha). Tal como aludimos acima, a icónica série animada é uma co-produção Japão/Espanha que estreou originalmente no Japão (MBS) em 1981, e na Espanha (TVE) em 1982. Desde então, existiram várias iterações da série, e quase 40 anos depois, ainda está em transmissão em mais de 100 territórios.

 

O nomeado para Emmy e Annie, Doug Langdale (Kung Fu Panda: Legends of Awesomeness) está a escrever o guião do filme, baseado no original escrito por Claudio Biern Boyd, o qual é Presidente da Apolo Films. Toni Garcia (Invizimals) é o realizador.

A Universal juntou-se ao projeto para levar SVOD (Subscription video on demand ou streaming video on demand) a vários territórios, incluindo U.K., França e Alemanha. Parceiros espanhóis no projecto incluem a TVE, Lusomundo e A Contracorriente, com apoio financeiro da ICO, Banco Santander, Sodena e Sonagar.

A Cosmos-Maya irá financiar parcialmente, co-produzir e distribuir o filme exclusivamente na Ásia. A empresa estabeleceu um estúdio independente com tecnologia de ponta para produzir longas metragens.

 

 

Toni Garcia disse:

É fascinante ver os níveis de acabamento/detalhe no estúdio. Existe uma cultura de partilha e aprendizagem, a qual impacta positivamente o ouput e o tempo de entrega.

 

O escritor da serie original, Claudio Biern Boyd, disse ainda:

‘Dogtanian’ [Dartacão] irá entreter crianças tal como costumava fazer com os seus pais há 40 anos, seguindo a nossa filosofia: fazer as crianças felizes.

 


TOP Anime Openings Que a Memória Preservou | Pedro Costa


 

Fonte: Variety

 

0 comentário


Loading...

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.