HALO Portugal – Entrevista com os Administradores do Grupo

por Cátia Coelho
HALO Anunciam Comeback para Início de Maio

O ptAnime entrou em contacto com os administradores do grupo de fãs “HALO Portugal”: Reika, Jam e Haru, como são conhecidos. Após o convite feito, que os três prontamente aceitaram, foi realizada uma entrevista informal para entendermos melhor o panorama do mundo da música pop sul-coreana.

Não esquecendo que o grupo HALO vem a Lisboa no dia 1 de março de 2018 e os membros deste grupo não podiam estar mais entusiasmados com a notícia!

 


HALO – Concerto Kpop em Lisboa!


 

HALO Portugal – Entrevista com os Administradores do Grupo

HALO Portugal - Entrevista com os Administradores do Grupo

 

ptAnime: Em nome da equipa do ptAnime, gostava de vos agradecer a disponibilidade com que aceitaram o nosso convite para esta entrevista. Para começar, vou fazer aquela pergunta básica que já devem ter ouvido imensas vezes, há quanto tempo ouvem K-Pop e quais foram os grupos que vos introduziram neste universo?

Reika: Olá, desde já também agradeço esta oportunidade 😀 Eu ouço K-pop desde 2013, sendo que comecei com U-KISS, mas foi em 2015 com VIXX que realmente me juntei à comunidade e a esta vida, ou melhor, à falta dela 😛

Jam: É um prazer nosso responder 😉 eu ouço Kpop desde há muuuito tempo mas só me tornei Kpopper oficialmente em 2012 XD o meu primeiro grupo de Kpop foi Bigbang e rapidamente descobri os B.A.P, VIXX, Shinee, Cross Gene… descobri então que já não havia volta a dar e não me arrependo :b

Haru: Obrigado nós por fazerem esta entrevista connosco :D. Eu estou no K-Pop desde 2013 (tenho 16 aninhos mas já me consideram ‘velho’ no K-Pop xD ) e o grupo que não só me deu a conhecer mas que me fez ficar nesta vida foi SHINee, ainda hoje têm um lugar muito especial no meu coração e tenho uma grande admiração por eles.

 

HALO Portugal - Entrevista com os Administradores do Grupo

 

ptAnime: Como acham que o Kpop está a ser recebido aqui em Portugal? Consideram que se trate algo de nicho ou que está a ganhar grandes adeptos?

Reika: Eu tenho uma opinião um pouco dividida sobre esse assunto. Concordo que cada vez está a crescer mais, mas infelizmente com o aumento de fãs, também há um grande aumento de “crianças”. Tanto apareceram pessoas que estão aqui para apoiar todo o K-pop, que claro que também têm grupos que não gostam e grupos que amam e aos quais dedicam toda a sua vida, como apareceram as pessoas que só 1 grupo pode ter fama e se os outros não têm tantas fãs, é porque não têm talento. Não sei se estou a conseguir expressar realmente o que sinto… Mas como em todos os estilos existem as “belas” e os “monstros”, ambos tentam defender o que gostam, porém às vezes devemos abrir os nossos horizontes para que os “monstros” se transformem em “príncipes”.

Jam: Acho que está muito mais popular do que há alguns anos sem dúvida… tanto que já tivemos vários grupos a cá vir e continuam, felizmente! Mas a parte má é que muitos dos novos “Kpoppers” apenas seguem um grupo, não suportam os outros mesmo os que decidem visitar o nosso país (cada um com os seus gostos claro, não há problema em só gostar de um grupo XD) e então sinto que o fandom acaba por não crescer muito. Apesar de ele ter aumentado poderia aumentar ainda mais se a comunidade não se dividisse tanto… porque há sempre pessoas que preferem grupos populares e outras que exploram mais.

Haru: Na minha opinião o K-Pop no geral tem começado a ganhar mais fãs aqui em Portugal mas ainda considero que uma grande maioria não está realmente dentro do K-Pop e sim que gosta somente de um determinado grupo que, por acaso, calhou de fazer parte deste género musical.

