Naruto Shippuden Episódio 269

por Tiago Gonçalves
Naruto Shippuden

Forbidden Words

Para quebrar a rotina, os responsáveis por Naruto Shippuden optaram neste episódio por não andar a saltar entre os vários pontos de batalha, dedicando todo o capítulo à batalha que colocou Darui, Samui e Atsui frente a frente com Ginkaku e Kinkaku. Desde já digo que os cerca de 20 minutos no mesmo local foram super interessantes. Poucos devem ter sentido a falta da passagem habitual pelas outras Divisões.

 

Galeria de Imagens: Naruto Shippuden Episódio 269

 

 

Ainda no seguimento de uma das maiores Guerras Ninja alguma vez assistidas, este episódio foca-se numa das mais interessantes batalhas do mundo de Naruto, devido ao facto de esta não se basear única e puramente na violência e técnicas ninja. Desta vez, assistimos a um confronto cuja essência baseia-se na correta utilização da “Palavra”. Toda esta lição ética e moral é nos transmitida pelos Irmãos da Nuvem, Ginkaku e Kinkaku (considerados um símbolo de mau agoiro e de desgraça para a sua Vila), o que provoca estranhos sentimentos e sensações nas personagens em combate, na equipa de Bee, e no próprio espectador, ao dar-se conta do quão verdadeiro e real é aquilo que está a ser refletido. Tal como o próprio título do episódio indica, a batalha em questão terá de ser travada com o mero uso da capacidade que o ser Humano possui: falar.

Para nos enquadrarmos corretamente no episódio, deixem-me só dizer-vos que o Zetsu continua a fazer das suas porque, apesar de ser um ninja relativamente fraco, está sempre a interferir com a concentração dos nosso heróis, o que se torna um bocado aborrecido. Aliás, para vermos o quão fraco é o Zetsu, ele entra ativamente no episódio apenas nos minutos iniciais, porque, de certa forma, é colocado fora de cena (ativamente, claro).

Como é importante aprendermos coisas novas sobre a História Ninja, momentos antes do derradeiro combate, é nos revelada parte da vida dos vilões da Nuvem e o porquê da sua enorme capacidade de resiliência em combate e de manipulação das Quatro Armas Ninja mais poderosas. Para controlar estas armas, que, ao que consta, pertenceram mesmo ao Sage dos Seis Caminhos (Rikudou Sennin), é preciso uma enorme quantidade de chakra, facto que é explicado com o prévio contacto que os vilões tiveram com a Kyuubi (Raposa das Nove Caudas) e que agora lhes permite ter uma reserva praticamente ilimitada de chakra e energia.

A equipa de Bee começa o combate e apercebe-se que destruir e dominar armas que interferem com o “Kotodama” (Espírito) de cada humano pode ser uma missão quase impossível, até porque, depois de serem marcados com o poder das armas (não revelarei muito mais, para vos motivar a ver o episódio), os ninjas não poderão dizer a Palavra que utilizam mais vezes sob pena de serem selados para sempre.

Aqui, a nossa equipa vê-se num dilema: “Como derrotar estes inimigos sem repetirmos a nossa Palavra chave, já que ela é a maneira de nós transmitirmos as nossas emoções?“. O objetivo já era difícil de início. A partir deste momento torna-se completamente insano. A prova disto é que dois membros da equipa, Atsui e Samui, vão sofrer consequências graves ao quebrarem regras importantes da batalha.

Quanto a Darui, este percebe de imediato as regras do “jogo” e começa a controlar literalmente a batalha. Apesar de se encontrar num estado claro de desvantagem, este nosso personagem, braço-direito do Raikage (tal como podemos ver em flashbacks), encontra a maneira mais correta de dar a volta à situação, ou seja, “utilizando o feitiço contra o feiticeiro”. Apesar de ter sido marcado pelas armas ninja, Darui consegue controlar a probabilidade de ser selado ao mudar repentinamente as regras do jogo e tomar posse de duas das armas ninja, ao mesmo tempo que armava uma armadilha para tornar um dos irmãos vulneráveis.

Depois de derrotar um dos irmãos, Ginkaku para ser mais específico, Darui terá agora de debater-se com Kinkaku, que, com a ira e a raiva que sente começa a ganhar energia, recorrendo ao chakra da Kyuubi existente no seu corpo. É desta forma que o episódio termina, deixando um espaço aberto para especulações, enquanto todos esperamos pelo próximo episódio.

Mais uma vez, um episódio à altura das expectativas. Diálogos e batalha bem distribuídos, pormenorizado no que toca a adaptação do manga, e mantendo um índice de qualidade extremamente elevado. Esperemos que os próximos não desiludam!

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.