Manga One Piece | Capítulo 798

por João Simões
One Piece | Capítulo 798
One Piece | Capítulo 798 - " Heart "   Existem alguns acontecimentos neste capítulo, que apesar de serem bastante importantes pois levam aos acontecimentos que vou referir a seguir, não conseguem obter espaço em prol dos dois grandes acontecimentos que tomaram o palco do capítulo 798 de One Piece. Considerando…

One Piece | Capítulo 798

Progressão Narrativa - 7.6
Personagens - 8.4
Arte ou Visual - 7.8
Consistência Geral - 7.8

7.9

Bom

Pontos Fracos: Nada de relevante a apontar.

Pontos Fortes: Personagens e diálogos.

Avaliação dos Leitores do ptAnime: 3.8 ( 2 votos)
8

One Piece | Capítulo 798 – ” Heart “

 

Existem alguns acontecimentos neste capítulo, que apesar de serem bastante importantes pois levam aos acontecimentos que vou referir a seguir, não conseguem obter espaço em prol dos dois grandes acontecimentos que tomaram o palco do capítulo 798 de One Piece. Considerando então esta estrutura vamos dividir esta análise em duas partes.

 

One Piece 798 Farys

 

Corazon alcançou o fecho merecido

As únicas duas pessoas, vivas, que sempre se preocuparam com Corazon, são Law e Sengoku, ironicamente pertencentes a extremidades completamente opostas. Sengoku suspeitava, que Law era o pequeno rapaz doente que Corazon salvou, mas a confirmação foi necessária, não só para conhecer o homem que valeu a vida de um importante amigo, mas para conseguir finalmente colocar o peso do assunto de lado. Do outro lado, Law obteve a confirmação que Corazon o salvou até ao fim por gostar dele, por o valorizar unicamente como indivíduo e nunca pelo nome que este carrega. Um fim muito gratificante para uma personagem que nos deu tanto em tão pouco tempo.

 

One Piece | Capítulo 798

 

Nesta conversa o assunto da “Will of D” é mais uma vez colocado na mesa. Como se o Oda estivesse constantemente a dar mais uma pista… e mais uma pista. Este é provávelmente o arc que mais abordou o tema, e também aquele que mais progrediu no mesmo. Obtemos então, mais uma vez a confirmação que, o número de pessoas que conhecem a informação aprofundada sobre o assunto é muito restrito. Sendo que com isto podemos concluir, que não só é restrita como que possivelmente só os mais velhos e os de grande escalão terão acesso a tal.

 

One Piece | Capítulo 798

 

Um dos detalhes que considero que deve ser notado é o facto de Sengoku ter apontado que não ia capturar ali o Law (ou tentar) porque já não ocupava um cargo da marinha que o justifica-se, no entanto quando o Law perguntou sobre os D., Sengoku fugiu completamente à questão. Ou seja, Sengoku não fugiu à questão por Law ser um pirata, ou por ele ser um Marinheiro. Existe uma razão superior a isto. Será que os D. o devem descobrir por eles mesmos? Será que é um conhecimento que influencia a desenvoltura desse indivíduo?

 

One Piece | Capítulo 798

 

Quebra de Fórmula – O inesperado acontece

E quando pensávamos (novamente), que já tínhamos presenciado o ponto alto do capítulo, tanto a nível emocional como a nível de informação, somos surpreendidos por mais um desvio que provocou mais uma quebra de fórmula nesta saga. Desta vez não vamos ver Luffy a fugir dos grandes cabecilhas, como fomos habituados nos finais das outras sagas. Desta vez, Luffy mostra algum desenvolvimento no que diz respeito à sua personalidade, assim como fez no capítulo passado em diálogo com a Rebecca, e decide em vez de fugir, disferir um surpreendente soco no Fujitora, que por sua vez se preparava para destruir a rota de fuga.

 

One Piece | Capítulo 798

 

As caras que Bartolomeo, Sai e Cavendish fizeram, personalizam muito bem as reações que qualquer leitor afinco teve a este grande soco. Com isto Luffy marca uma posição nunca antes tomada. Chega de fugir, chega de dizer “deixemos esta luta para outro dia”, chega de correr… Os acontecimentos de há dois anos moldaram o nosso capitão em alguém mais maduro. Apesar de se mostrar aquela criança impulsiva em alguns momentos, naqueles que é necessário Luffy mostra cada vez mais maturidade, e que as coisas que aconteceram e que lhe disseram, ecoaram de alguma forma. Ele percebeu muito bem, que se quer atingir a posição de maior liberdade no mundo, o “cargo” de Rei dos Piratas, não pode mostrar que qualquer coisa o pode deter. Tem que ser exatamente o oposto, ele é que tem que fazer o oponente parar, os outros é que têm que o temer, os outros é que têm que correr e fugir.

 

One Piece | Capítulo 798

 

Com este final de capítulo fica uma dúvida muito grande, e agora? O Luffy não vai voltar com a palavra atrás. O Zoro não vai interromper tais palavras que merecem respeito. Será Sengoku capaz de interromper esta situação, ou irá desenvolver-se mesmo uma batalha?

 

One Piece | Capítulo 798

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.