O que levar na mala – Guia do Gaijin Para o Japão

por Inês Marques
Guia do Gaijin Para o Japão

Vamos agora falar de algumas coisas que são essenciais para levarem convosco na vossa aventura nipónica. Algumas coisas talvez parecerão um pouco óbvias (e já falámos delas em “capítulos” anteriores deste Guia), mas outras podem ser mais surpreendentes!

 

Roupa e Calçado

Obviamente, tem de se levar roupa adequada não só ao clima na altura da viagem, como também o tipo de viagem que se vai fazer (se é mais relaxada, ou envolve mais caminhadas e mudanças de sítio, etc). Como já dito anteriormente, o melhor mesmo é vestirmo-nos às camadas, e irmos ajustando a sua quantidade conforme a temperatura. É de recordar também que a humidade no Japão é muito maior que em Portugal, por isso roupas que respirem bem e que não sejam demasiado agarradas ao corpo fazem toda a diferença em termos de conforto, sobretudo se se viajar no Verão. É essencial levar sempre calçado o mais confortável possível, principalmente se contarem em andar bastante.

 

Trilho do Parque Minoo, Osaka.

 

Se viajarem no Inverno ou início da Primavera, é muito provável que encontrem neve (sobretudo nas zonas mais a Norte). Se forem para um sítio onde tiverem de andar na neve, é preciso ter muito cuidado com o calçado a usar. Sapatos com solas lisas são um grande perigo, pois não aderem à neve ou gelo, e o risco de caírem é bastante elevado. O melhor mesmo são botas adequadas à neve, ou então que tenham solas com bastante relevo, para que andem com mais segurança. Mesmo com estes cuidados existe sempre algum risco, principalmente para quem não estiver habituado (falo por experiência própria!)! Se tiverem de andar na neve, façam-no com calma e em passos pequenos para maior segurança.

Ainda em termos de calçado, tenham algum cuidado com as meias que levam. Sim, meias! Em alguns restaurantes (como os Izakaya) ou até sítios turísticos pode ser necessário que tirem os sapatos e fiquem apenas de meias (nunca descalços!). Estarem com meias já encardidas ou até com um buraquinho ou outro certamente causa algum embaraço… Os próprios sapatos também devem ser o mais limpos e bem tratados possível.

 

Saúde e Higiene

Para além de tudo o que referimos aqui sobre medicação, há que ter atenção a outros produtos de higiene que são um pouco diferentes dos nossos. Os desodorizantes e pastas de dentes no Japão são bastante mais “fracos” que os nossos (dei por mim a lavar os dentes o dobro das vezes que habitualmente fazia, por exemplo). Embora existam marcas iguais às europeias (que podem custar o triplo ou mais do preço que aqui), sinceramente os produtos de lá nunca me pareceram ser tão eficazes como os nossos. Para uma estadia mais pequena talvez não se note diferença, mas para quem ficar um tempo algo prolongado acaba por se tornar bastante óbvio.

Também tenho de referir aqui algo bastante importante para as nossas leitoras. A audiência do género masculino pode passar para a próxima secção se esta for algo desconfortável de ler… Ficam avisados! 🙂

Meninas, esqueçam aqueles nossos produtos “especiais” no Japão: o tipo e oferta deixam muuuuito a desejar! No sítio onde estive, que era uma cidade pequena, tampões nem vê-los, e pensos eram piores que fraldas de incontinência! Pelo que ouvi falar, até em cidades mais desenvolvidas a situação era semelhante. Pode ser que as coisas até tenham mudado, mas, na via das dúvidas, levem o vosso “stash” de casa (mulher prevenida vale por duas!).

 

Outros

Nunca se sabe quem vamos encontrar durante a nossa viagem, pode mesmo ser que façamos um amigo para a vida. Isto é verdade sobretudo se ficarem alojados em casa de alguém ou em hostels, onde existe um ambiente mais propício à socialização. Por isso, é boa ideia trazerem na mala alguns souvenirs de Portugal para oferecerem a novos amigos. Não é preciso nada de caro ou elaborado, uns postais ou porta-chaves, por exemplo, são coisas leves e baratas que podem levar convosco nas vossas andanças. À primeira vista pode parecer uma situação bastante improvável, mas pode ocorrer quando menos esperam.

 

meishi cartao visita

Os cartões de visita (meishi) devem ser entregues e recebidos com as duas mãos, ao mesmo tempo que se faz uma pequena vénia.

 

Outra coisa importante a levar, particularmente se se tratar de uma viagem mais formal, são cartões de visita. A cultura dos cartões de visita é muito presente no Japão, e estes são considerados uma extensão da própria pessoa. Mais uma vez, nunca se sabe que contactos ou oportunidades podem surgir durante uma viagem, terem alguns convosco com o vosso contacto poderá dar bastante jeito.

Algumas apps de telemóvel podem ser uma ajuda preciosa na vossa viagem. Um dicionário de japonês (para Android, recomendo o JED), e a app do já mencionado HyperDia podem facilitar imenso a vossa vida!

 

Estes são os conselhos mais fundamentais que posso dar de coisas que, pessoalmente, eu gostaria de ter sabido antes de ir, ou me foram ditas por pessoas que já tinham tido esta experiência! Acham que falta aqui algo mais invulgar? É só comentarem ou contactarem-nos para analisarmos e adicionarmos!

 


Artigo anterior || Voltar ao Índice || Próximo artigo


 

0 comentário


Loading...

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.