Kingdom Hearts – Tetsuya Nomura fala do futuro da série

por Pedro Sanches
Kingdom Hearts Melody of Memory Trailer e Informações Reveladas

O diretor aborda o futuro da série através de uma entrevista para  comemorar o lançamento do mais recente jogo, Kingdom Hearts: Melody of Memory.

 

Kingdom Hearts – Tetsuya Nomura fala do futuro da série

 

O objetivo na Criação de Melody of Memory: um jogo de ritmo temático de Kingdom Hearts

 

Dengeki Online: Tanto o jogo quanto a banda sonora oficial foram lançados no mesmo período. Diga-nos que tipo de pedido foi feito a Indieszero (conhecidos por desenvolverem a série Theatrhythm) ao desenvolver Memory of Melody.

Tetsuya Nomura: A proposta deles, em poucas palavras, pode ser descrita como “Theatrhythm: KINGDOM HEARTS edition”. No entanto, eu não queria torná-lo uma cópia de Theatrhythm Final Fantasy e apelidar de Kingdom Hearts.

Dengeki Online: Então o objetivo era que fosse semelhante, mas completamente diferente do Theatrhythm?

Tetsuya Nomura: Correto. Pedi à Indieszero para combinar a ação de Kingdom Hearts com o género rítmico. Como podem imaginar, foram necessários muitos testes e tentativas, porque é complicado colocar essas duas peças juntas de maneira adequada. Também queríamos fazer com que o jogo não parecesse muito intrusivo visualmente, para que as pessoas não se sentissem mal a jogar.

Dengeki Online: Compreendo. Existem ataques e magia utilizando a Keyblade, então o jogador pode realmente sentir que está a jogar um Kingdom Hearts.

Tetsuya Nomura: Fico feliz que diga isso. Afinal, esse era o principal objetivo deste projeto.

Dengeki Online: A Kairi terá um papel especialmente importante como “narradora” deste jogo. Poderia elaborar um pouco mais sobre isso?

Tetsuya Nomura: Na história do jogo, a Kairi vai recapitular toda a história da série Kingdom Hearts até agora, de uma forma que mesmo jogadores mais novos possam digerir facilmente. No entanto, é impossível entrar nos pormenores mais detalhados, por isso, se o jogador ficar curioso sobre uma certa parte da história, eu recomendo fortemente que este jogue o respetivo jogo e aprecie a história por si mesmo em toda a sua plenitude.

Dengeki Online: O jogo contém um total de 140 músicas. Alguma música foi sugerida pessoalmente pelo senhor, Nomura-san?

Tetsuya Nomura: Nenhuma em particular. Acho que o meu pedido inicial era incluir o máximo de músicas possível, já que eu não queria implementar mais num hipotético pacote DLC.

 

Olhando para o futuro da série Kingdom Hearts

 

Dengeki Online: A seguir, vamos falar sobre as perspetivas futuras da série. Com Kingdom Hearts III, uma saga [a saga dos Seekers of Darkness] acabou. Mas ainda há muitos mistérios em torno das personagens, correto?

Tetsuya Nomura: Claro. Quero fazer algumas mudanças na história, mas também quero ter a certeza de que as pistas e implicações até agora podem ser facilmente compreendidas e conectadas à nova história.

Dengeki Online: Em Kingdom Hearts Union Cross Dark Road, mergulhamos no passado de Xehanort. Então, isso significa que veremos mais dele no futuro da série?

Tetsuya Nomura: Para ser sincero, Dark Road não era um projeto que levasse os títulos futuros em consideração. Era mais um projeto que a equipa Kingdom Hearts Union Cross estava a pensar em fazer e que está em segundo plano há algum tempo. A saga de Xehanort termina com Kingdom Hearts III, mas podemos ver claramente na história de Melody of Memory que a sua influência muda a atmosfera, mesmo que apenas um pouco. No entanto, não acho que Xehanort se tornará o principal antagonista nos títulos futuros.

Dengeki Online: Uma das principais vantagens de Kingdom Hearts é como é sempre criada a atmosfera para uma continuação. É algo que o senhor costuma pensar ao desenvolver o jogo? Exemplo: Ao desenvolver Kingdom Hearts I, antecipou a existência do nobody de Sora – Roxas?

Tetsuya Nomura: Sempre que penso numa história, tento torná-la o mais extensível possível. Por exemplo, ao desenvolver Kingdom Hearts I, pensei na sua sequência, Kingdom Hearts: Chain of Memories. No entanto, nem tudo o que pensei acabou dando frutos. Um desses casos é Kingdom Hearts Dark Road, onde eu realmente não pensei muito sobre isso.

