Made in Abyss – Opinião Episódio 12

por Usagi Wright
Made in Abyss - Opinião Episódio 12 Kiwi doença

>>> ESTE ARTIGO CONTÉM SPOILERS! <<<


 

Quem é que começou a ver este episódio e a pensar “Ui, será que me enganei no anime?“?

 

Made in Abyss – Opinião Episódio 12

Tal como no seguimento do episódio anterior, o episódio 12 de Made in Abyss foi repleto de explicações. No entanto, o mesmo poderia ter sido melhor aproveitado. Para quem não sabe se vai ter uma 2ª temporada, o ritmo está demasiado baixo. Compreendo, porém, que tudo seja uma estratégia para o episódio final ser ESPETACULAR, mas vamos lá… dêem-me mais direção.

 

Made in Abyss - opinião episódio 12

 

O episódio desta vez decidiu focar alguns minutos no mundo cá em cima: algo que não se via há “bastante tempo” e fiquei feliz com isso. De modo leve, a explicação dada com a maldição do “aniversário” fez-nos pensar que a maldição do Abismo também afeta a superfície, aliás, eles afastaram-se da cidade, para o meio do mar, e o Kiwi recuperou (não que eles soubessem, mas essa parece ser a melhor explicação).

 

Made in Abyss - Opinião Episódio 12 Kiwi doença

 

made in abyss - opinião episódio 12 barco

Isto fez lembrar muito o design do Studio Ghibli.

 

No meio disto tudo, aproveitaram para apresentar uma nova personagem. Vê-se que ela não é simplesmente “figurante” uma vez que teve alguma atenção, no entanto, não sei até que ponto terá alguma relevância para a história – se bem que tendo só mais um episódio, não a vejo a ser devidamente desenvolvida, mesmo que fosse importante.

Passando para dentro do Abismo, e novamente, tal como no episódio anterior, tivemos momento de comédia “boba” entre a Nanachi e o Reg. Desta vez, a escolha de eleição foi para os dotes culinários da coelha que… são uma desgraça. Vemos o quão importante é saber cozinhar minimamente bem para que a aventura se torne mais fácil. “Um bom Cave Raider é um Cave Raider bem alimentado.” – palavras de Usagi.

 

made in abyss - opinião episódio 12 nanachi food

 

Mas o mais importante, enquanto a Nanachi fazia a sua mistela, foi a informação dada sobre a Mitty. Primeiro que ela não devora humanos e segundo que ela possui uma habilidade extremamente importante para quem se vê num local cheio de “predadores venenosos”.

A verdade é que desde que a conheci até agora, a minha simpatia por ela foi crescendo (eu tenho realmente pena de tudo aquilo em que ela se transformou, mas irei abordar melhor isto quando mencionar aquele final tenebroso). O curioso foi também quando o Reg questionou a Nanachi sobre o passado delas as duas… A resposta dela deu a entender que algo de muito bom não vem por aí, acredito que possamos esperar coisas macabras (possivelmente no manga, mas eu queria que fosse já no próximo e último episódio).

 

made in abyss - opinião episódio 12

Que situação mais estranha…

 

A Nanachi realmente já se encontra no Abismo há tempo suficiente para entender como tudo se processa, aliás a explicação que ela forneceu ao Reg sobre a maldição foi bastante acessível. Estando ela (a maldição) ligada ao campo de força, pode-se assim entender porque existem alguns lugares onde o tal “manto” não consegue chegar, ou melhor, onde não tem assim tanto “poder” e força. Também se ficou a perceber que: quando mais a fundo se vai mais forte é este campo e por isso mais complicado e mais consequências se tem quando se tenta subir e “romper” a película.

 

made in abyss - opinião episódio 12

 

Podemos comparar este fenómeno ao que se vê na arte do mergulho, na qual o mergulhador ao subir tem de o fazer de forma lenta e pausada, correndo o risco de provocar lesões no sistema nervoso. E quanto mais profundo o mergulhador vai, maiores e perigosas são as lesões ao subir.

Outra explicação que ela também forneceu (e muita gente não entendeu em comentários), foi a de que os animais/monstros do Abismo estão ligados a essa tal película/maldição/campo de força e têm sensibilidade às coisas vivas e conscientes, conseguindo prever os movimentos futuros desse ser. Desse modo, é lógico que quanto mais fundo se vai no Abismo (e mais força tem o campo de força e a maldição), maior é a habilidade dos monstros que, por isso, são também eles mais fortes.

