Midara na Ao-chan wa Benkyō ga Dekinai receberá Anime

por Pedro Costa
Midara na Ao-chan wa Benkyō ga Dekinai receberá Anime

Esta terça-feira, a Kodansha anunciou que Midara na Ao-chan wa Benkyō ga Dekinai (Ao-chan Can’t Study!), manga de Ren Kawahara, está a inspirar uma série anime.

Keisuke Inoue (realizador de episódio para Chivalry of a Failed Knight, Masamune-kun’s Revenge, Two Car) está a realizar o anime na SILVER LINK. Michiko Yokote (Shirobako, Children of the Whales, Karakai Jōzu no Takagi-san) está encarregue dos guiões da série. Miwa Oshima (The Story of Saiunkoku, Koihime Musō, Aria the Scarlet Ammo AA) está a desenhar as personagens.

 

Midara na Ao-chan wa Benkyō ga Dekinai receberá Anime:

Midara na Ao-chan wa Benkyō ga Dekinai receberá Anime

 

A Kodansha Comics está a lançar o manga digitalmente em Inglês, e descreve a história da seguinte forma:

Quando Ao estava no jardim-de-infância, ela sorriu de orelha a orelha ao contar aos seus colegas como o seu pai (bestselling autor erótico) escolheu o seu nome: “A como em ‘apple’ e O como em ‘orgia’ [orgy]”! Esse dia ainda a assombra dez anos mais tarde, enquanto ela estuda com um único objetivo na sua mente: entrar numa universidade de elite e alcançar independência do seu pai de uma vez por todas. Ela não tem juventude para esbanjar e não tem tempo para pensar em rapazes… até o seu colega, “King Normie” Kijima, aborda-a com uma chocante confissão de amor. Ela tenta despistá-lo, mas ele não para apanhar a dica… e à medida que a sua mente se enche de pensamentos impuros, ela apercebe-se que o seu pai a influenciou totalmente!

 

Kawahara-sensei lançou o manga na Shonen Magazine Edge (Kodansha), em outubro 2015. A editora publicou o sétimo volume compilado (imagem abaixo), a 14 de setembro.

Kodansha Comics vai lançar o terceiro volume, digitalmente em Inglês, a 25 de dezembro.

 

Midara na Ao-chan wa Benkyō ga Dekinai receberá Anime

 

Fonte: Anime News Network

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.