Mary e a Flor da Feiticeira – Uma história de encantar nos cinemas portugueses

por Raquel Cupertino
Mary e a Flor da Feiticeira - Uma história de encantar nos cinemas portugueses

O filme Mary e a Flor da Feiticeira, de título original Mary to Majo no Hana (Mary and the Witch’s Flower), de Hiromasa Yonebayashi (Karigurashi no Arrietty, Omoide no Marnie), vai estrear em Portugal no dia 01 de maio de 2019, com uma duração de 102 minutos.

 

Mary e a Flor da Feiticeira - Uma história de encantar nos cinemas portugueses

 

Mary e a Flor da Feiticeira – Uma história de encantar nos cinemas portugueses

Felizmente, muitas foram as iniciativas da promoção deste filme em Portugal. A primeira, a 2 de fevereiro, no festival IndieJunior Allianz 2019, onde tivemos o prazer de ver a antestreia em Portugal do filme de animação do Studio Ponoc.

Para surpresa da audiência, e nosso rejúbilo, o filme foi transmitido na versão original com legendas. Pessoalmente adoro a versão original pelo que foi com gosto que desfrutámos desta mesma versão. Todavia, infelizmente esta apenas estará disponível numa sala de cinema do país (mais informações AQUI).

 

Mary e a Flor da Feiticeira - Uma história de encantar nos cinemas portugueses

 

Mas não desesperem! Também assistimos à versão dobrada e não há razão para alarmismos. No passado dia 22 de março estivemos presentes no visionamento de imprensa organizado pela distribuidora Outsider Films e pudemos comprovar o trabalho dos dobradores portugueses. Deixo-vos com o testemunho do nosso enviado Diogo Nunes:

 

Mary e a Flor da Feiticeira – Versão Dobrada em Português

Toda a animação japonesa que vejo é sempre na versão original (com legendas). Quando soube que o filme seria mostrado na versão dobrada em português confesso que fiquei receoso. Verdade seja dita, não foi tão mau quanto estava à espera, mas preferia ter ouvido o original. Sinto que perdi parte da magia pois para mim a melodia da língua nipónica faz parte da experiência.

 

Mary e a Flor da Feiticeira - Uma história de encantar nos cinemas portugueses

 

Isto porque tudo no filme transpira Studio Ghibli. A arte e a tranquilidade das cenas são claramente influenciadas pelo estilo de Miyazaki. A qualidade da animação está ao nível do melhor que se faz atualmente. A música usa um instrumento exótico (cítara) que alinha na perfeição com a temática misteriosa da história. Mas não é memorável ao nível que Joe Hisaishi nos habituou. Ainda não. A história faz sentido e as personagens são agradáveis. Mas não há nada de memorável ao nível de Miyazaki. Ainda não.

 

Mary e a Flor da Feiticeira - Uma história de encantar nos cinemas portugueses

 

Percebi que é um filme bonito e agradável, com uma personagem principal feminina corajosa e amiga. Assim sendo, faz sentido que esteja dobrado pois as crianças são quem vão tirar o maior proveito deste filme.

Para os mais crescidos, sabe a pouco, fomos mal-habituados pela qualidade do Studio Ghibli. É difícil não fazer comparações entre os dois estúdios, mas é preciso lembrar que este é o primeiro filme do Studio Ponoc. Começou claramente com o pé direito. A nós resta-nos aguardar pelos próximos passos deste novo estúdio cheio de talento, potencial e boas influências. Enquanto fã do trabalho de Miyazaki estou tranquilo por ver um estúdio capaz de continuar o seu legado.

Ass: Diogo Nunes

 

Mary e a Flor da Feiticeira - Uma história de encantar nos cinemas portugueses - Protagonista


 

Mary e a Flor da Feiticeira – Um anime nos cinemas portugueses

Como fã de anime considero um must see da animação japonesa, tal como o Diogo referiu, este filme transpira Ghibli por todos os poros e isso repercute-se numa animação de babar e um character design tanto original quanto familiar. Em termos de execução narrativa não esperem ver um filme ao nível A Viagem de Chihiro porque o jovem realizador ainda não consegue criar ao nível do seu professor. Ainda assim é um começo com o pé direito a um nível incrível!

A história é original, os vilões também, conseguiu reproduzir a essência Ghibli mesmo que ao de leve, e o final é das coisas mais bonitas que assisti em animação. Para uma primeira longa metragem o Studio Ponoc portou-se ao nível de muitos célebres estúdios. Parabéns Hiromasa Yonebayashi!

 

Mary e a Flor da Feiticeira - Uma história de encantar nos cinemas portugueses - Vilões

 

Quanto ao facto de estar a ser exibido dobrado, sei que muitos de vocês, tal como eu e o Diogo, preferem assistir à versão original legendada, todavia deixo o apelo: assistam no cinema!

Vamos apoiar iniciativas como estas em que tentam trazer cinema de animação nipónica para Portugal. Vamos fazer com que valha a pena as distribuidoras apostarem em filmes anime e os tragam para Portugal. Desta vez temos uma sala com as duas versões, mas quem sabe num próximo filme teremos mais salas, tal como aconteceu com Mirai, cuja a versão transmitida foi a original!

Vamos apoiar a transmissão de Anime em Portugal!

 


Queres saber mais sobre o filme? Deixamos-te estes artigos para explorares:

Mary e a Flor da Feiticeira – Salas, Versões e Tempo de Exibição

IndieJúnior Allianz 2019 Estreia Mary e a Flor de Feiticeira

Mary e a Flor de Feiticeira no IndieJunior Allianz 2019 – A Experiência


 

0 comentário


Loading...

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.