Kemushi no Boro – Curta de Miyazaki tem Tema por Joe Hisaishi

por Pedro Costa
Kemushi no Boro - Curta de Miyazaki tem Tema por Joe Hisaishi

Esta quarta-feira, a curta anime “Kemushi no Boro” (Boro the Caterpillar), o primeiro trabalho de Hayao Miyazaki desde Kaze Tachinu, estreou numa exibição antecipada no Ghibli Museum. A curta termina com um tema de piano pelo lendário Joe Hisaishi, colaborador de longa data de Miyazaki-sensei.

 

Kemushi no Boro – Curta de Miyazaki tem Tema por Joe Hisaishi:

Kemushi no Boro - Curta de Miyazaki tem Tema por Joe Hisaishi

 

O comediante Tamori é o responsável por toda a banda sonora da curta, com excepção do tema de Hisaishi-sensei durante a cena final. As contribuições de Tamori incluem a voz da titular lagarta e todos os efeitos sonoros.

(Nota: Tamori, e a cantora Akiko Yano, também usaram apenas as suas cordas vocais para criar toda a banda sonora, incluindo vozes, música e efeitos sonoros, para a curta de 2006, “House Hunting”, também por Miyazaki para o Ghibli Museum. Similarmente, o mestre usou vozes humanas para criar muitos dos efeitos sonoros para máquinas, e até o terramoto, em “Kaze Tachinu”.)

 

Kemushi no Boro - Curta de Miyazaki tem Tema por Joe Hisaishi

 

Hayao Miyazaki concebeu, escreveu e realizou a curta, a qual tem a duração de 14 minutos e 20 segundos.

A curta centra-se em Boro, um lagarta acabada de sair do seu casulo, à medida que este acorda com olhar virgem e dá os seus primeiros passos num mundo recheado de amigos e inimigos. Miyazaki tenta descrever o mundo como se fosse visto por um insecto, começando quanto este não tem sequer um milímetro de comprimento.

 

Antes da ante-estreia, o diretor do museu Kazuki Anzai transmitiu alguns comentários de Miyazaki-sensei sobre a curta.

O mestre tem estado a “remoer” na ideia para este filme desde a escolaridade primária, há 67 anos atrás, e agora ele conseguiu finalmente concretizá-la. Expressou ainda a sua gratidão para com Tamori, dizendo que se não fosse por ele, este filme não teria sido concluído.

Miyazaki lembrou-se de quando lhe foi ensinado sobre a fotossíntese das plantas na escola primária, ele ficou fascinado em como ele poderia ver isso em ação. Ele perguntou-se se uma lagarta consegue ver as partículas no ar, se as folha sabem a gelatina quando esta as morde e se, para ela, as vespas se assemelham a “drones que zumbem em voltas dos campos de batalha modernos”. Então, ele fez um filme assim.

 

 

A curta anime vai, oficialmente, estrear no Saturn Theater do museu, a partir de 21 de março, ficando em exibição até ao final de agosto. Entre 14 de março a agosto, o museu vai, ainda, ser anfitrião de uma exposição com os ‘imageboards’ que Miyazaki-sensei e outros artistas criaram para a curta.

 

Kemushi no Boro - Curta de Miyazaki tem Tema por Joe Hisaishi

 

Relembramos, que Hayao Miyazaki está, igualmente, a trabalhar na longa-metragem Kimi-tachi wa Dō Ikiru ka (How Do You Live?), cujo título deriva da obra prima literária de 1937, com o mesmo nome, por Genzaburō Yoshino.

 


Artigos Relacionados:

Studio Ghibli – Género do Filme de Miyazaki e Novo Presidente

Hayao Miyazaki revela Título e Timeframe do Novo Filme

Hayao Miyazaki procura Animadores para Novo Filme!


 

Fonte: Anime News Network

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.