Hai to Gensou no Grimgar | Análise