 

made in abyss - opinião episódio 12 reg e orbe

 

No caso da luta do Reg com o “porco todo espinhoso” (como gosto de lhe chamar), temos duas opções:

  • Ou a Nanachi possui também esta habilidade e por isso conseguiu prever os movimentos do Orbe;
  • Ou como era a Nanachi que estava a dar ordens ao Reg sobre o que fazer e ele não pensava naquilo, não estava consciente sobre os seus actos, então o Orbe não conseguia prever nada.

De uma forma ou outra, a explicação faz sentido neste mundo. Só queria entender se estas consequências afetam só humanos, se afetam também algumas das criaturas de cada camada ou se só não afeta o Reg porque ele é um robot.

Para finalizar, não podia deixar de falar da parte da Mitty e do pedido da Nanachi ao Reg. Eu a ver a cena do sonho da Riko mais o pedido final de matar a Mitty, só me veio uma situação à cabeça: eutanásia.

 

made in abyss - opinião episódio 12 riko e mitty

 

Aquele sonho nada mais quis significar o sofrimento e desespero da Mitty e da Riko ao estar num corpo sem consciência. As duas conectaram-se por estarem em situação idêntica e perceberem as dores uma da outra. A Mitty passou de um ser consciente e racional para um ser irracional que simplesmente vive. A Riko passou de uma pessoa plenamente dotada de todas as capacidades para um ser que vive e respira porque está “ligado às máquinas” (aqueles cogumelos podem ser vistos dessa forma).

O pedido da Nanachi ao Reg foi praticamente uma eutanásia. Acabar com alguém que está em sofrimento por não poder tomar as próprias decisões. Mais cedo ou mais tarde teríamos de contar com esta situação. Se realmente estas duas personagens se tratarem de ex-cave raiders acredita-se que estes tenham um pacto entre si de pôr fim à vida daqueles que ascendem da sexta camada e perdem toda a humanidade. Tenho quase a certeza que tal existe, até porque a Nanachi tem de permanecer escondida para que não seja morta pelos outros cave raiders.

 

made in abyss - opinião episódio 12 nanachi

🙁

 

Um bom episódio (melhor que o episódio anterior) mas que podia ter mostrado um pouco mais. Só espero que no próximo (e último!) episódio de Made in Abyss eles consigam mostrar pelo menos até ao início da sexta camada… Mas vamos esperar para ver.

Até ao próximo capítulo!

 

Pensamentos finais:

  • O mangaká tem uns fetiches meio estranhos não tem?

made in abyss - opinião episódio 12

 

  • Olhem que fotografia bonitinha de família.

made in abyss - opinião episódio 12

 

  • Esta imagem é muito aflitiva!

made in abyss - opinião episódio 12

 

  • Quem não adorou o design desta personagem? Que linda!

made in abyss - opinião episódio 12

 

Outras análises:


Made in Abyss – Opinião Episódio 11

Made in Abyss – Opinião Episódio 10

Made in Abyss – Último Episódio será Especial de 1 Hora


 

 

2 comentários

Também deverás gostar de

2 comentários

Yui 27 Setembro, 2017 - 1:12

Infelizmente nem mesmo no mangá a Mio (personagem cabelo rosa) é completamente desenvolvida. Ela só aparece nos capítulos extras e o desenvolvimento dela fica por isso. Os primeiros minutos do episódio são referentes ao segundo extra. O primeiro extra mostra a Riko e o cachorro dela, Reg, mas pelo visto o anime decidiu ignorá-lo.
Aliás, sobre o design da Mio, esse é um dos pontos fortes do Tsukushi (autor da obra); é incrível como todos os personagens de Made in Abyss, inclusive os figurantes, possuem um ótimo character design. O mesmo pode ser dito para os monstros. Faz o universo da obra parecer vivo.

“O mangaká tem uns fetiches meio estranhos não tem?”

Ô se tem *risos* Acredito que 80% das cenas realmente bizarras/estranhas da obra são, na verdade, seus fetiches ocultos, e, na grande maioria das vezes, esses fetiches acabam sendo descontados no coitado do Reg.

Agora todos abordo do hype train para o grand finale; o arco da Nanachi possui um excelente fechamento.
Completamente ansioso para a próxima análise/opinião.

Responder
Usagi Wright 7 Outubro, 2017 - 16:03

Olá Yui!

Os designs de MiA são um dos pontos fortes da obra e é bom que cada figurante tenha direito ao seu visual próprio 🙂
Quanto aos fetiches a cada episódio se vê mais que o mangaká é doidinha daquela cabeça 😛

Responder

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.