Fune wo Amu | Análise

1 Janeiro, 2017  Por Raquel Cupertino
2


Título: Fune wo Amu (The Great Passage) Adaptação: Novel Produtora: Zexcs (Aku no Hana, Sukitte Ii na yo., Densetsu no Yuusha no Densetsu) Género/Demografia: Slice of Life Ficha Técnica: Disponível   Fune wo Amu | Opening "Shiokaze" - Taiiku Okazaki https://www.youtube.com/watch?v=EanY3KxkvKY   Fune wo Amu | Enredo Terminar uma obra com lágrimas…

Fune wo Amu

Enredo - 8.8
Personagens - 9
Produção Visual - 7.5
Banda Sonora - 6.8

8

Muito Bom

Pontos Fracos: - -

Pontos Fortes: Personagens. Construção narrativa.

Avaliação dos Leitores do ptAnime: Sê o primeiro!
8

Título: Fune wo Amu (The Great Passage)
Adaptação: Novel
Produtora: Zexcs (Aku no Hana, Sukitte Ii na yo., Densetsu no Yuusha no Densetsu)
Género/Demografia: Slice of Life
Ficha Técnica: Disponível

 

Fune wo Amu | Opening

“Shiokaze” – Taiiku Okazaki

 

Fune wo Amu | Enredo

Terminar uma obra com lágrimas e um sentimento de perda é algo único, raro e difícil de encontrar. Fune wo Amu foi das poucas obras que tive o imenso prazer de assistir este ano e que conseguiram deixar a sua marcar. A expressão “hidden gem” assenta que nem uma luva nesta obra repleta de ensinamentos com um desenvolvimento tão surpreendente quanto glorioso.

 

fune-wo-amu-epi-9-comedia

 

Apesar de se tratar de uma série sobre “palavras”, é difícil para mim explicar o conteúdo desta sem ser ora demasiado exaustiva, ora singela. Quando Fune wo Amu surgiu no catálogo de animes da temporada de outono de 2016, confesso que pouco me interessei por ela. Até porque a premissa aparentava ser simples: relacionada com o funcionamento de uma editora cujos protagonistas possuem personalidades distintas.

 

fune-wo-amu-gif-seinen

 

Felizmente, Fune wo Amu superou as minhas expetativas! Fune wo Amu é muito mais que uma comum história sobre um departamento, é uma lição de vida transmitida sobre a visão e palavras de Majime, e delineada por todos os integrantes nesta aventura em criar uma forma de comunicação entre pessoas – um dicionário.

 

fune-wo-amu-epi-11-ambiente

 

Ao longo dos apenas 11 episódios somos imersos num oceano de palavras, cada uma delas serve de base para mais um capítulo, criando-nos a ilusão de que também nós fazemos parte desta busca de significados completos e pessoais. The Great Passage é, assim, o elo de ligação das personagens que, ora vêm ora vão. Como fortes peões que surgem na vida para desempenhar o seu papel e, depois, seguir o seu próprio caminho, mais ou menos cruzado com o inicial. Confuso? Acreditem que faz bastante sentido depois de verem.

 

resonance-fune-wo-amu-epi-6

 

Fune wo Amu é um romance?

É possivelmente uma das questões mais frequentes relativamente a esta franquia, e que eu mesma questionei e pesquisei antes de embarcar nesta aventura. No entanto, Fune wo Amu não se trata de um romance. Como qualquer seinen realista sobre a vida de jovens adultos japoneses, as relações pessoais são implícitas pelo que o romance existe. Contudo, este é usado como mais uma corrente de união entre Majime e os restantes membros do departamento, uma forma engenhosa de exponenciar a nossa ligação com o protagonista.

 

fune-wo-amu-gif-romance

 

Fune wo Amu | Ambiente

Fune wo Amu não é uma obra para todos, e muito menos algo trivial que consigamos acompanhar em qualquer estado de espírito. Como referi, é um anime adulto e complexo, e a animação contribuiu para o efeito. A animação é no geral bastante sólida, com um design puro seinen slice of life, não deixando, só por aí, margens para dúvidas quanto ao público-alvo.