 

HALO Portugal - Entrevista com os Administradores do Grupo

 

ptAnime: A vosso ver, quais são os grupos com mais impacto cá em Portugal? Existe uma tendência para o público luso gostar dos mesmos grupos ou este tem um reportório mais amplo?

Reika: Infelizmente, em Portugal, os grupos com mais impacto são apenas os que se tornaram mais famosos internacionalmente, como BTS, EXO, Twice, Blackpink, Bigbang, Got7 e Monsta X.
Aqui, por vezes, as pessoas têm medo de gostar de grupos que não recebem prémios, não têm reconhecimento ou views, talvez porque não se podem gabar dos seus feitos. Eu sinto que os grupos com menos reconhecimento tentam não usar o conceito mainstream, que é o mais procurado pelo público português.
Talvez isto aconteça porque muitas pessoas ainda são de tenra idade e acabaram de vir do a-pop, onde todas as músicas têm o mesmo estilo. Mas eu peço-vos que “open your rice” e investiguem mais grupos, porque talvez, mas só talvez, vocês ainda vão descobrir um, com apenas 300.000 views que vai fazer o vosso coração saltar da boca.

 

HALO Portugal - Entrevista com os Administradores do Grupo

 

Jam: BTS, Exo, talvez Monsta X, Twice, Blackpink… yeah acho que em geral o pessoal segue muito os passos uns dos outros e vai por modinhas. Mais uma razão porque o fandom de Kpop não se expande i guess. Às vezes temos que pesquisar um pouco mais e sair da nossa zona de conforto e acabamos por encontrar algo menos conhecido mas que adoremos… O fandom português não faz muito isso.

Haru: Existe uma pequena lista de grupos que fazem muito sucesso cá em Portugal como por exemplo BTS, EXO, TWICE, BLACKPINK, entre outros… Pelo que eu observo no nosso país há mais tendência para gostar de grupos que são muito conhecidos, tais como os que citei anteriormente, isto pode acontecer ou porque as pessoas só agora entraram no K-Pop e estes realmente são os que têm maior influência e fama logo acabam por ser os que são mais fáceis de encontrar, porque as pessoas não se interessam muito a conhecer grupos com menos fama e conceitos um tanto quanto diferentes do que se está acostumado ou porque realmente preferem estes grupos com conceitos mais ‘bad boy’ ou fofo.

 

HALO Portugal - Entrevista com os Administradores do Grupo

 

ptAnime: É fácil encontrar produtos ligados a K-Pop no nosso país ou a variedade ainda é muito limitada? Algo que consegui constatar é que muitos dos álbuns que os fãs encomendam vêm sempre de fora. Existe algum motivo para tal?

Reika: Infelizmente as lojas ainda têm medo de apostar no K-pop em Portugal. Claro que este mercado tem vindo a aumentar, mas sinto que estamos num bom caminho. A Fnac tem começado a apostar, mas infelizmente ainda não põe muita coisa, mas as k-poppers portuguesas estão a fazer um bom trabalho em mostrar que nós também merecemos poder comprar os nossos produtos em lojas físicas.
Eu pessoalmente, vou sempre ter alguns problemas, porque gosto de grupos menos conhecidos, mas quem sabe, talvez daqui a uns anos possa ir à FNAC comprar os CDs dos meus pequeninos que são mais velhos que eu 😛

Jam: Sim agora até acho bastante fácil, há imensas lojas com produtos de Kpop e são mais ou menos variados. Encomendam os álbuns de fora, incluindo eu, porque são muito mais baratos do que os poucos que vendem cá XD

Haru: É difícil encontrar produtos de K-Pop à venda em lojas físicas no país onde vivemos, mas como só começámos a ter um conjunto grande de kpoppers atualmente isto não me surpreende, visto que se éramos poucos não valia a pena investir dinheiro a fazer este tipo de produtos pois não iria ter muita saída, no entanto penso que um dia conseguiremos começar a poder comprar mais produtos dos grupos que gostamos em lojas perto de nós.
Em relação aos álbuns, não sei se em todas mas já existem algumas lojas Fnac que já possuem, por vezes, álbuns de K-Pop à venda, porém ainda são na maioria ou até mesmo na totalidade de grupos bastante conhecidos, pois é o que obviamente dá mais lucro, e quem queira álbuns de outros grupos que não possuem tanta popularidade cá ainda têm que recorrer quase que obrigatoriamente a lojas internacionais online ou a lojas portuguesas online que se disponibilizam a encomendar os álbuns por aqueles que têm uma família que não é grande adepta da compra de produtos pela internet.

