One Piece Episódio 563

por Renato Sousa
Anime One Piece

Shocking Truth! Hordy’s True Identity!

Verdade chocante (Shocking Truth)? Não, devem ter confundido. Chocante foi este episódio pela grande desilusão que conseguiu ser. Confesso que não esperava um capítulo tão fraco nesta fase crítica da saga “Fishman Island”. Vamos ver porquê.

 

Galeria de Imagens: One Piece Episódio 563

 

 

Logo desde o primeiro minuto, as coisas começaram a correr mal para nós, espectadores. Quando todos esperávamos saber a verdadeira identidade de Hordy Jones dentro de poucos segundos, a história decidiu fazer uma curta viagem ao passado para nos contar o que se passou na Conchcorde Plaza e arredores, momentos antes de Vander Decken perder o controlo do Noah.

A primeira cena a que tivemos direito colocou frente a frente Sanji e Wadatsumi. Jimbei também apareceu, mas apenas para desferir um pequeno golpe no subordinado de Decken. Mais do que uma boa luta, fica a ideia de que o objetivo principal desta cena era divertir os espectadores. Não me parece que tenha resultado muito, dado o mau humor com que a maioria dos fãs deve ter ficado por não descobrirem logo no início deste número 563 de One Piece quem era realmente Hordy Jones.

Seguidamente, tivemos a tentativa dos soldados de Ryugu de se redimirem com os Straw Hat Pirates. Seguindo as ordens do Ministro da Direita, os soldados lançaram-se na Conchcorde Plaza para darem apoio aos nossos amigos. Quem também interveio nesta altura foi Hammond, Oficial dos New Fishman Pirates que, se não me falha a memória, já não víamos em ação desde que Luffy lhe tratara da saúde quando recém-chegado a Fishman Island.

Hammond, como Jimbei nos elucidou e muito bem, parecia um autêntico Celestial Dragon (Tenryuubito), já que vinha a ser transportado por vários escravos humanos. Incapaz de suportar aquela situação, o ex-Warlord pediu a Robin para os libertar. Esta assim fez e, para sua grande satisfação, os humanos deixaram de obedecer por completo às ordens do inimigo. Revoltado, Hammond virou-se para a arqueologista, mas esta não teve grande dificuldade em levar a melhor sobre o seu adversário, utilizando uma técnica nunca antes vista no anime, o Cuerpo Fleur. Este golpe permite dar a forma total do seu corpo às partes do mesmo que espalha pelos adversários. Ou seja, com duas “mini-Robins” espalhadas pelo corpo de Hammond, foi uma questão de segundos até este ficar K.O. Sinceramente, esta parte foi a única que se aproveitou do episódio.

Ainda antes de descobrirmos quem era na verdade Hordy Jones, assistimos às diferentes ideias presentes nos cidadãos de Fishman Island. Ao descobrirem que o Noah já não estava sobre o controlo de Decken, os mais recentes adeptos dos Straw Hat Pirates decidiram ficar junto dos seus novos heróis, independentemente do resultado final daquela aventura.

Quanto à parte final deste capítulo, a dita cuja abriu com um engano dos guardas presentes na sala de controlo do tanque de ar que, sem se aperceberem disso, estavam a transmitir a conversa entre eles, Luffy, Shirahoshi e Fukaboshi para toda a ilha. As palavras trocadas no final do último episódio foram assim recapituladas, para depois então chegar a tão aguardada revelação.

Ou melhor, era ansiosamente aguardada até ser conhecida, pois quem esperava uma grande surpresa o que recebeu foi uma daquelas valentes desilusões. Como ficamos a saber, nunca aconteceu nada a Hordy no passado que o levou a ser como é. Simplesmente, ele e os seus Oficiais sempre pertenceram a um grupo que foi criado nas sombras de Fishman Island e sempre detestou os Humanos. Daqui o seu interesse passar por criar má imagem destes seres aos olhos de toda a gente, essencialmente dos Fishmans, para assim terem motivos para os atacar e provar a razão da sua existência.

Concluindo, estivemos uma semana e quase um episódio inteiro a desesperar por uma revelação que rapidamente provou não ter valor nenhum. Volto a repetir, foi um capítulo muito mau de One Piece. Se ou menos a parte da verdadeira identidade de Hordy Jones tivesse algum significado interessante, este número 563 ainda se safava. Como não teve, o episódio acabou por “ser uma treta”. A única coisa de bom que se pode tirar daqui é que o próximo capítulo será melhor. Esta saga está no seu clímax e, numa altura destas, pior do que aquilo que se viu nestes 20 minutos parece ser impossível,  não concordam?

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.