Dengeki Online: A série Kingdom Hearts começou na PlayStation 2. No entanto, não houve novos lançamentos para a PS3 ou a PSVITA (em vez disso, o que aconteceu é que remasterizações de KH1 e 2, apelidadas de KH1.5 e KH2.5 foram lançadas). Por que não houve um salto para um novo hardware?

Tetsuya Nomura: Tive algumas ideias para lançar novos títulos na PS3 e na PSVITA. Especialmente porque… a PSVITA, para uma consola portátil, tinha um hardware robusto e podia estar apta para a tarefa. No entanto, esses planos nunca se concretizaram totalmente, principalmente porque, na época, eu estava envolvido no desenvolvimento do Final Fantasy Versus XIII.

Dengeki Online: O novo jogo Kingdom Hearts vai tirar proveito das poderosas tecnologias oferecidas pela nova PlayStation 5 e XBOX Series X / S?

Tetsuya Nomura: Não podemos dizer que temos planos para fazer isso agora, mas se Kingdom Hearts viesse para estas consolas de nova geração, certamente seria um retardatário [basicamente, o jogo provavelmente não será lançado no primeiro ano de lançamento das consolas].

 

A banda sonora de Kingdom Hearts para sempre gravada na história

 

Dengeki Online: Um dos assuntos mais comentados em Kingdom Hearts é a música. Particularmente, as músicas compostas por Yoko Shimomura. Por que é que decidiu que ela seria perfeita para o trabalho?

Tetsuya Nomura: Recebi uma recomendação do departamento de música da Square. Na época, eu tinha trabalhado com ela no jogo Parasite Eve [PlayStation 1 lançado em 1998 pela Squaresoft. Era um tipo único de RPG, conhecido como RPG cinematográfico.]

Dengeki Online: As suas músicas são populares no Japão e no exterior.

Tetsuya Nomura: Para ser sincero, eu fiquei muito surpreendido. Quando os fãs estrangeiros a chamavam de “Deusa” e como me chamavam de “Pai”, honestamente fiquei bastante surpreendido que esses apelidos existissem para nós.

Dengeki Online: Qual foi o seu primeiro pedido a Shimomura-san?

Tetsuya Nomura: Foi quando eu quis fazer um arranjo de batalha para todas as canções dos mundos. Como sabe, cada mundo em Kingdom Hearts tem uma música de stage e uma música de batalha. Eu queria que elas fizessem com que o jogador se sentisse como se estivesse num parque temático.

Dengeki Online: O que acha das músicas dela, do seu ponto de vista?

Tetsuya Nomura: Hmm … as músicas soam a muitas emoções …? Elas parecem-se com drama …? [NOTA: Os tempos no japonês original mostram que ele está completamente inseguro.]

Dengeki Online: Além de Shimomura-san, também temos outros compositores bem estabelecidos para a série Kingdom Hearts, como Takeharu Ishimoto e Tsuyoshi Sekito.

Tetsuya Nomura: Eu acredito que foi durante o processo de desenvolvimento de Kingdom Hearts: Birth of Sleep que pedimos para que eles escrevessem. Ishimoto está envolvido com a série Dissidia, bem como com The World Ends with You. Ele é ótimo a criar músicas de aparência descontraída. Quanto a Sekito … o seu forte é criar canções alegres e empolgantes. Ele também tem uma relação próxima com a equipa de desenvolvimento em Osaka, então é muito fácil solicitar músicas desse tipo para coisas como a interface de utilizador [exemplo: Mapa do mundo] ou minijogos.

Dengeki Online: Por fim, deixe um comentário a todos para encerrar a entrevista.

Tetsuya Nomura: Estamos orgulhosos de termos lançado Kingdom Hearts Melody of Memory e a banda sonora de Kingdom Hearts III. Tanto eu quanto a equipa esperamos que todos os jogadores aproveitem ao máximo. Após o lançamento de Melody of Memory, a série provavelmente fará uma pequena pausa (sem anúncios e / ou coisas novas) até 2022. 2022 marca o 20º aniversário de KH, então planeio partilhar algumas ótimas notícias nessa altura.

 

Kingdom Hearts Melody of Memory foi lançado para PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch, no dia 11 de Novembro para o Japão e no dia 13 de Novembro para o Ocidente.

 


Artigos relacionados com Kingdom Hearts


 

Fonte: KH13 | Dengeki Online

 

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.