Jung Joon Young admite Crimes em Carta de Desculpa

por Cátia Coelho
Jung Joon Young admite Crimes em Carta de Desculpa

No dia 13 de março (KST), o artista Jung Joon Young partilhou uma carta de desculpas na qual ele admite crimes que foram assunto de enorme controvérsia, ultimamente.

 

Jung Joon Young admite Crimes em Carta de Desculpa

Jung Joon Young admite Crimes em Carta de Desculpa 1

 

A declaração foi a seguinte:

Eu escrevo-vos com vergonha e culpa.

 

Eu, Jung Joon Young, mais uma vez percebi a gravidade desta situação depois de regressar à Coreia no dia 12 de março. Embora já seja tarde, peço desculpas através desta carta a todas as pessoas que demonstraram interesse em mim e me deram uma segunda oportunidade.

 

Em relação ao que está a ser dito em relação a mim, admito todos os meus crimes. Eu filmava mulheres sem o consentimento delas e partilhava numa sala de conversação nas redes sociais, e enquanto fazia isso, não senti um grande sentimento de culpa.

 

Como figura pública, era um ato anti-ético digno de crítica e de uma atitude tão impensada.

 

Mais do que qualquer coisa, eu me ajoelho e peço desculpas às mulheres que aparecem nos vídeos que souberam sobre essa verdade hedionda quando o incidente veio à tona, e para as muitas pessoas que devem estar zangadas com a situação sobre a qual elas não podem conter sua decepção e espanto.

Estou a retirar-me de todos os programas que aparecia e suspendo todas as atividades na indústria do entretenimento. Vou agora encerrar todas as minhas atividades como uma figura pública que não é auto-refletiva, e vou refletir o resto da minha vida sobre minhas ações imorais e ilegais relacionadas aos crimes.

 

Mais do que qualquer outra pessoa, peço desculpas às mulheres que passaram por grandes sofrimentos devido às minhas ações, às muitas pessoas que devem sentir raiva ainda mais do que desapontamento, e às muitas pessoas que me tornaram uma figura pública e me valorizaram.

 

Sinceramente, participarei sem falsidades nas investigações que começarão na manhã de 14 de março e aceitarei punição pelas minhas ações.

 

Mais uma vez peço desculpas, profundamente. Sinto muito.

 

Terça-feira, 12 de março de 2019

Jung Joon Young

 

Após os relatos de que o Jung Joon Young fazia parte de um chat nas redes sociais onde eram partilhados videos ilegalmente obtidos através de câmeras, ele foi registado junto com outros pela polícia no dia 12 de março. A sala de bate-papo, que também inclui o Seungri dos BIGBANG e outros membros, incluindo ainda mais celebridades, veio à tona pela primeira vez no dia 11 de março devido a um relatório da SBS funE.

 

>> Para mais notícias de K-pop, cliquem AQUI

 


Artigos relacionados

Jus2 falam sobre o Yugyeom ser Líder e Mais

Empresas tomam Ações Legais para Protegerem Grupos

Top Boy Groups mais Reputados de Março 2019 – KPOP


 

Fonte: Soompi

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.