One Punch Man: A Hero Nobody Knows (Closed Beta) – Primeiras Impressões

por Xpop
One Punch Man A Hero Nobody Knows (Closed Beta) – Primeiras Impressões

Uma das coisas que sempre gostei acerca da Bandai Namco é que eles nunca têm medo de pegar num anime conhecido e sobre ele fazer um jogo.

Apesar de alguns jogos serem uma obra prima e outros uma obra falhada, a Bandai Namco está sempre a lançar algo relacionado com anime mesmo quando o anime em si tem um conceito parvo como derrotar um adversário com um soco.

Em 2019, a Bandai Namco anunciou que iria lançar um jogo de luta de One Punch Man intitulado de A Hero Nobody Knows e que o jogo iria incluir alguns dos personagens mais conhecidos do anime, independentemente de serem bons ou não.

Mas será que um jogo em que conseguimos derrotar o nosso oponente com um soco não será uma ideia ridícula? Será que o jogo consegue captar a essência do anime?

Aqui ficam as minhas primeiras impressões.

 

One Punch Man: A Hero Nobody Knows (Closed Beta) – Primeiras Impressões

One Punch Man A Hero Nobody Knows (Closed Beta) – Primeiras Impressões

 

Durante o fim-de-semana de 1 a 3 de novembro de 2019, a Bandai Namco realizou uma closed beta de One Punch Man: A Hero Nobody Knows para a PlayStation 4 e Xbox One, o qual continha 10 personagens jogáveis e os modos de jogo online e tutorial.

 

Visual semelhante ao anime

Muitos dos jogos de anime tendem a ter o mesmo estilo visual, através do uso de um efeito de cel shading, afim de dar um aspeto de que estamos a ver uma animação e em One Punch Man vemos exatamente isso.

 

One-Punch Man: A Hero Nobody Knows revela Mais Personagens

 

Os modelos dos personagens estão visivelmente semelhantes ao anime e a atenção ao detalhe é impressionante, não ao ponto de ser realista, mas sim ao ponto de questionar os jogadores se estamos a jogar um jogo ou a ver um OVA perdido do Saitama.

Já os cenários do jogo parecem bastante genéricos e sem qualquer tipo de contexto, mas isso pode dever-se a ser um closed beta e foram apenas colocados para testar a jogabilidade em si. Espero que na versão final tenhamos arenas de luta mais impactantes e memoráveis do anime em si.

 

Lutas fiéis ao anime, o que pode ser um problema

Muitos dos jogos de luta da Bandai Namco usam a mesma fórmula de jogabilidade entre si: uma câmara a mostrar as lutas num ângulo diagonal e os personagens a terem uma lista de comandos para realizar ataques especiais.

A fórmula é bastante simples e mantém-se igual em One Punch Man, exceptuando apenas a adição do Awakening Mode no qual os personagens ganham mais poder para combater e aplicar o seu golpe final.

 

One Punch Man A Hero Nobody Knows (Closed Beta) – Primeiras Impressões

Cada personagem tem o seu próprio estilo de luta, abrangendo assim todo tipo de gostos dos jogadores e mantendo a fidelidade à fonte, mas aí é que temos o primeiro problema pois existe uma diferença grande de poder entre personagens, o que leva a que o equilíbrio na jogabilidade seja quase inexistente.

Isto acontece especialmente quando jogamos no modo online porque somos completamente destruídos por um jogador experiente, ou humilhados por um puto que só sabe usar um golpe decente e não o para de utilizar (sim isto aconteceu-me bastantes vezes e ainda estou chateado).

Outro problema deve-se ao protagonista do anime porque sendo ele um personagem OP os desenvolvedores tiveram de encontrar uma forma de limitar o seu poder.

Foi então que o jogo utiliza uma mecânica chamada Hero Arrival em que apenas começamos a batalha com menos um personagem na nossa equipa enquanto que o Saitama demora 270 segundos até estar disponível para ser jogado.

A ideia é boa em teoria, mas a execução levou a que muitos jogadores passem o jogo todo a fugir a sete pés do inimigo até que finalmente pudessem usar o Ruca adulto com o seu punho do dragão.

 

Opinião Final

Durante as sessões em que participei tive sérias dúvidas se One Punch Man iria ser um bom jogo e essas dúvidas ainda estão presentes na minha mente.

Apesar de o jogo estar visivelmente igual ao anime, a jogabilidade é algo que ainda não me convenceu a continuar a jogar, embora tal se deva ao facto de que o closed beta apenas ter dado acesso a certos componentes do jogo.

No fundo, acho que One Punch Man vai ser um jogo mais virados para os fãs do anime, por ser bastante fiel à sua fonte, do que para os fãs de jogos de luta.

 


Concordam com a minha opinião? Acham que o jogo vai ser um sucesso maior que o antecipado? Ou irá ser mais um jogo de luta anime da Bandai Namco? Deixem as vossas opiniões nos comentários.

Até a uma próxima oportunidade.

 

 


Conhece a nossa Loja ptAnime!

Caderno A5 One Punch Man – The Strongest Man


 

Artigos Relacionados:

 

0 comentário

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.