DreamCatcher – The End of Nightmare Análise

por Nayuki
Dreamcatcher - the End Of Nightmare análise

As nossas rainhas lançaram mais um (mini) álbum! The End of Nightmare” é a nova compilação do trabalho das DreamCatcher.

Quem nos segue há algum tempo sabe que acompanhamos desde o debut destas meninas. Participamos na iniciativa da MyMusicTaste para as trazer a terras lusas e fizemos até um artigo sobre o incrível concerto que deram. Aproveitando assim o lançamento de mais um álbum, decidi experimentar algo que ainda não tinha feito.

 


Vê aqui todas as novidades sobre as DreamCatcher


 

DreamCatcher – The End of Nightmare Análise

Vou falar das músicas lançadas individualmente e atribuir a cada uma a nota de 0 a 5. Vale lembrar que eu não sou nenhuma entendida em música e que dificilmente vou entrar em aspetos técnicos. Considerem isto uma análise de fã para fã!

 

PIRI

 

Grande parte do público de K-pop tem os music videos como parte essencial da experiência do que é gostar deste género.  Sempre que as DreamCatcher lançam um novo MV torna-se mais claro para mim o porquê de não gostar de muitos girl groups. O conceito de Piri mantém-se dentro da vibe mais sombria a que já estamos habituados. 

A primeira coisa que se destacou para mim foi terem usado o fundo branco que fez um contraste maravilhoso com as primeiras roupas que aparecem. Falando em roupa, o número de indumentárias ao longo do MV também me surpreendeu. Gostei bastante da mudança de visual das integrantes. Ver a Siyeon loira foi uma surpresa agradável.

A música em si não se tornou a minha favorita delas, mas o refrão que não saí da cabeça por nada fez um bom trabalho. 

Nota: 4/5

 

Diamond

 

Diamond tem em alguns momentos uma batida mais mexida do que eu esperava quando ouvi o começo da música. É uma música forte que daria um ótimo MV na minha opinião. O que mais gostei – para não variar muito – foi a parte do rap. Acho que foi bastante intenso e combinou com a mensagem da música.

Apesar de ser uma música igualmente boa se compararmos ao resto do álbum, foi a que achei mais “previsível” tendo em conta o trabalho do grupo.

Nota: 3.5/5

 

And there was no one left

 

Esta música tornou-se a minha favorita do álbum por dois motivos: é diferente se considerarmos toda a discografia das DreamCatcher e tem uma batida no refrão que é impossível não querer dançar. Foi uma óptima combinação entre os vocais das integrantes e de um estilo de música que elas ainda não tinham desbravado.

Nota: 4.5/5

 

Daydream

 

Apesar de adorar músicas fortes e movimentadas, adoro ouvir trabalhos como Daydream” – mais focados no vocal e com um instrumental mais “simples”. Era de esperar que existisse algo assim para complementar The End of Nightmare”.

Achei uma música importante para salientar que alem de dançarem de maneira soberba, o grupo também tem vozes que conseguem se destacar.

Nota: 4/5

 

DreamCatcher The end of nightmare tracklist cover

 

Conclusão

Em suma e para concluir esta primeira análise, posso dizer que adorei o mini-álbum como um todo. Temos várias coisas diferentes que complementam esta trabalho das DreamCatcher.

Ainda assim nenhuma das músicas superou a minha favorita que ainda continua a ser “You and I. No geral é um projeto com conceitos que já são a identidade do grupo.

Nota final: Um sólido 4!

 

E vocês? Qual foi a música que mais gostaram em The End of Nightmare? Se tiverem uma opinião diferente partilhem connosco! Lembrem-se também que este é o primeiro artigo do género e que como tal gostava de saber o que acharam!

0 comentário

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.