Dragon Ball Uma Aventura Inesquecível | Análise

por Renato Sousa
Dragon Ball Uma Aventura Inesquecível
Se nos primeiros dois filmes de Dragon Ball a matéria prima para o desenvolvimento de bons projetos era algo limitada, “Dragon Ball Uma Aventura Inesquecível” teve desde logo outras vantagens. Exemplo disso foi a inclusão de personagens pertencentes às histórias da Red Ribbon Army e de Tien Shinhan, sagas que…

Dragon Ball: Uma Aventura Inesquecível

Enredo - 8.8
Personagens - 9
Produção Visual - 8.7
Banda Sonora - 7.6

8.5

Muito Bom

Quando se consegue reunir a maior parte das personagens principais da série num só filme, o sucesso está desde logo assegurado.

Avaliação dos Leitores do ptAnime: Sê o primeiro!
9

Se nos primeiros dois filmes de Dragon Ball a matéria prima para o desenvolvimento de bons projetos era algo limitada, “Dragon Ball Uma Aventura Inesquecível” teve desde logo outras vantagens. Exemplo disso foi a inclusão de personagens pertencentes às histórias da Red Ribbon Army e de Tien Shinhan, sagas que incluem alguns dos melhores momentos da primeira série de Dragon Ball. Vamos então ver ao detalhe o que se passou com “Dragon Ball Uma Aventura Inesquecível”.

 

Dragon Ball Uma Aventura Inesquecível | A História

O treino de Krillin e Goku sob a alçada do Tartaruga Genial terminou. Como tal, chegou a altura de ambos testarem a sua força e perceberem o quanto evoluíram. Para isso, nada melhor que se alistarem no Grande Torneio de Artes Marciais a decorrer na região de Mifune, onde o grande vencedor terá o direito de efetuar um pedido/desejo ao Imperador Chaoz e que este deve aceder.

Ora, o que os nossos heróis não suspeitam (inicialmente), nem o próprio Imperador, é que este está a ser vítima de uma conspiração por parte do Crane Hermit e dos restantes membros que o rodeiam na “Corte de Mifan”. A mulher do Imperador foi supostamente raptada, forçando-o a procurar as Dragon Balls se a quiser encontrar.

Todavia, parece que as Bolas do Dragão andam a ser recolhidas para outros objetivos (maléficos), e só uma intervenção eficaz por parte dos grandes heróis da trama poderá mudar o rumo dos acontecimentos. Será possível? Do outro lado está o poderosíssimo Tao Pai Pai.

 

Dragon Ball Uma Aventura Inesquecível

 

Dragon Ball Uma Aventura Inesquecível | Ambiente e Enredo

“Dragon Ball Uma Aventura Inesquecível” faz-me lembrar um pouco os recentes filmes dos Avengers que reuniram os grandes heróis da Marvel/DC, só que numa vertente antagónica. De forma algo surpreendente, este terceiro filme de Dragon Ball conseguiu unir numa história, com menos de uma hora, personagens simbólicas da Red Ribbon Army e do Clã liderado pelo Master Shen (Crane Hermit).

Em termos de enredo, confesso que fiquei extremamente satisfeito por ver algo tão bem desenvolvido num plano simples. Os acontecimentos decorrem de forma muito fluída, que mais parece uma correria devido ao tempo curto de transmissão, não sendo isso sinónimo de confusão para o espetador. Muito pelo contrário, a simplicidade está lá por alguma razão.

Obviamente que quem já viu a série vai captar pormenores que um espetador que desconheça as sagas da Red Ribbon Army e do Tien Shinhan não será capaz. Os ataques do General Blue que tem um tempo muito curto em cena são o melhor exemplo disso. Curioso é que os responsáveis do filme decidiram trocar a importância de algumas personagens e modificar alguns aspetos históricos comparativamente à obra original. Chaotzu, por exemplo, é o Imperador da Região de Mifan, quando deveria ser um dos estudantes do Crane Hermit. Já o Grande Torneio de Artes Marciais deixa de ser feito por eliminatórias e passa a ser 1 vs 1, onde o grande vencedor é o que permanecer no ringue até não haver mais nenhum candidato.

Em termos de conceção de ambientes não se podia esperar algo diferente do desenho e grafismo a que a primeira série de Dragon Ball nos habituou. Sobre os planos de fundo, note-se que para além da zona onde decorre o Grande Torneio, houve ainda tempo para visitas à Torre de Karin e a Penguin Village, local de alta tecnologia onde vive Arale Norimaki e companhia.

À semelhança do segundo filme, a banda sonora original tão apreciada pelos fãs passou novamente em claro. Neste aspeto, em termos cronológicos, até à data apenas se “safou” “Dragon Ball A Lenda de Shen Long”.

 

Dragon Ball Uma Aventura Inesquecível

 

Dragon Ball Uma Aventura Inesquecível | As Personagens

Ao contrário dos primeiros dois filmes, desta vez todas as personagens principais advêm da série de 153 episódios, pelo que não vejo necessidade de estar aqui a falar nelas. Muito menos quando o próprio ptAnime já tem uma rubrica criada com esse propósito, na qual têm sido abordadas várias séries, inclusive esta famosa adaptação à manga de maior sucesso de Akira Toriyama.

 

 

Dragon Ball Uma Aventura Inesquecível | Juízo Final

Concluindo, sem margem para dúvidas que este é o melhor dos primeiros três filmes da franquia pelas várias razões que fui referindo ao longo desta análise e que volto a reforçar. As personagens em cena, o enredo, os vários planos de fundo e a fluidez e simplicidade com que tanto conteúdo de boa qualidade é aglomerado numa produção com menos de 50 minutos.

Quando a tudo isto se soma a questão nostálgica (quem não se lembra do tão aguardado combate entre Son Goku e Tao Pai Pai?), tal significa que estão reunidas todas as condições para quem quiser desfrutar de um serão curto mas agradável na companhia dos seus heróis e vilões preferidos dos anos 90.

 

[youtube width=”560″ height=”315″ video_id=”a6WZB1GA0y4″]

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.