Nanatsu no Taizai anuncia Filme Original Sequela em Duas Partes

por André Rodrigues
Nanatsu no Taizai anuncia Filme Original Sequela em Duas Partes

Durante a Netflix Festival Japan 2021, a Netflix revelou que a franquia Nanatsu no Tazai (The Seven Deadly Sins), manga de Nakaba Suzuki, vai receber um filme original sequela, intitulado Nanatsu no Taizai: Ensa no Edinburgh (The Seven Deadly Sins: Grudge of Edinburgh), que será divido em duas partes.

Os filmes serão focados no filho de Meliodas, Tristan, e ambos irão estrear na Netflix em 2022.

 

Nanatsu no Taizai anuncia Filme Original Sequela em Duas Partes

 

Foi também revelado a seguinte equipa técnica:

  • Estúdios: Alfred Imageworks e Marvy Jack
  • Realizador: Bob Shirahata
  • Supervisor: Noriyuki Abe
  • Guionista: Rintarou Ikeda

 


Recordamos que a mais recente temporada da adaptação Nanatsu no Taizai: Fundo no Shinpan (The Seven Deadly Sins: Dragon’s Judgement), estreou a 6 de janeiro. A NETFLIX adicionou a temporada em junho.

Recentemente, também estreou Nanatsu no Taizai: Hikari ni Norowareshi Mono-tachi (The Seven Deadly Sins: Cursed By Light), um filme original criado pelo autor original do manga que decorrerá após Nanatsu no Taizai: Fundo no Shinpan. Tal como as temporadas e filmes anteriores, a Netflix adicionou o filme ao seu catálogo a 1 de Outubro.

 

Nanatsu no Taizai: Cursed By Light – Trailer revela estreia na NETFLIX

 


Nakaba Suzuki lançou o manga original na Weekly Shōnen Magazine em 2012, tendo-o finalizado a 25 de março de 2020. O 41º e último volume do manga foi publicado a 15 de maio no Japão.

Um manga sequela, intitulado de Mokushiroku no Yon-kishi (The Four Knights of the Apocalypse), da autoria de Suzki-sensei está em serialização na Weekly Shōnen Magazine, desde 27 de Janeiro.

 

Nanatsu no Taizai chega ao fim e revela sequela

 

Fonte: Anime News Network

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.