O Final | KoiKimo Episódio 12

por Raquel Cupertino
KoiKimo Episódio 12

Depois do turbilhão de emoções dos últimos episódios a dúvida de como iria terminar Koikimo foi grande. O que começou como uma comédia adquiriu um tom mais sério e introspectivo nos últimos episódios. Afinal, esta série trata-se mesmo de um romance…

 


Podes consultar AQUI todas as opiniões semanais de KoiKimo


 

KoiKimo Episódio 12 – O Final

O último episódio de Koikimo deixou-me com sentimentos mistos. Se por um lado gostei que se focassem no romance e finalizassem essa ponta solta, por outro achei que valeria a pena explorar um pouco mais os personagens e as suas ambições. Compreendo perfeitamente que tendo apenas 12 episódios tenham que dar um ponto final à história da forma mais conclusiva possível. O que me dá ainda mais comichão é saber que muito possivelmente o manga segue a mesma linha tendo em conta que até à uns episódios, do que li, a adaptação era fiel.

 

 

Se no episódio 11 Ichika encontrava-se com dúvidas quanto ao seu futuro, aparentemente deixou de ser esse o foco no episódio 12.  Acho que podemos assumir que ela vai mesmo seguir a sugestão de Ryou. Agora a dúvida é na componente emocional.

A relação entre Ichika e mãe já era conhecida como muito boa, pelo que não foi muito surpreendente quando a jovem procurou conselhos junto dela. Motivo da conversa: a diferença de idades substancial com Ryou.

Gostei da conversa por ser direta, simples e coloca-nos muito em prespectiva. Segundo a mãe dela, a diferença de idades torna-se menos significativa com o passar dos anos. Quando Ichika for adulta 10 anos já não é assim tanto. Claro que a aceitação por parte da mãe só é possível mesmo no Japão onde as jovens são “casadóiras” muito cedo. O contexto cultural assume aqui uma importância substancial, mesmo Ichika tendo quase 18 anos (maioridade no ocidente).

 

E a família Amakusa?

Pois é, fiquei um pouco desiludida com este quesito… Então vemos um pai a se passar com o filho de 27 anos. Uma família que não comunica e a resolução… nem vou comentar. Falta tanto… Se tudo se resolve-se ou se acalma-se a pedido de Rio as coisas já poderiam estar resolvidas, não?

 

 

O que não estava à espera…

No episódio 11 Ryou percebeu os sentimentos de Ichika. Ele percebeu que ela gostava dele e, em vez de ficar feliz, afasta-se!! Minha gente, se antes desta cena não tivesse existido toda uma conversa com Masuda com ele a abrir-lhe os olhos sobre a tendência de Ryou para se proteger e fugir dos problemas e uma Arie a desejar-lhe boa sorte, eu aceitaria esta mudança de postura de Ryou…

Agora, afastar-se e ter que repetir outra vez a conversa com Masuda? Não foi fluído, não foi natural… Decidiu uma coisa e depois foi para outra? Não estou a dizer que não aconteça na vida real e não seja até certo ponto orgânico, mas em termos de guião, não achei eficiente…

 

 

Felizmente a irmã não agiu dessa forma sendo mais proativa! Tão proativa que levou a que Ichika se passasse e colocasse a amiga no “lugar”. Adorei essa interação e como tudo culminou. Não sei se o autor se sente mais à vontade para retratar a adolescência mas realmente tudo o que foi componente escolar e interação entre jovens foi muito bem escrito. Eram jovens a ser jovens, com os seus problemas, evoluções, dúvidas e angústicas.

E esta foi a minha opinião sobre Koikimo episódio 12! E vocês o que acharam deste episódio?

 

 

0 comentário


Também deverás gostar de