Neo Parasyte m – Kodansha anuncia Edição para o Ocidente

por João Simões
Criador de Parasyte Prepara Nova Manga

A Kodansha Comics confirmou que irá lançar Neo Kiseijū, o manga tributo a Kiseijuu, no ocidente sob o título Neo Parasyte m. O livro tem data de lançamento marcada para 14 de novembro de 2017, no entanto avisa que esta data poderá ter que ser alterada.

 

Neo Parasyte m – Kodansha anuncia Edição para o Ocidente

Neo Parasyte m - Kodansha anuncia Edição para o Ocidente

 

Esta série de tributos a Kiseijuu (Parasyte), manga original de Hitoshi Iwaaki, iniciou em setembro de 2014 e foi sendo publicada, de forma irregular, até março de 2016, na revista Afternoon, da Kodansha. O volume compilado foi lançado em julho de 2016. A série consiste em 12 pequenas histórias, criadas por diferentes artistas, como por exemplo: Hiro Mashima (Fairy Tail), Akira Hiramoto (Prison School), Peach-Pit (Rozen Maiden), Riichi Ueshiba (Mysterious Girlfriend X), Hiroki Endo (All-Rounder Meguru), Moto Hagio (The Heart of Thomas), Ryoji Minagawa (Spriggan), Takatoshi Kumakura (Mokke), Yukari Takinami (Rinshi!! Ekoda-chan), Takayuki Takeya, Yasushi Nirasawa, e Moare Ohta.

 


Kiseijuu – Uma Reflexão Sobre a Humanidade


 

Além desta existiu também Neo Parasyte f, que foi publicada na Aria shojo da Kodansha. A Kodansha Comics também editou este volume no ocidente, como volume único, em outubro de 2016. A Kodansha Comics editou o manga original no ocidente.

 


Kiseijuu Sei no Kakuritsu | Análise


 

Sinopse

Izumi Shinichi é um jovem de 17 anos que vive com os pais numa vizinhança localizada em Tóquio. Certa noite enquanto este dormia, um organismo semelhante a uma minhoca invadiu o quarto dele, introduzindo-se na sua mão direita, tal como um parasita no seu conceito mais puro. Shinichi agiu incrivelmente rápido, usando o cabo dos auriculares para criar um nó apertado no braço, impedindo que o parasita viajasse pelo resto do corpo. Desta forma, a estranha minhoca ficou confinada ao espaço da mão direita, o que por sua vez impediu que o parasita se alimentasse do cérebro dele.

 

A série original foi publicada entre 1990 e 1995, e inspirou uma adaptação anime e dois live-action entre 2014 e 2015. Toda a série de tributos foi lançada com o intuito de promover o anime.

 

Fonte: Anime News Network

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.