K-Pop – O Melhor do Mês de Julho 2018

por Nayuki
KARD fazem Comeback de Verão com o MV Ride On The Wind

Olá amigos! Fim do mês e sabem o que isso significa: que a Nayuki andou a ouvir dezenas de músicas e escolheu as melhores – na sua opinião – para partilhar com vocês! No geral, achei que foi um mês bem morno. Tirando um ou outro comeback, não me apaixonei por muita coisa.

 


Vejam aqui todos os artigos relativos às Recomendações Mensais de K-Pop


 

Também vale a pena referir que sou um ser humano normal e que não consigo, nem de perto, ouvir tudo o que é lançado num mês. O que vos recomendo sempre a fazer é a partilhar as vossas escolhas pessoais nos comentários para que os outros leitores possam ouvir também! Neste artigo eu nunca incluo os álbuns lançados no Japão.

 

K-Pop – O Melhor do Mês de Julho 2018

 

Lovelyz – Wag-zak

Não vou entrar de novo na questão do “não gosto do conceito extremamente fofo“. Se me abstrair disso, consigo reconhecer que o MV está com uma produção muito boa e que a própria música ficou muito boa. Uma melodia mais descontraída e que fica na cabeça. As Lovelyz não são um grupo que entra nas minhas playlists muito frequentemente, mas ainda assim costumo ouvir os lançamentos.

 

Mamamoo – Egotistic

Tudo o que eu gosto num girl group é encarnado pelas Mamamoo. Quando eu penso que elas não me podem surpreender mais, as quatro fazem-no e de que maneira. Starry Night tornou-se uma das músicas que eu mais ouço e adoro. O grupo lançou no meio deste mês o álbum Red Moon. De todas as músicas, Egotistic ganhou o meu coração. Produção brutal, ousadia, letra e beleza.

 

Seventeen – Oh My!

O novo álbum dos Seventeen – You Make My Day – está repleto de músicas que não nos saem da cabeça!  Demorei alguns anos, mas hoje em dia sou completamente rendida ao trabalho deles, tendo-se tornado um dos meus grupos favoritos. Passei o mês inteiro a cantar Oh My.

 

Ashley – Here We Are

Mais uma vez trago-vos uma música de um integrante das Ladies Code a solo. Desta vez o debut da Ashley. Gostei muito da vibe da música e do MV – francamente bem produzido. Ouvi-la sozinha também me surpreendeu. Espero que possamos ouvir mais dela brevemente.

 

Triple H – Retro Future

Tal como prometido, o “união” Triple H voltou. Como já referi várias vezes adoro os Pentagon, mas a HyunA é uma daquelas artistas que nunca me convenceu a 100%. Ainda assim era de esperar que esta música fosse muito boa e bem produzida. O MV diferente também ajuda.

 

Seungri – Where r u from

Um álbum inteiro de um membros dos BigBang! Obviamente que já se esperava que fosse muito bom e com uma veia de EDM. Adoro o Seungri individualmente. Agora é só esperar que os BigBang também lancem algum trabalho porque nós estamos cheios de saudades.

 

Kard – Rise on the wind

O mini-álbum dos KARD foi um dos comebacks mais aguardados do mês! Tratando-se de um dos grupos mais queridos do público português penso que não desiludiram com a sua volta. Rise on the Wind não é o melhor que ouvi deles sendo sincera, ainda assim o som diferente e a junção das vozes masculinas e femininas funciona sempre bem. A música que mais gostei do álbum foi Dímelo.

 

Menções honrosas:

 

Se quiserem podem ouvir todas as músicas indicadas na playlist que criei no Spotify – ou pelo menos aquelas que encontrei na plataforma…

 

0 comentário

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.