One Punch Man: A Hero Nobody Knows – Análise ao Jogo

por Bruno Sales

One Punch Man: A Hero Noboby Knows é a mais recente aposta da Bandai Namco no popular género Arena Fighters de franquias da Shueisha. Baseado na famosa manga One Punch Man de ONE e Yusuke Murata o jogador poderá conhecer a história da primeira temporada do anime a partir do ponto de vista de outro herói.

Para além do modo história o jogo conta ainda com um modo versus, tanto local como online. Modo o qual o jogador poderá defrontar outras pessoas usando os famosos heróis e vilões da saga One Punch Man. O jogo apresenta ainda uma mecânica única chamada de “Hero Arrival” que torna o Saitama uma personagem arriscada de se escolher…

 

Em seguida podem ver as informações detalhadas sobre o jogo:

One Punch Man: A Hero Nobody Knows
Plataformas Playstation 4, Steam, Xbox One
Publicadora Bandai Namco
Desenvolvedora Spike Chunsoft
Género Anime, Arena Fighter, História
Data de Lançamento 27 de Fevereiro de 2020

 

Graças à Bandai Namco vamos assim poder analisar e dar-vos a conhecer o jogo One Punch Man: A Hero Noboby Knows.

 

One Punch Man: A Hero Noboby Knows – Análise ao Jogo

À primeira vista o jogo é apenas mais um Arena Fighter baseado num anime popular do momento. Neste caso, baseado no popular anime e manga One Punch Man de ONE e Yusuke Murata. Tal como os outros jogos do género, este apresenta um modo de jogador único que segue a história do anime e um modo multi-jogador onde se pode batalhar com as famosas personagens do anime.

Sendo assim um género de jogo fácil de apelar aos fãs existentes da franquia, mas também fácil de passar despercebido por quem não a conhece.

 

Análise ao Jogo

 

Embora o jogo de One Punch Man seja mais um Arena Fighter, tem alguns pontos de destaque que o diferenciam ao longo do modo single-player. Porém, vários pontos negativos são apresentados durante o modo multi-jogador, que o torna difícil de recomendar aos jogadores mais competitivos.

 

Modo Jogador Único

Ao entrar no jogo pela primeira vez somos apresentados ao universo da série ao criarmos o nosso próprio herói para usar ao longo da aventura. Neste modo andamos pela cidade do anime, que vai desbloqueando novas áreas ao longo da história, enquanto ajudamos NPC’s em apuros e aceitamos missões oficiais da associação de heróis.

Enquanto vamos realizando estas missões o nosso personagem sobe assim de nível que o torna mais forte e desbloqueia ataques melhores. Ao progredir nas missões somos ainda dados a conhecer a história do jogo, que segue o enredo da primeira temporada do anime porém no ponto de vista do nosso personagem.

 

One Punch Man: A Hero Nobody Knows - Análise

 

Embora o modo de jogador único seja interessante por si só, este apresenta alguns aspetos menos bons. Ao longo do jogo várias mecânicas e modos vão sendo introduzidos, porém todos eles são demasiado simples, incompletos ou não adicionam nada a longo prazo. Mecânicas tais como a customização do personagem, que tem pouca variedade, e a nossa casa customizável que não volta a ser utilizada após o tutorial.

Vale ainda a pena referir que os gráficos escolhidos são decentes para as plataformas atuais e a história não acrescenta nada de novo a quem já assistiu à primeira temporada do anime.

 

Modo Multi-jogador

Após algum tempo e progresso no modo jogador único desbloqueamos assim o modo multi-jogador que pode ser tanto jogado online como local. No início temos pouca variedade de personagens neste modo, que vão sendo desbloqueadas ao conforme progredimos no modo história, o que se torna chato para quem tem interesse apenas neste modo…

Quanto às batalhas, estas acontecem no formato 3 vs 3 com uma jogabilidade idêntica aos outros jogos do género, porém com uma diferença, o Saitama consegue derrotar qualquer adversário apenas com um murro. Para equilibrar o jogo, a mecânica Hero Arrival System foi introduzida. Ou seja, ao selecionar o personagem Saitama, os jogadores jogam apenas com duas personagens e têm que sobreviver até o poderoso herói chegar. Tornando-se assim um risco com uma grande recompensa!

 

One Punch Man: A Hero Nobody Knows - Análise

 

Este modo de jogo é simples de entender e divertido o suficiente para os fãs de One Punch Man poderem lutar com as suas personagens preferidas. Contudo, as mecânicas e opções disponíveis são pouco complexas o que tornam o jogo pouco competitivo.

Também é notável que algumas personagens são demasiado fortes em comparação a outras. Estes aspetos do modo multi-jogador tornam o jogo difícil de recomendar aos fãs de jogos de luta que não têm interesse no anime.

 

One Punch Man: A Hero Noboby Knows – Juízo Final

Embora One Punch Man: A Hero Noboby Knows tenha os seus problemas este foi o primeiro jogo baseado na série, o que pode vir a melhorar nas próximas adaptações a jogo.  Por um lado destaca-se ao ter um modo história interessante, mas por outro os restantes aspetos tornam-no numa recomendação difícil.

Para os fãs da série, e que gostam deste género de jogo, é fácil de recomendar sendo que nenhum fã quer perder a oportunidade de jogar na pele de um herói no universo de Saitama.

 

 

 

0 comentário


Loading...

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.