Homem Apreendido por Ameaçar Square Enix referindo Fogo da KyoAni

por Pedro Costa
Homem Apreendido por Ameaçar Square Enix referindo Fogo da KyoAni

A polícia em Shinjuku (Tokyo) prendeu um homem de 40 anos que trabalha na indústria de entregas por alegadamente enviar uma ameaça e criar obstrução forçada ao negócio da Square Enix. Alegadamente, o homem enviou uma mensagem ameaçadora para a empresa sediada em Shinjuku através do formulário de inquérito do seu website, a 23 de julho 2019.

 

Homem Apreendido por Ameaçar Square Enix referindo Fogo da KyoAni

 

De acordo com a polícia, o homem exigiu dinheiro de volta de um jogo e ameaçou repetir o incêndio que ocorreu na Kyoto Animation a 18 de julho. Alegadamente, o homem admitiu à polícia que ele estava zangado após perder um jogo e decidiu mandar a mensagem. A polícia observou que o jogo em questão é um jogo para smartphone para o qual o suspeito está registado. A polícia afirmou ainda que uma procura à casa do homem não resultou na descoberta de gasolina ou materiais relacionados.

 

Num incidente similar, a polícia prendeu um homem de 25 anos, funcionário de um lar de idosos, a 29 de março por enviar uma mensagem ameaçadora à Square Enix. Na mensagem, o homem ameaçou matar o staff da empresa.

 


Incêndio na Kyoto Animation!


 

Adicionalmente, em julho, a polícia prendeu um trabalhador de 63 anos, em Sapporo (Hokkaido), por enviar uma mensagem ameaçadora referindo a Kyoto Animation através da app LINE. Alegadamente, o suspeito enviou uma mensagem ao seu ex-superior, um funcionário de lar de idosos de 36 anos, a 25 de julho. A mensagem dizia: “Vou para me vingar. Talvez sejaa versão de Hokkaido da KyoAni?”

De acordo com a polícia, o suspeito admitiu ter enviado a mensagem por vingança mas afirmou tratar-se de uma piada. Reportadamente, o suspeito foi despedido do seu trabalho no lar, em junho, devido a uma pobre atitude de trabalho.

 

Fonte: Anime News Network

 

0 comentário

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.