 

HALO Portugal - Entrevista com os Administradores do Grupo

 

ptAnime: Por algum motivo grupos muito famosos como BTS ou BigBang dão pouca importância à Europa. Porém existem grupos como os HALO que fazem questão de cá vir. Porque acham que isto ocorre?

Reika: Mesmo já tendo o bilhete, ao lembrar que eles vêm cá, até fiquei com olhos nas lágrimas 😛
As produtoras têm apostado mais em Portugal, porém ainda têm algum receio quanto a grupos grandes. Eu agradeço, porque pessoalmente gosto mais destes grupos. Os Halo são um grupo que merecia ter mais reconhecimento e talvez assim as pessoas comecem a procurar mais sobre eles e assim os façamos crescer.
Tenho um aviso a fazer, mas relembro isto é o que eu, Reika, sinto. Enquanto não esgotarmos os grupos underrated, não vamos ter os mais famosos, porque não é com 300/400 pessoas num concerto, que eles vão apostar em nós. Conhecidos meus, já me disseram, “ai, eu não vou, porque estou a poupar para o grupo x” e eu apenas pensei, “miga, por este andar, eles só vêm em 2025, por isso tens muito tempo”. Não me levem a mal, mas se forem pelo menos aos bilhetes de 30€ já é bom.

Jam: Esses grupos são demasiados grandes e famosos para a Europa que possivelmente não tem público suficiente para eles. Alias não me admirava se até esgotassem em Paris ou assim mas cá? Oh meninos e meninas tirem o cavalinho da chuva que eles não põem cá os pés XD e olha GRAÇAS A DEUS que os HALO fazem questão de cá vir porque são flopzinhos maravilhosos que têm uma fanbase pequena mas leal :)))) além disso os preços de grupos menos conhecidos são muuuito menos elevados o que faz com que as pessoas vão aos concertos com mais facilidade mesmo não gostando tanto do grupo.

 

HALO Portugal - Entrevista com os Administradores do Grupo

 

Haru: Bom falando no caso particular da vinda de grupos tão grandes a Portugal, nós ainda não temos público suficiente para grupos com tanta fama e relevância como BTS ou Big Bang, caso eles viessem ao nosso país os bilhetes de certo teriam um custo muito elevado e se nós já temos um público, em comparação com outros países, pequeno, este só diminuiria mais com os preços dos bilhetes. O facto de grupos grandes ‘ignorarem’ a Europa em geral eu não consigo identificar com uma certeza absoluta a razão, mas não deve ser muito diferente da justificação que eu dei para o caso do nosso país em particular.

Já para o facto de grupos menos conhecidos virem cá, eu diria que é fácil trazê-los porque grupos pequenos querem sempre obter mais reconhecimento e fazer concertos fora da Coreia ou até mesmo fora da Ásia no geral poderá ajudá-los a obter isso, além de que trazer um grupo ‘pequeno’ torna os preços mais baratos pois é pouco conhecido então não vão pedir valores exagerados, não vai muita gente (em comparação com outros grupos e países) ou seja não é preciso uma grande sala de espectáculo, o que também ajuda num preço baixo para os bilhetes, e por fim se não correr muito bem não irá dar um prejuízo enorme visto que a empresa não teve de investir muito para os trazer à Europa.

 

HALO Portugal - Entrevista com os Administradores do Grupo

 

ptAnime: Como conheceram os HALO? Por indicação de alguém ou descobriram por acaso?

