K-Pop – O Melhor do Mês de Dezembro de 2020

por Baltas
K-Pop – O Melhor do Mês de Dezembro de 2020

Chegou ao fim um ano que ficará para sempre marcado na história da humanidade. Resta-nos saber que marcas deixará que se poderão prolongar para 2021 (ou até por mais tempo).

Apesar de tudo, o K-Pop teve um ano bastante produtivo e de excelência, tendo em conta as circunstâncias que todos conhecemos. Dezembro foi provavelmente o mês mais brando do ano, mesmo com vários ótimos lançamentos.

Como já é norma, esta lista é constituída por 10 entradas, sem qualquer ordenação, apenas listando os lançamentos de novembro que considero serem os melhores. Obviamente, poderão haver omissões que são escandalosas para vocês, mas espero que compreendam.

Sem mais demoras, deixo-vos aqui 10 recomendações relativas ao mês de dezembro de 2020!

 

K-Pop – O Melhor do Mês de Dezembro de 2020

 

IZ*ONE – Panorama

 

Muita gente conseguiu ouvir esta música antes do seu lançamento, graças à atuação do grupo feminino nos MAMAs de 2020.

Considero que a nível de MV, este é o melhor até agora partilhado pelas IZ*ONE, tudo muito bem trabalhado, com uma grande qualidade. Devo realçar também a qualidade do guarda-roupa para este comeback. Todas as membros estão absolutamente fantásticas! (Fiquei especialmente surpreendido com a Eunbi)

A música mantém um elemento bastante viciante que já é característico das IZ*ONE, por mais que se ouça, não é possível cansar-se.

A nível geral, isto parece-me uma mistura de elementos das anteriores faixas principais do grupo projeto.

 

BoA – Better

 

2020 marcou o 20º aniversário deste a estreia desta lenda da indústria. Esta longevidade é rara hoje em dia e merece ainda mais elogios.

Como não poderia deixar de ser, a SM aplicou-se na criação e desenvolvimento do MV, que está sublime. Com cenários absolutamente magníficos dignos desta artista. A música, com um instrumental cativante, um bass estrondoso e um pouco misterioso, está fantástica e possibilita um pouco de flex dos vocais da BoA.

Penso que para além de mais um comeback (que pode vir a ser) icónico, é uma excelente forma de celebrar os 20 anos de carreira desta lenda do K-Pop.

 

NCT – RESONANCE

 

RESONANCE é algo que não se vê todos os dias, mas é algo que a SM é especialmente boa a fazer. Uma espécie de mash-up de várias músicas. À semelhança do que já fizeram com os SHINee e com os SuperM, acho que a SM tentou ir um pouco mais longe com esta música dos NCT.

Por falar em música, penso que RESONANCE não se preocupa tanto com o aspeto musical da faixa, colocando mais ênfase na coreografia, no aspeto grandioso que é colocar 23 rapazes num vídeo e elevá-los para um patamar mais alto. Acho que as faixas escolhidas, “Make A Wish“, “90’s Love“, “Work It” e “Raise the Roof“, fazem com que isso seja atingido, com em grande estilo.

 

Rain e Park Jin Young – Switch To Me

 

É sempre bom ver aluno e professor juntarem-se. É exatamente o caso que aqui se verifica. Para quem não sabe, o Rain estreou-se na JYP, liderada por este mesmo homem, Park Jin Young.

Escrita pelo Park Jin Young, esta música conta uma história de um a tentar superar constantemente o outro, à procura de impressionar uma mulher (spoiler: nenhum deles fica com ela).

Sinto que esta música tem um aspeto no instrumental que a faz parecer retro e adoro isso. Adorei também o refrão, cada um teve o seu tempo para brilhar e está super viciante.

Com um MV bastante bem conseguido e com alguns momentos cómicos, este é um lançamento que tem tudo para dar certo e ficar no ouvido de muita gente em 2021.

 

Ravi – Pause

 

Esta música faz parte de uma campanha de sensibilização contra crimes cometidos contra mulheres. Achei isto uma ótima iniciativa por parte do ministério coreano.

