Magical Girl Site – Manga de Horror vai receber Anime

por Pedro Costa
Magical Girl Site - Manga de Horror vai receber Anime

A banda publicitária que envolve o sétimo volume do manga Magical Girl Site (Mahō Shōjo Site), de Kentarō Satō, revelou, na passada sexta-feira, que uma adaptação anime recebeu “luz verde”, para o próximo ano.

Adicionalmente, foi noticiado que o manga vai ser transferido do website Champion Tap!, daAkita Shoten, para a revista impressa da editora, Weekly Shōnen Champion.

 

Magical Girl Site – Manga de Horror vai receber Anime:
Magical Girl Site - Manga de Horror vai receber Anime

Magical Girl Site Volume #7 – Anúncio Anime 2018

 

Relembramos que, no passado mês de agosto, a Bessatsu Shōnen Champion (Akita Shoten) aliciou que o manga original de Satō-sensei, Magical Girl Apocalypse, teria um importante anúncio na referida sexta-feira:


Magical Girl Apocalypse vai ter anúncio importante em setembro – Manga


 

A Seven Seas Entertainment licenciou o manga e descreve assim, a história:

Asagiri Aya é uma jovem rapariga que é vítima dos ‘bullies’ da sua escola. Procurando por uma forma de escapar aos seus problemas, ela navega na Internet como distração, quando um misterioso website chamado “Magical Girl Site” aparece. Apenas ver a página é o que basta para transportar Aya para o letal mundo de Magical Girl Apocalypse. Lá, é lutar ou morrer, contra o que parece ser uma variedade infinita de máquinas de morte em saias de folhos, ferozmente adoráveis, cada uma das quais possui poderes mágicos e uma insaciável sede de sangue e caos.

 

Magical Girl Site - Manga de Horror vai receber Anime

 

O manga de horror é um spinoff da obra manga original de Satō-sensei, Magical Girl Apocalypse. O spinoff foi lançado no Champion Tap!, em julho de 2013.

Seven Seas Entertainment lançou o primeiro volume do manga (imagem acima), a 21 de fevereiro.

 

Fonte: Anime News Network

 

0 comentário

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.