Reika: Eu conheci-os através de um k-drama. O Ooon participou no “Sassy Go Go”, com o N dos VIXX. Os VIXX são aquele grupo muito especial para mim e eu fui ver o drama que o N estava a fazer. Achei engraçado o cantor também ser ator, então fui ver o elenco e descobri o Ooon e a Eunji, por consequência os Halo e as A-Pink.
No início, os Halo foram um pouco estranhos para mim, porque eu gostava de coisas mais pesadas e eles são tão fofinhos. Mais tarde comecei a ouvir mais grupos e pouco antes do concerto dos MyName em Lisboa, comecei a falar mais com o Haru e agora os Halo são o único grupo de concept fofinho que eu realmente gosto.

Jam: Descobri mesmo por acaso a “Fever” no Youtube e adorei a música... depois fiz uma pausa nos HALO e nunca cheguei a aprender os nomes deles nem nada. Até que saiu a “Surprise” e eu decidi dar stan oficialmente XD

Haru: Eu conheci os HALO por acaso na altura do seu debut quando estava na minha pesquisa de grupos ‘flops’ (não conhecidos) e acabei por adorar o álbum deles, entretanto com tantos grupos acabei por não lhes dar tanta atenção assim, porém vamos perdoar-me um pouco pois eu era muito novo no K-Pop e era um mundo enorme ainda por descobrir. Há pouco tempo atrás decidi que ia dedicar-me a conhecer o grupo muito bem e a dar-lhes a minha atenção, a partir daí eles tornaram-se os meus preferidos e eu decidi começar a falar um pouco mais deles, foi assim também que fiz a Reika (Joana) começar a dar-lhes atenção, pois ela também já tinha ouvido falar deles, e acabamos por arrastar a Bárbara também 😀

 

HALO Portugal - Entrevista com os Administradores do Grupo

 

ptAnime: O que vos faz gostar tanto dos HALO em particular? Têm algum diferencial dos outros grupos?

Reika: Eu não sei explicar o que me fez gostar deles, talvez o carisma, a presença, qualidade vocal. Outra coisa que gosto é que as danças não parecem de concept fofo, são danças mais elaboradas.

Jam: HALO são um grupo com concept cute em geral mas que também gostam de variar e arrasam sempre com cada comeback. E eu nem costumo gostar de conceitos cute mas eles são das poucas exceções porque literalmente TODAS as músicas são maravilhosas e os membros são uns amorzinhos que eu quero muito abraçar T-T

Haru: HALO foi um grupo que me conseguiu cativar de uma maneira que somente outros dois grupos conseguiram, não foi preciso muito para que eu gostasse deles. Têm sempre conceitos novos e encaixam-se neles perfeitamente (seja um conceito fofo, um conceito mais triste, um conceito “bad boy“…), coreografias maravilhosas, as capacidades vocais deles são muito boas, o seu rap é ótimo e algo muito importante é as personalidades de cada um, cada um deles tem a sua própria personalidade e são fiéis àquilo que são na realidade, eles não necessitam interpretar um personagem na frente dos fãs para que nós os HALOVES (nome do grupo de fãs dos HALO) os amemos e isso faz-me ter um respeito ainda maior por eles.

 

HALO Portugal - Entrevista com os Administradores do Grupo

 

ptAnime: Qual a vossa opinião sobre a empresa (Kazen Music) que vai organizar o concerto?

Reika: Eu não conheço a empresa pelo que não consigo dar uma opinião. Pelo que me contaram, é muito boa e já trabalhou com a Kinetic Vibe que já nos trouxe 2 excelentes grupos. Espero que tudo corra bem.

Jam: A Kanzen Music nunca trabalhou diretamente com Portugal maaaas se não me engano organizou os concertos dos MYNAME e 24K nuns países enquanto a Kinetic organizou os de cá… e foram os melhores concertos que já fui até agora. Por isso calculo que a Kanzen seja tão boa quanto a Kinetic e já se fez provar que deve ser mesmo. Respondem super rápido a mensagens, não tiveram atrasos a lançar as informações e escolheram a melhor venue de concertos possível para os HALO atuarem, o Lisboa ao Vivo! Parecem ser impecáveis 😊

Haru: Nunca tivemos esta empresa a trabalhar diretamente em Portugal mas se não me engano esta esteve na organização tanto do concerto dos MYNAME quanto no dos 24K juntamente com a KineticVibe e posso dizer que estes foram, para mim, os concertos que correram melhor por isso só espero algo muito bom da Kanzen.

