Ghost in the Shell Live Action – Opinião de Beat Takeshi

por Pedro Costa
Ghost in the Shell Live Action - Opinião de Beat Takeshi

O evento da estreia mundial da exibição do antecipado filme live-action de Ghost in the Shell, decorreu no Kabuki-cho Cinema City, em Tokyo, dia 16 de março.

O realizador Rupert Sanders (Snow White and the Huntsman), Scarlett Johansson (a Major), Pilou Asbæk (Batou), Juliette Binoche (Dr. Ouelet), e Beat Takeshi (Daisuke Aramaki), juntaram-se ao evento de “Passadeira Vermelha” e foram recebidos pelos fãs.

 

Ghost in the Shell Live Action – Opinião de Beat Takeshi – Vídeo Evento:

 

O ator de 70 anos, Beat Takeshi, tem sido igualmente conhecido como o realizador internacionalmente aclamado, Takeshi Kitano, que realizou 17 filmes, incluindo Hana-bit que venceu o galardão Golden Lion no 54th Venice International Film Festival, em 1997.

Ele tem em elevada consideração o primeiro filme anime, realizado por Mamoru Oshii em 1995. Ele até deu ao filmeBest Film Award, assim como o Best Lead Actress Awards a Motoko Kusanagi, no 5th Tokyo Sports Film Award, no ano seguinte. Como nota de referência, ele tem servido como presidente para estes prémios desde 1992.

 

Ghost in the Shell Live Action - Opinião de Beat Takeshi

 

Ele comentou, o seguinte, sobre o filme:

Temos visto que a maioria das adaptações live-action em filme falharam a tentativa de atingir a qualidade das suas fontes, e foram fortemente criticadas. Mas desta vez, fãs que cresceram com o manga original e a série anime, dizem que este filme é ótimo. Fiel e novo, eu penso que esta pode ser a primeira bem-conseguida adaptação para filme live-action de um manga Japonês. Mas as pessoas dizem, também, que a única falha no filme é Aramaki [interpretado por Takeshi].

 

 

Mesmo na versão original em Inglês, Takeshi-san profere as suas falas em Japonês. Ele explicou a razão para isso ao Cinema Today:

Eu exigi (ao realizador) que Aramaki precisava de falar em Japonês e foi o que fiz. Porque o filme base é um anime Japonês. Fiquei feliz por me juntar a um filme baseado numa obra nativa do Japão. Mas no aspeto tecnológico, fiquei maravilhado com Hollywood.

 

 


Artigos Relacionados:

Ghost in the Shell – A Multifacetada Major Motoko Kusanagi

Ghost in the Shell Live Action


 

Fonte: Crunchyroll

 

1 comentário


Também deverás gostar de

1 comentário

Leandro Santos 18 Março, 2017 - 16:26

a cada dia que passa as expectativas começam a ser mais elevadas e tenho esperança de que o filme não me vai desiludir. tem um excelente aspecto

Responder

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.