A música em si também é muito boa e penso que ajuda o Ravi a espalhar a sua qualidade enquanto artista, para além de lhe dar uma boa imagem ao participar em iniciativas como esta.

 

ONEWE – A book in Memory

 

Mais do que qualquer outro aspeto, esta música permite que os vocalistas brilhem. Uma balada emotiva, com um instrumental muito bonito. A banda está de regresso ao que, na minha opinião, faz melhor: as baladas.

Mais uma vez, o Yonghoon mostra a sua qualidade inegável. Ele tem uma voz realmente boa, que merece mais reconhecimento, tal como os restantes membros da banda.

 

Jun.K – 30 Minutes Might Be Too Long

 

Este vídeo aparenta estar dividido em secções e foca-se mais em contar uma história. Começa com um homem a fugir, a passar constantemente pelo mesmo quarto, aterrorizado, apenas mudando o local onde se encontra uma mulher, presumidamente a ex-namorada, passando então por outros cenários um pouco mais questionáveis.

Eis que então entra em cena o Jun.K, que agradece a todos que estão na gravação do MV e envia uma mensagem para a mulher que desempenhou o papel da ex-namorada maluca. Vemos então vários segmentos dele mesmo a preparar-se para que será um encontro com a mulher. Com ambos à mesa podemos ver que aparentemente há uma mudança de papéis e agora é o Jun.K que assume um papel mais sombrio.

Adorei o storytelling deste MV, é refrescante ver este tipo de coisas de vez em quando. Penso que é uma excelente alternativa aos MVs que todos conhecemos. A música em si é ótima e complementa-se muito bem com o vídeo.

 

TWICE – Cry For Me

 

Fiquei extremamente insatisfeito por não haver qualquer MV para esta música (pelo menos até ver).

Cry For Me” é uma reinvenção das TWICE que continuam a provar a sua versatilidade que têm demonstrado nos últimos tempos. De imaginar que um grupo que cantava faixas como “What Is Love?” agora questione a pureza do amor e a sua natureza manipulativa, com uma faixa tão obscura e ao mesmo tempo, tão cativante.

Pelo que consegui saber, este é um single de pré-lançamento. Para o que? Não consegui descobrir… Talvez uma versão recompilada de “Eyes Wide Open”? Um novo álbum?

De qualquer das maneiras, os meus parabéns às TWICE que continuam a surpreender, ano após ano.

 

Yezi – Raning All  Night

 

Sinto que este foi ano muito bom para a Yezi. A antiga rapper das FIESTAR, teve um ano bastante produtivo ao nível da sua carreira a solo com faixas de grande qualidade.

Desta vez optou por algo mais calmo, mais melancólico pelo que percebi pela letra da música. Pensamentos obscuros, bebida, solidão, todos estes são temas que giram em torno desta faixa. Considero que esta pode ser uma música muito relatable para muita gente que possa estar a passar por um mau bocado ou por alguma fase menos boa.

 

Baekhyun – Amusement Park

 

Acho que ninguém esperava mais algum lançamento do Baekhyun em 2020 mas cá está ele com “Amusement Park“. Com um instrumental claramente influenciado pela época festiva, esta trata-se de uma música bastante relaxante, um pouco ao estilo “background music” – no sentido em que pode ser colocada a tocar enquanto fazemos outras tarefas.

Focada em colocar os holofotes nos vocais suaves e doces do Baekhyun, esta música R&B deixa-nos quentes por dentro, numa altura em que bem precisamos.

Em vez de um MV, no seu verdadeiro significado, temos uma espécie de live video em que o Baekhyun canta a música, em frente a um carrossel, que faz um grande plano de fundo, acabando por misturar a emoção e felicidade de uma criança, com uma música doce, intimamente ligada a esta altura do ano.

 

Podem ouvir todas as músicas desta lista no Spotify (inclui mais sugestões para além das mencionadas acima):

 

E damos por concluída a lista relativa a dezembro de 2020! Concordam com as minhas escolhas?

Até ao próximo mês!

 

>> Para mais notícias sobre K-pop, cliquem AQUI

 


Artigos relacionados:

Top 10 Músicas de Boy Groups de 2020 – KPOP

Top 10 Músicas de Girl Groups de 2020 – KPOP


 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.