Detroit Metal City | Análise

por Telmo Vivaz
Detroit Metal City OVA 2008

Hoje, o ptAnime traz-vos uma série pequena mas extremamente engraçada. O que é que vocês faziam se tivessem uma faceta calma e pacífica e outra demoníaca e agressiva que quisessem esconder da família e amigos? Detroit Metal City fala disso mesmo!

 

A História

Souichi Negishi é um jovem humilde que nasceu e cresceu numa quinta com a mãe e o irmão mais novo. Quando acabou o secundário, foi para Tóquio para entrar na universidade. Foi para Tóquio porque tinha um sonho… o sonho de formar uma banda pop. No entanto, quando se graduou, acabou por aparecer numa banda de Death Metal. Apesar de ainda estar em ascensão e mesmo sem vontade disso, ele, os outros membros e a presidente vão fazer de tudo para aumentar a popularidade do grupo.

A série aborda os estereótipos do Metal, os comportamentos extremos dos apoiantes fanáticos e os acontecimentos da vida do protagonista (na sua constante preocupação em afastar a sua identidade demoníaca da sua família, amigos e relacionamentos). Claro que com o avançar da sua vida, vai ser cada vez mais difícil manter essas duas realidades afastadas, o que resulta em situações tresloucadamente hilariantes.

 

Detroit Metal City OVA 2008

 

Ambiente e Enredo

A banda sonora é composta por música Metal, mas também podemos ouvir outras baladas tocadas pelo Negishi (quase sempre interrompidas por uma multidão barulhenta ou por um manager desagradável).

O facto mais engraçado acerca da série são as situações caricatas e as lendas que eles protagonizam (elevadas a níveis divinos pelos fãs mais aguerridos… lunáticos mesmo). As coisas acontecem de um modo, mas os fãs arranjam sempre maneira de distorcê-la, de forma a tornar a história ainda mais incrível.

Existem várias lendas que os fãs inventam, distorcem a realidade ou são mesmo reais. O Krauser é conhecido pelo “Teeth Guitar”; “10 Rapes por segundo”; “Behind-the- Head Guitar”; “Guitarra no Focinho (um dos 48 truques Mata-Bófias)”; “Violação Pública” e muitas, muitas mais.

 

Detroit Metal City OVA 2008

 

As Personagens

Souichi Negishi é o ator principal. É calmo, pacífico e tem como preferências musicais o pop Sueco e o Shinuya-key (subgénero do pop japonês cujo estilo é uma mistura entre o pop, o jazz e o electropop). A sua banda e o seu alter-ego, Johannes Krauser II, são exatamente o contrário disso.

Normalmente escreve as letras das músicas dos DMC (diminutivo de Detroit Metal City) com base nas suas letras já escritas, modificando-as com palavrões e coisas aterradoras para torná-las mais agressivas.

Apesar de ele não gostar da sua outra faceta, cada vez que ele se enerva ou se vê em apuros, “transforma-se” em Krauser, um terrorista de cabelos longos e loiros do Inferno que supostamente matou os próprios pais tendo logo de seguida violado os cadáveres. Quando está possesso domina a guitarra de maneira impressionante (chegando mesmo a tocar com os dentes).

Yuri Aikawa é uma amiga de longa data de Negishi. Ele tem uma paixoneta por ela desde os tempos da universidade, mas não esperem grandes cenas românticas entre eles. Com esta animação, nada é levado a sério!

Nishida e Wada são os restantes membros do grupo. O Nishida é bastante peculiar: é o baterista da banda (conhecido nela como “Camus”), gosta de anime do género ecchi, praticamente não fala (quando o faz só diz asneiras) e é amante de caril. Já o Wada (conhecido por “Jagi”) é um pinga-amor.

A salientar temos também a presidente dos Death Records e o Porco Capitalista. A presidente é uma ninfomaníaca que em cada 2 palavras diz 3 asneiras (apesar do exagero, é quase assim) e o Porco Capitalista é um homem usado em palco cujo papel principal é ser sodomizado pelo Krauser II.

 

Detroit Metal City OVA 2008

 

Juízo Final

Eu achei este anime bastante engraçado. Não tem os melhores gráficos e algumas das personagens são feias e mal animadas mas não é nisso que se foca realmente a série. Não tem nada de super poderes, salvamentos do mundo ou lutas entre o bem e o mal. Foca-se simplesmente na inconstante vida do protagonista.

Não penso que seja muito adequado para crianças pois contém linguagem explícita, situações com muita violência e sexualidade implícita. Mas não fiquem assustados. Talvez tenha exagerado um pouco as coisas, mas só quando descrevemos uma pessoa ou um momento, é que nos damos realmente conta dos factos ao detalhe. Ao analisar-mos minuciosamente os hábitos e atitudes de algo, vemos como isso é realmente.

Se estão à procura de enredos complexos, personagens com pensamentos profundos e desenvolvimentos, esqueçam “DMC”. Dele só se podem esperar situações absurdas que acontecem sem grandes explicações e das formas mais irrisórias possíveis.

A OVA (Original Video Animation) é composta por doze episódios de 13 minutos, mas na verdade cada episódio é um compacto de dois episódios de 6 minutos. Algo que se vê facilmente numa tarde.

Obviamente que recomendo a série a todos!

 

Detroit Metal City – Trailer

 

 

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.