 

HALO Portugal - Entrevista com os Administradores do Grupo

 

ptAnime: Para concluir, o que diriam aos nossos leitores que têm algum tipo de preconceito em relação ao K-Pop ou que não conhecem o género de todo? O que acham que é tão fascinante neste mundo?

Reika: Dêem uma oportunidade ao K-pop. Existem vários grupos com conceitos diferentes. Tanto temos os Bad boys/girls, como o fofo e até temos os Emos e os trevosos. Se explorarem vão encontrar, pelo menos 1 grupo que vos vai interessar.

Jam: Eu respeito quem não gosta porque é uma questão de gosto pessoal… agora quem odeia apenas por odiar acho simplesmente errado porque aí eles é que não nos estão a respeitar… mas pronto, haverão sempre pessoas assim infelizmente. Quem não ouviu deveria experimentar porque eu considero de facto o Kpop muito único em vários aspetos. E se conseguirem ultrapassar a barreira de linguagem vão gostar muito de certeza. Não se esqueçam que há imensos grupos e até sub-géneros por onde escolher XD

Haru: Eu não entendo o porquê de terem preconceito com este género musical sendo que este não só mistura música e dança mas que também a cultura sul-coreana. Neste mundo nós não apreciamos somente o pop coreano, apreciamos as coreografias dos grupos, apreciamos as letras de cada música, apreciamos a cultura dos nossos cantores preferidos pois esta difere bastante da nossa, apreciamos até mesmo as personalidades de cada membro de cada grupo e é isso que torna o K-pop especial para nós.

 

HALO Portugal - Entrevista com os Administradores do Grupo

 

ptAnime: Últimas palavras sobre os HALO virem a Portugal?

Reika: Peço a todos os K-poppers que invistam neste concerto, não falo no bilhete de 90€, mas pelo menos o de 30€. Não é muito dinheiro e vocês vão se divertir. Posso garantir que eu o Haru e a Jam vamos estar a morrer 😛 Juntem-se a nós neste concerto! 😀

Jam: O meu coração ate quase que pára sempre que me lembro que eles vêm cá e os vou conhecer… vai ser uma experiência inesquecível para mim e toda a gente sem dúvida e meu deus, nem quero imaginar a quantidade de lágrimas que vai haver (ainda mais do que já houveram) XD pessoal stanem HALO e não faltem ao concerto ❤

Haru: Eu estou eternamente grato por darem esta oportunidade a um país pequeno como o nosso, pois estão a concretizar o meu sonho, este que é conhecer os membros do meu grupo preferido, os HALO. Espero que apesar do dia da semana em que o concerto irá ocorrer (quinta-feira, 01/03/2018) não seja muito favorável ainda tenhamos lá muita gente pois estes homens merecem muito amor, tal como todos os outros grupos, e que HALO não caia no esquecimento depois do concerto porque eles são realmente talentosos.
Por último, não percam a esperança de ver o vosso grupo ao vivo porque eu apesar de não acreditar ainda tinha aquela esperança no meu coração e vou realizar o meu sonho por isso um dia vocês também irão! 😀

 

HALO Portugal - Entrevista com os Administradores do Grupo

 

Muitos obrigado aos três administradores do Grupo de Fãs – HALO Portugal que aceitaram a nossa entrevista e nos presentearam com tão boas respostas. Vou deixar-vos aqui os links para as redes sociais do Halo Portugal para que possam conhecer melhor o trabalho deste grupo!

HALO Portugal – Grupo de Fãs Facebook

HALO Portugal – Página Facebook

HALO Portugal – Instagram

HALO Portugal – Twitter

 

Deixo aqui também o link para que saibam todos os pormenores sobre o concerto, local, preço dos bilhetes e regras:

>> HALO – Concerto Kpop em Lisboa! <<

 

Agradecemos de novo a disponibilidade do HALO Portugal! Passem pelo grupo e demonstrem o vosso apoio. Quem vai ao concerto?

 

0 comentário


Loading...

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.