As variações na animação e tipo de ambiente manifestam-se nos sonhos e pensamentos do nosso protagonista. A forma como este vê o mundo e o relaciona com o “mar de palavras” é transmitida por consecutivas analogias, produzidas por uma animação tão fluida quanto o mar. Toda esta gestão não possui qualquer tipo de falhas, toda a série é bastante constante neste departamento, não existindo nenhum ponto menos bom.

 

fune-wo-amu-epi-10-ambiente

 

A banda sonora é simples, à base de melodias adequadas ao momento em questão. Com a exceção de uma ou outra, não são faixas memoráveis; não obstante, este departamento acaba por ganhar a maioria dos pontos nos temas de abertura e encerramento. Uma dica: estejam atentos à letra do tema de abertura.

 

fune-wo-amu-gif-ambiente-pormenores

 

Fune wo Amu | Juízo Final

Sem querer ser pretensiosa, este foi um dos melhores títulos de 2016. Consigo colocá-lo nos meus animes preferidos do género, e dos que mais me ensinou sobre… a vida! É um excelente título para quem gosta de seinen slice of life, uma visão adulta sobre a vida, realista e com um toque de “magia” que nos embarga progressivamente.

A “grande falha” desta série é a mesma ser voltada para o público japonês, sem qualquer pretensão de facilitar a vida ou provocar impacto no espetador ocidental. Fune wo Amu é repleto de pormenores… nas palavras que surgem em TODO o lado, ora, infelizmente os tradutores não conseguem traduzir todas as palavras e frases que vão surgindo em tempo útil, pelo que ficamos um pouco à nora quando há um foco mais demorado em alguma frase e não surge tradução. Sabemos que se trata de algo significativo e é triste que não consigamos acompanhar como qualquer outro japonês. Outro ponto a ter em atenção é a cultura e tradições, quem deseje assistir Fune wo Amu convém compreender um pouco do funcionamento da sociedade japonesa. A hierarquia dentro da empresa, o senpai/kouhai e sensei/seito, influencia o tipo de relações de trabalho – e fora dele – sendo uma amostra bastante interessante de como tudo funciona no Japão.

Em suma, não é um anime para todos, e devo admitir que não deverá ser um título muito “popular” por entre o público mais novo ou menos “habituado” a obras deste género. É uma obra direcionada a adultos que apreciam este tipo de histórias, e é com este pensamento que devem avaliar o início desta jornada.

 

 

Comentários do Facebook









Também deverás gostar de




2 Comentários

não tinha grande curiosidade sobre o anime, mas o teu texto deixou-me a pensar que isto pode ser melhor do que aparenta..

essa parte das referências à cultura e de ser muito virada para o publico japonês é que me deixou um pouco de pé atrás.. é que se isto for em demasia podemos ficar largos minutos sem perceber o que se passa, ao mesmo tempo, se as coisas foram bem feitas pode ser uma ferramenta para se aprender um pouco mais sobre aquela cultura


    Olá Leandro, antes de mais obrigada pelo comentário!
    Acredito que para alguém que já assistiu muitos animes e conhece o mínimo da cultura japonesa não estranhará todo aquele respeito entre um funcionário mais velho vs funcionário mais novo, ou por exemplo o tipo de relação mais “impessoal” entre casais como é normal no Japão. São pequenos rituais que vão surgindo na série e que na minha opinião, acabaram por a embelezar!
    O ponto mais negativo, e que irás reparar sobretudo mais para o final, é o que referi de não existir a tradução de TUDO o que aparece no ecrã. Mas bem, consegues adorar o anime se este for realmente um género que gostes, no entanto, tens que ir com expetativas bem comedidas porque como referi, é um anime “peculiar” 😉



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

five × three =


Outras Histórias
Youjo Senki Revela Trailer com Tema de Abertura O website oficial para a adaptação televisiva anime do light novel do autor Carlo Zen e do ilustrador Shinobu Shinotsuki,...
Partilhas