Majo no Tabitabi Episódio 6 – Opinião

por Arthifis
Majo no Tabitabi Episódio 6 – Opinião

O sexto episódio de Majo no Tabitabi continua com um tom mais suave onde Elaina visita um país onde não se pode mentir. É uma premissa interessante e penso que Majo no Tabitabi conseguiu mostrar bem o que aconteceria se algo semelhante ocorresse no mundo real.

 


Podes consultar AQUI todas as opiniões semanais de Majo no Tabitabi.


 

Majo no Tabitabi Episódio 6 – Opinião

É impossível viver sem mentir, especialmente quando o nosso primeiro impulso é ver as coisas pela nossa perspetiva. Logo, é mais do que normal que as pessoas mintam de vez em quando – alguma vez irias dizer aos teus amigos que o bebé deles era feio, mesmo que assim fosse? Claro que não!

Mesmo assim, acho que Elaina pintou a mentira como algo mais poético do que realmente é. Se bem que é um bom exemplo de como a cultura Japonesa funciona – as pessoas mentem até nas coisas mais pequenas para manter a ordem. Honestamente, vai um pouco contra a minha maneira de ser, mas temos de aceitar as diferenças culturais de cada país (desde que não magoem ninguém, claro).

 

 

Paralelamente, podemos ver a Saya novamente! Sinceramente, a minha reção ao vê-la foi igualzinha à da Elaina. Não sei porquê, mas não consigo gostar da personagem. Dito isto, Saya foi um fator essencial para as risadas desde episódio. A cena em que Elaina está a falar com o rei enquanto se vê magia de fogo a acontecer no background foi hilariante. E vá, dou-lhe também o troféu da fofura por ter gasto todo o seu dinheiro para oferecer um fio a Elaina a condizer com o dela.

Como sempre, a animação foi excelente e o episódio foi engraçado. Não gostei tanto como os episódios anteriores com histórias mais dramáticas, mas os 20 minutos passaram bem depressa.

Gostaste do sexto episódio de Majo no Tabitabi? Partilha a tua opinião nos comentários. 😊

 


Artigo originalmente escrito no meu blog pessoal – Animeshelter

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.